TJ reduz pena de Lucas Porto

A pensa do assassino Lucas Leite Ribeiro Porto, responsável pela morte da publicitária Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, teve sua pena reduzida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão.

Condenado a 39 anos de reclusão por homicídio qualificado e estupro, Lucas Porto conseguiu uma redução para 34 anos e oito meses, o que gerou muita polêmica e revolta de familiares e amigos da vítima.

O crime aconteceu em 2016, em São Luís.

“Não se tem quaisquer dúvidas da decisão do júri”, destacou o desembargador Ronaldo Maciel, relator do caso da 2ª Câmara Criminal Isolada do TJ. Ele foi acompanhado pelos desembargadores Vicente de Paula Castro e José Luiz Oliveira.

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *