Polícia Federal prende presidente nacional do PTB

O ex-deputado Roberto Jeferson, presidente nacional do PTB, e que se tornou conhecido após o escândalo do mensalão, no qual foi condenado a sete anos por lavagem de dinheiro e corrupção ativa, voltou a ser manchete nas páginas policiais.

Na manhã desta sexta-feira (13), o presidente nacional do PTB foi preso preventivamente pela Polícia Federal, suspeito de integrar uma suposta milicia digital que atua contra a democracia.

Na decisão do ministro Alexandre de Moraes, além da prisão preventiva, também foi determinado a busca e apreensão de armas e munições de propriedade de Roberto Jeferson, além de computadores, tablets e celulares.

Durante as investigações, em uma conversa obtida pela PF, o presidente do PTB defendeu um “ato institucional”, no formato do AI-5, contra o STF.

O seu endereço de e-mail não será publicado.