Emendas da Bancada Federal vão ajudar na construção do Hospital do Câncer em Pinheiro

Todos os anos, o deputado federal Júnior Lourenço destina verbas para o Hospital Aldenora Belo, referência no Maranhão.

A baixada maranhense é composta  por 21 municípios, sendo eles: Anajatuba, Ariri, Bela Vista do Maranhão, Cajari, Conceição do Lago-Açu, Igarapé do Meio, Matinha, Monção, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Penalva, Peri-mirim, Pinheiro, Presidente Sarney, Santa Helena, São Bento, São João Batista, São Vicente Ferrer, Viana e Vitória do Mearim.

Com a ajuda da bancada federal do Maranhão, uma unidade do hospital do câncer Aldenora Belo, será construído na cidade de Pinheiro. O terreno já foi doado e a construção das novas instalações, segundo o vice presidente da fundação Antônio Dino, já vão começar.

“Quero agradecer a todos os deputados federais e senadores por nos ajudar a realizar este sonho em trazer pra mais perto o 1° hospital do câncer fora de São Luís para essa região, onde está carente desse atendimento, ao amigo Dep. Junior Lourenço que sempre me recebe em seu gabinete e está nos ajudando com recursos para o Aldenora Belo também na capital, e agora aqui em Pinheiro”, destacou Dino.

A Fundação,  também deverá contar com o apoio e doações de instituições públicas e empresas para a implantação do empreendimento, um benefício inédito na cidade, já que esse tipo de atendimento não é ofertado no município de forma gratuita.

A verba destinada, soma R$ 25 milhões de reais. “Considero de suma importância alocar esses recursos para o tratamento do câncer no nosso estado, que infelizmente vem atingindo milhares de maranhenses, nosso trabalho em Brasília, visa levar melhorias de vida ao nosso povo e facilitar o acesso à saúde e a fundação Antônio Dino é referência no tratamento, além da verba para o novo hospital, também já destinei esse ano, uma emenda individual de R$ 300 mil reais para compra de incrementos temporários ao custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial para o Aldenora na ilha. Com a construção desse hospital os pinheirenses e baixadeiros vão poder fazer o tratamento oncológico mais perto de casa, sem precisar pegar a estrada até a capital” finalizou Lourenço.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *