Presidente da Câmara de Ribamar reduz trabalhos presenciais e sessão remota deve voltar

A Câmara de Vereadores de São José de Ribamar realizou nesta terça-feira (09), sessão com expediente reduzido, em decorrência do aumento no número de casos no município.

Apesar de contar com 21 parlamentares, apenas dois projetos foram colocados em pauta, estes, por tratarem de matérias relacionadas a pandemia.

Projeto do vereador Dudu Diniz (Cidadania), garante vacinação de pessoas com dificuldade de locomoção e acamados, na própria casa, aproveitando a equipe da Semus que já faz atendimentos domiciliares.

O outro projeto aprovado, visa acolher vítimas da Covid19 e seus familiares. O projeto é de autoria da vereadora Luciana Lauand (Avante) e garante atendimento domiciliar com equipe de profissionais, como clinico geral, enfermeiro, fisioterapeuta, nutricionista, fonoaudiólogo, assistente social e psicólogo.

O expediente reduzido foi uma determinação da presidente da Câmara, vereadora Francimar Jacintho (PL), que demonstrou preocupação com casos recentes dentro do parlamento ribamarense, entre eles, o vereador Serra Alta.

De acordo com parlamentares ouvidos pelo blog, as próximas sessões devem acontecer de forma remota, como ocorreu durante o pico da pandemia.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *