Justiça diz que Duarte não cometeu crime eleitoral

O deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos), obteve duas importantes vitórias na justiça, em ações propostas pelo Ministério Público Eleitoral por suposta propaganda eleitoral antecipada.

Na primeira, a sentença do juiz eleitoral Douglas Amorim foi favorável a Duarte. De acordo com o magistrado, as peças publicitárias em outdoor e busdoor não ferem a legislação eleitoral. Para o juiz eleitoral, a propaganda eleitoral antecipada se configura com o pedido expresso de voto, o que não aconteceu.

A mesma tese foi usada na decisão que absorveu o deputado no caso das revistas com divulgação de mandato parlamentar.

Duarte copia proposta de Rubens Júnior na área da saúde

Conhecido pelas acusações de supostos plágios de projetos de lei dos colegas parlamentares na Assembleia Legislativa, o deputado Duarte Jr. agora resolveu copiar até mesmo as propostas dos adversários.

A vítima da vez foi o deputado federal e pré-candidato do PCdoB, Rubens Jr. No dia 17 de junho Rubens promoveu uma live sobre a saúde em São Luís a apresentou a especialistas da área, a criação da Força Municipal de Saúde, com formação de equipes multidisciplinares para reforço das equipes de atenção primária de saúde nos bairros capital.

Como quem não quer nada, Duarte Jr, deixou passar um tempinho e apresentou a mesma proposta, inclusive com os detalhamentos, apresentados por Rubens, duas semanas antes.

Mesmo sendo duramente criticado pelos deputados ao plagiar Projetos de Lei, Duarte parece não ter aprendido a lição. Resta saber até quando o oportunismo será o seu principal método.

Compare as propostas clicando aqui e aqui

Mudança de presidente que teria garantido apoio do PSL à Duarte nunca aconteceu

Segundo dados oficiais do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, o PSL Municipal de São Luís não teve nenhuma mudança em seu diretório desde janeiro.

A informação oficial do Tribunal, desmente matéria publicada no site oficial do pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior (Republicanos), que citava Lorena Macedo como presidente do diretório municipal do partido em São Luís e que foi amplamente divulgado pela mídia local.

De acordo com o TSE, Fábio Carvalho segue sendo o presidente, e a esposa do deputado Fábio Macedo (Republicanos), nunca este na composição do diretório municipal.

Após perder apoio do seu principal pré-candidato a vereador, Duarte agora deve perder o PSL

Aos poucos, parece que o deputado estadual Duarte Júnior (Republicano), segue perdendo apoio no seu projeto de comandar a prefeitura de São Luís.

Na semana passada, Duarte perdeu o apoio do jovem Matheus do Beijú, uma das grandes apostas para assumir uma cadeira no legislativo municipal no próximo ano. Matheus passou o ano de 2019 todo ao lado de Duarte, tempo suficiente para conhece-lo bem, e em 2020, resolveu caminhar com Detinha (PL), provável adversária de Duarte nas urnas.

Agora, segundo fortes rumores na imprensa, Duarte deve perder o apoio do poderoso PSL. A informação foi publicada pelos jornalistas Jorge Aragão e Gilberto Léda.

Caso isso aconteça, será um prejuízo irreparável para a campanha de Duarte, já que o PSL conta com um dos maiores tempos de TV, ferramenta que será indispensável nessa eleição diferenciada por conta da pandemia.

Pelo visto, faltou mais uma vez, habilidade política ao novato.

Raimundo Penha dá “varada” em Duarte Júnior

O vereador Raimundo Penha, presidente municipal do PDT, usou as redes sociais para dar aquilo que o ludovicense raiz chamaria de verdadeira “varada” no deputado Duarte Júnior (Republicanos).

Ao tomar conhecimento de que Duarte tentava, em suas redes sociais, passar a ideia de que a Lei que proíbe o corte de água e luz em fins de semana e vésperas de feriado, era de sua própria autoria, Penha mostrou porque é respeitado no meio político.

“Duarte, quando for divulgar a aprovação da Lei que proíbe o corte de água e luz em fins de semana e vésperas de feriado, não esqueça de citar que o Senador Weverton Rocha é o autor da medida. Diga também que ela é uma lei nacional que vale para todo o Brasil.” Disparou Penha.

Sabendo da real intenção de Duarte, Penha segue sem dó. “Quando estas informações são omitidas, pode parecer que o colega quer se promover, e não divulgar uma conquista que, por sinal, é muito importante”, disse, acertando em cheio.

O parlamentar ludovicense, que conhece muito bem a realidade dos bairros de São Luís, segue insistindo em tentar ensinar um pouco para Duarte, na esperança de que o ex-presidente do Procon, que já se envolveu em diversos atritos com outros políticos, corrija a infeliz tentativa de se promover com o projeto do senador Weverton, presidente estadual do PDT. “Duarte, ainda há tempo para corrigir a informação e reconhecer que essa é uma luta coletiva.” Finalizou.

Duarte Júnior segue sofrendo derrotas na justiça

O jornalista Gilberto Leda voltou a vencer o deputado Duarte Júnior (Republianos) na justiça, em uma batalha envolvendo notícia verdadeira em que o partido do deputado tentava imputar multa, além da exclusão da matéria Duarte anuncia projeto para reduzir salário em 50%, mas não protocola na AL.

Gilberto já havia vencido, cerca de duas semanas atrás, ao conseguir um mandado de segurança assinado pelo juiz Ronaldo Desterro, que disse não haver sequer cisco de propaganda eleitoral.

Agora, a juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leite, titular da 76ª Zona Eleitoral, julgou improcedente a representação por propaganda eleitoral antecipada negativa, feita pelo Republicanos, partido de Duarte.

A vitória de Gilberto Leda, representa a vitória da imprensa maranhense, que sofre tentativas de censura constantemente por parte de alguns políticos.

Leia a íntegra da decisão judicial aqui.

Após defender emenda de interesse das Instituições Privadas, Duarte Júnior tenta faturar politicamente

Se fosse para definir um jogo durante a pandemia, certamente, o deputado estadual Duarte Júnior estaria vestindo a camisa das instituições de Educação que tentam minimizar os descontos das mensalidades aos alunos, fato justificado pelo fato do parlamentar também ser professor de Instituições Privada da capital.

Durante o jogo entre alunos que reivindicavam descontos devido a suspensão das aulas e as instituições privadas, Duarte ainda tentou emplacar emenda ao projeto do deputado Rildo Amaral, que daria legalidade as instituições que pretendiam, por exemplo, dar descontos vergonhosos de apenas 2% e classificou a intenção dos colegas, de abrigar desconto de até 30% às Instituições Privadas, era coisa de “vendedores de ilusões’.

Unidos, os deputados do Maranhão que estavam do lado dos alunos, rejeitaram por unanimidade a tentativa de Duarte de liberar descontos inferiores a 10%.

Em seguida, com emenda dos deputados Yglésio, Neto Evangelista e Rafael Leitoa, o projeto que favorece os alunos foi aprovado e resultou em descontos de até 30%.

“Malaca”, como diriam os universitários bichos grilos da década de 90, agora, com a sanção do Projeto que concede desconto de até 30% nas mensalidades dos alunos das Escolas Privadas, Duarte Júnior tenta passar a ideia que estava do lado dos alunos e contra as instituições que insistem em abuso. Tudo mídia.

Vídeo: Yglésio desmascara Duarte Júnior

Professor de Instituições Privadas, Duarte se irritou após Yglésio tornar público a intenção do ex-presidente do Procon em emplacar emenda que na prática  prejudicaria alunos e beneficiaria  apenas Instituições de Ensino. 

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS), que vem lutado para que alunos matriculados em Instituições de Ensino da rede privada tenham direito à descontos justos nas mensalidades durante o período de pandemia, reagiu de forma dura as agressões de Duarte Júnior.

Durante a sessão remota realizada na segunda-feira (27), Duarte partiu para cima de Yglésio, após o médico tornar público a intenção do deputado Duarte Júnior, que é professor de Instituições Privadas, apresentar uma emenda que na prática, beneficiaria as Instituições e poderia prejudicar alunos.

A ementa foi rejeitada pelos deputados que participaram da votação, e após Yglésio publicitar a intenção de Duarte, o ex-presidente do Procon passou a atacar o médico.

Após repercussão da tentativa de ofensas de Duarte, Yglésio gravou vídeo esclarecendo o fato e em pouco mais de um minuto, fez um retrospecto para relembrar algumas das lambanças do deputado consumerista durante o seu mandado.

Com emenda de Yglésio, Neto Evangelista e Rafael Leitoa, alunos vencem batalha

Após rejeitarem a emenda do deputado Duarte Júnior (Republicanos), que daria margem para as Instituições de Ensino concederem descontos irrisórios, como fez o Literato, que concedeu desconto de 3% e a Escola Viva Vida, que tem mensalidade superior a R$ 1.300 reais e concedeu desconto de apensa R$ 41, segundo informações do deputado Yglésio, os deputados aprovaram o projeto de autoria do deputado Rildo Amaral, que garante desconto entre 10 e 30%, dependendo do número de alunos da Instituição.

O projeto, que agradou alunos e pais de alunos de Instituições Privadas recebeu emendas dos deputados Dr. Yglésio, Neto Evangelista (DEM) e Rafael Leitoa (PDT).

Segundo a emenda do deputado Yglésio, além das instituições de ensino fundamental e médio, as de nível técnico e superior da rede privada, bem como as de pós-graduação, também serão obrigadas a reduzir suas mensalidades proporcionalmente, durante a pandemia.

Para instituições de ensino com até 200 alunos matriculados, o desconto será de 10%, no mínimo; entre 200 e 400 estudantes, de 20%; e acima de 400 alunos, de 30%, assim como as pós-graduações, independente do quantitativo de pessoas matriculadas.

“A porcentagem de 30% foi a inicial do projeto e nós entramos com a emenda por entender que as escolas menores têm mais dificuldades de conceder esse desconto. Por isso, usamos um parâmetro da quantidade de alunos. Inclusive, excluímos as escolas comunitárias por entendermos a inviabilidade financeira de concederem qualquer um desses descontos”, explicou Yglésio, lamentando, ainda, a dificuldade de negociação com os representantes das escolas.

Já a emenda do deputado Neto Evangelista, estende os descontos para os cursinhos preparatórios para vestibulares. “Acho que foram dadas muitas oportunidades aos sindicatos das escolas, para que eles pudessem entender o momento que estamos vivenciando. Porém, eles não tiveram essa sensatez de ceder aos pais”, pontuou o parlamentar.

A emenda do deputado Rafael Leitoa, garante que, no caso do consumidor ter adquirido pacote anual, o prestador de serviço poderá restituir do valor recebido proporcional ao desconto estabelecido; disponibilizar de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços e formalizar outro acordo com o consumidor. Em caso de restituição, o prestador de serviço terá até 12 meses para sua efetivação, contados da data de encerramento do estado de calamidade pública no Estado.

“Essa foi a nossa contribuição, acatada pelos demais pares, melhorando o projeto apresentado pelo deputado Rildo Amaral. Parabenizo a iniciativa de todos os deputados que deram a sua contribuição para construir esse projeto razoável, assim como a tentativa de acordo com o sindicato das escolas”, acentuou Leitoa.

Deputada Mical Damasceno desmoraliza Duarte Júnior

A deputada Mical Damasceno (PTB), desmentiu no final da noite desta quarta-feira (23), a informação amplamente espalhada pelo deputado Duarte Júnior (Republicanos), de que teria assumido a presidência da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.

Documento que comprova a eleição de Mical para presidir a Comissão de Educação

A fakenews espalhada por Duarte e sua equipe pegou a parlamentar de surpresa, já que de acordo com a Resolução Administrativa nº 093/2020, no dia 04 de março foi instalada a Comissão de Educação com a escolha da deputada Mical Damasceno como presidente e o deputado Zé Inácio como vice-presidente.

Ainda não se sabe com qual intenção o jovem deputado espalhou a suposta queda de Mical do cargo, e sua consequente ascensão.

Em contato com a parlamentar, Mical negou qualquer suposta renúncia e disse que continua como presidente da Comissão de Educação.

Também entramos em contato com a assessoria do deputado Duarte Júnior, mas não obtivemos qualquer resposta.

Os rabiscos não significam absolutamente nada

Em grupos de whatsapp, um dos assessores do ex-presidente do Procon fez rabiscos em um diário do dia 20 para tentar justificar a falsa informação espalhada.

O assunto deve render nesta quinta-feira (23)…