Denúncia de fraude no censo escolar de Vargem Grande; Tem até morto matriculado

Uma reportagem do Programa Mesa Redonda, transmitido por uma emissora local do município de Vargem Grande revelou, na última quinta-feira (06), um verdadeiro escândalo na gestão do prefeito Carlinhos Barros (PCdoB). De acordo com a denúncia, um mega esquema foi formado para obter recursos federais de maneira ilícita.

Segundo documentos apresentados pelo ex-vereador Abdias, uma suposta fraude no Senso Escolar pode ter gerado mais de R$ 7,5 milhões de reais aos cofres da prefeitura. De acordo com o ex-parlamentar, cerca de 1.500 alunos estão matriculados em escolas fechadas desde 2018.

O levantamento feito durante a investigação, apontou que pelo menos 1.500 alunos aparecem com matrículas duplicadas, em escolas fechadas, como a U.I.Paulo Freire, e em escolas com funcionamento normal. Com o esquema, cada aluno gera receita duas vezes ao município.

O esquema, que já foi alvo de investigação da Polícia Federal em outros municípios do Maranhão, estampou a tela do Fantástico em novembro de 2019 e revelou o rombo de gestões criminosas com recursos da Educação.

Em Vargem Grande, segundo as denúncias, durante a gestão do ex-secretário Tiago Braz, além do esquema de duplicidade de matrículas, há crianças com matriculadas fantasmas em Escolas de Tempo Integral, ou seja, a Secretaria de Educação diz que o aluno está estudando, mas sem nunca ter pisado na sala de aula, além de matrículas suspeitas de idosos de quase 100 anos, que também nunca pisaram na sala de aula.

O repórter Josenaldo Soares foi até o cemitério do povoado Murici, e verificou o túmulo do senhor Antônio Rodrigues Silva. De acordo com dados do Ministério da Educação, a Secretaria de Educação de Vargem Grande afirma que o “morto” está devidamente matriculado e frequentou a Escola Municipal Cloves Rodrigues Viana, localizada no povoado Boi Manso.

De acordo com a reportagem, o aluno faleceu em 2018, mas aparece como aluno de Vargem Grande no ano letivo de 2019.

O escândalo deve levar o município de Vargem Grande para o cenário nacional.

Confira a edição do Programa Mesa Redonda que revelou o esquema

Rubens Júnior dispara contra imprensa “Sistema blábláblá de Comunicação”

Rubens Júnior não aprovou o fato da imprensa ter vazado, antes do seu pronunciamento oficial, a sua provável desistência do pleito em São Luís.

Pelo twiter, o pré-candidato tentou desqualificar vários veículos de imprensa, entre programas de rádio e blogs, que noticiaram o desânimo do comunista.

“É muita boataria do Sistema Blablablá de Comunicação… A mais nova é de uma possível desist… Rolando de rir no chãoRolando de rir no chãoRolando de rir no chão Marrapá, até desisti de falar! Bola pra frente que o que a cidade precisa é menos Fake News e mais debate sobre seu futuro.” postou o pré-candidato.

O comunista conclui a postagem hashtags “é pra valer! É pra vencer!”

Então tá!

Rubens Junior deve anunciar desistência em São Luís

O pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado federal licenciado Rubens Junior (PCdoB), deve anunciar oficialmente nos próximos dias, a desistência de concorrer à prefeitura da capital.

Com desempenho vexatório nas últimas pesquisas eleitorais e acumulando derrotas na tentativa de agregar partidos, entre eles o PTB, Rubens Junior estaria esperando apenas o posicionamento do Partido dos Trabalhadores contrário ao seu projeto, para comunicar a saída de cena.

Nos bastidores, o que se fala é que Rubens não sentiu empolgação do seu partido, outro motivo para deixar o pleito.

Prefeito Luciano vistoria obras com os deputados André Fufuca e Dra. Thaiza

O deputado federal André Fufuca (PP) passou o dia (05) em Pinheiro visitando obras em andamento no município, acompanhado do prefeito Luciano e da deputada estadual Dra. Thaiza.

A primeira obra vistoriada foi a da Barragem do Pericumã, que teve início com a liberação das emendas do parlamentar progressista, garantindo a recuperação das comportas.

“A expectativa é que até dezembro a Barragem estará reformada para garantir total segurança no inverno do ano que vem. A intervenção que já foi feita nesta estrutura nos garantiu um ano tranquilo e sem problemas graves, graças a atuação do prefeito Luciano, as nossas cobranças através da Assembleia Legislativa junto ao DNOCS, e aos recursos disponibilizados por emenda do deputado federal André Fufuca, que deram início a recuperação da barragem”, disse Dra. Thaiza.

“Pinheiro se transformou em um verdadeiro canteiro de obras e nós temos a grande felicidade de poder contribuir nessa concretização de sonhos antigos da população que hoje se torna realidade, como asfalto em ruas nunca antes asfaltadas, a reforma da barragem do Pericumã, Centro de Hemodiálise, Centro de Diagnóstico e Imagem, são vários benefícios que chegam à população de Pinheiro”, ressaltou o federal André Fufuca.

O prefeito Luciano destacou a grande parceria do deputado federal André Fufuca para Pinheiro, principalmente, na área da saúde, demonstrando um forte aliado em prol das necessidades dos pinheirenses. Luciano aproveitou a presença do parlamentar para apresentar outras obras que estão em execução no município, inclusive com recursos próprios.

“Só quero agradecer o deputado André Fufuca pela lealdade, confiança e compromisso com povo pinheirense, que sempre nos momentos de necessidade ampara a todos nós nessa luta por avanços na saúde e infraestrutura. E tem sido a marca da nossa gestão. Muito diálogo, trabalho e sempre na busca por parcerias que trazem desenvolvimento para Pinheiro, revertidas hoje em obras pela cidade, que também visitamos como a Feira Municipal e o Pró-Vicinais, este último com recursos próprios da prefeitura”, disse o prefeito.

Neto Evangelista visita e ouve reivindicações na área Itaqui-Bacanga

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Neto Evangelista (DEM), segue, juntamente com os pré-candidatos a vereador, a sua rotina de conversa com moradores de diversas comunidades na capital. Na quarta-feira (5), ele esteve na região Itaqui-Bacanga, acompanhado dos pre-candidatos prelo Democratas Raimundo Nonato e Mariazinha.

Nos encontros, Neto Evangelista ouviu atentamente as dificuldades relatadas pelos moradores. “Nosso objetivo é identificar os problemas da cidade para construir um plano de governo executável. E isso só acontece quando escutamos as pessoas na rua”, destacou o pré-candidato a prefeito de São Luís.

A primeira visita foi ao Gapara, com o pré-candidato Raimundo Nonato, onde Neto conheceu o Instituto Educacional Renascer, uma escola particular que atende crianças da região. Na ocasião, ele conversou com pessoas da comunidade, entre pais das crianças, que falaram das dificuldades que a comunidade enfrenta.
Mayrane Sousa, professora do Instituto Educacional Renascer falou da importância do pré-candidato a prefeito ir aos bairros ouvir e conhecer os problemas enfrentados pelos moradores. “Para falar ou fazer, um candidato a prefeito primeiro precisa ouvir as problemáticas do bairro, que são muitas”.

Ela também destacou o quanto tem sido importante Neto Evangelista conhecer a realidade das escolas particulares pequenas de São Luís, sem convênio, e que não recebem nenhum tipo de recurso público. “Os pais tiram de onde não têm para manter seus filhos estudando”, ressaltou ela.

Fumacê

À noite, a convite da pré-candidata a vereadora Mariazinha, o democrata se reuniu com moradores do bairro Fumacê para conhecer de forma mais aprofundada as necessidades da comunidade. “Aqui no bairro estamos precisando de muita coisa. Nós já temos um trabalho com Neto, trouxemos um núcleo da Defensoria Pública aqui pra nossa região e eu tenho certeza que com ele na Prefeitura avançaremos muito mais. Eu confio em Neto pelo seu permanente compromisso com nossa comunidade e, junto com ele, nós não nos decepcionaremos”, disse Mariazinha.

Durante o encontro no Fumacê, a líder comunitária Marcelina ressaltou que a comunidade está apoiando Neto Evangelista por ser um homem compromissado, trabalhador, lembrando que quando Neto esteve na região, na campanha a deputado estadual, em 2018, defendeu a luta das mulheres pela instalação de um núcleo da Defensoria Pública do Estado na área Itaqui-bacanga. “Neto prometeu na campanha de 2018 e ele cumpriu. O núcleo da DPE foi instalado”.

Após ouvir os moradores, Neto Evangelista agradeceu a presença de todos e lembrou da sua trajetória política, onde disse ter vivenciado coisas diferentes que o tocaram e o fizeram perceber que a política é o maior meio de transformação social da cidade e das pessoas, desde que seja usada para o bem.

“Eu jamais vou esquecer quando vocês chegaram pra mim com um cartaz, pedindo que, se eu fosse eleito deputado, implantasse um núcleo da Defensoria Pública na área. E quando chegou a eleição e eu me elegi, eu consegui alocar recursos. Toda vez que eu passo na avenida dos Portugueses, me sinto no papel do dever cumprido”, afirmou Neto Evangelista.

E completou: “Este é um momento novo de darmos as mãos por São Luís. Um momento de renovarmos a esperança, e caminharmos juntos por uma cidade diferente”.

Retorno às aulas presenciais na rede privada é discutido em audiência virtual

Audiência teve participação de diversos segmentos

Promotores de justiça das áreas da Educação, Saúde e Infância e Juventude, entidades representativas de estabelecimentos de ensino e de pais e alunos e representantes de órgãos de defesa do consumidor participaram, na manhã desta quinta-feira, 6, de uma audiência virtual para discutir questões relacionadas ao retorno presencial das aulas na rede privada de ensino. A reunião foi aberta pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau.

A audiência foi solicitada pela Associação dos Pais e Alunos de Instituições de Ensino do Estado do Maranhão (Aspa), que reclamou da falta de participação dos pais de alunos nas decisões relativas à retomada das aulas presenciais.

Procurador-geral acompanhou a reunião

De acordo com a titular da 2ª Promotoria de Justiça da Educação de São Luís, Maria Luciane Lisboa Belo, após as tratativas, será elaborada uma representação já que o artigo 8º do Decreto Estadual nº 35.897/2020 não estaria sendo cumprido. A cláusula prevê que, para o retorno às aulas, cada escola deve formar uma Comissão de Saúde, integrada por todos os segmentos da comunidade educacional, incluindo os pais, para coordenar e avaliar as medidas de prevenção à Covid-19.

“Temos que ter sempre um olhar sensível e responsável para tomar decisões de forma rápida que garantam a proteção integral de nossas crianças e adolescentes, conforme prevê a Constituição”, disse Maria Luciane Belo.

A promotora de justiça ressaltou, ainda, a necessidade de testagem de todos os professores e alunos em caso de retomada das aulas. Luciane Belo lembrou que três escolas particulares da capital interromperam a retomada das aulas, em razão da contaminação de professores ou alunos.

CONSENSO

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, observou a importância de uma decisão cuidadosa e consensual sobre o tema, porque envolve vidas de crianças e adolescentes, além de integrantes da comunidade escolar.

“Temos que refletir, de forma cautelosa, para que as medidas não comprometam nem a saúde nem o aprendizado de nenhuma de nossas crianças. Esta é uma consciência que temos que ter: pensar sempre, em primeiro plano, no bem-estar de nossa população”, destacou o chefe do MPMA.

O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Educação de São Luís, Paulo Avelar Silva, igualmente ressaltou que a referência principal da instituição, para os procedimentos na área, é a proteção da vida de toda a comunidade escolar. “Este é o norte do Ministério Público do Maranhão. Temos que pensar na saúde de alunos, professores, gestores, pais e de todos servidores da área do ensino”, frisou.

Sobre o pagamento integral das mensalidades, que já está sendo cobrado por escolas particulares de São Luís e questionado por pais de alunos, Paulo Avelar lembrou que o tema envolve a área do consumidor e deve ser alvo de discussão em outra oportunidade.

ISONOMIA

O promotor de justiça Marcio Thadeu Silva Marques, da área da Infância e Juventude, afirmou que estudantes da educação infantil e do ensino fundamental integram a parcela, com previsão de proteção integral, estabelecida pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e reafirmou a necessidade de questionamento pelo Ministério Público do Maranhão do tratamento diferenciado para o retorno das atividades na rede particular e nas redes públicas. “Existe a previsão constitucional de tratamento isonômico para alunos das diferentes redes”.

Em sua fala, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde (CAOp-Saúde), Ilma de Paiva Pereira, alertou para o aumento da desigualdade na formação dos estudantes, com o retorno das aulas presenciais na rede particular e a permanência da suspensão das atividades nas escolas das redes públicas, o que contribui para o agravamento das diferenças sociais no país. “Além da questão sanitária, temos que pensar no princípio da igualdade. Pela Constituição, a livre inciativa deve se pautar pela questão social”.

Também participou da audiência o promotor de justiça Lindonjonson Gonçalves de Sousa, que destacou a importância das questões discutidas. “É preciso reconhecer que as escolas são vetores de infecções virais. Os diferentes aspectos que envolvem o retorno às atividades escolares precisam ser plenamente discutidos”.

PROTOCOLOS

O presidente da Associação dos Pais e Alunos de Instituições de Ensino do Estado do Maranhão (Aspa), Marcello de Freitas Costa, reclamou da ausência de representatividade dos pais nas discussões relativas ao retorno das aulas nas escolas particulares. “No meio de uma pandemia, quando a gente imaginava que os pais seriam ouvidos, não tivemos participação nas deliberações, o que coloca a nossa saúde e a de nossos filhos em risco”.

A mesma opinião teve o representante do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino da Rede Particular do Estado do Maranhão (Sinterp/MA), professor Lobão. “Mais uma vez estamos preocupados com uma situação muito grave. Temos que seguir o que dizem os especialistas, a ciência. Estamos lidando com as vidas de crianças, adolescentes e profissionais da educação”.

Os advogados do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Maranhão (Sinepe), Edgard Sales e Ana Carolina Dias, ressaltaram que as escolas particulares somente obedeceram o que estava previsto no Decreto Estadual nº 35.897/2020 e que vários protocolos de prevenção à Covid-19 foram estabelecidos para o retorno das aulas. “Nós contratamos a consultoria da infectologista Maria dos Remédios Branco, reconhecida nacionalmente, para orientar sobre as medidas a serem tomadas”.

Também participaram do encontro e se pronunciaram Adaltina Queiroga (Procon), Soraia Raquel Silva (Conselho Estadual de Educação) e Goreti Campelo (Aspa).

Fonte: CCOM-MPMA

Eleições 2020: Pesquisa DataM confirma fiasco de Detinha e Rubens Junior

Os dois pré-candidatos caminham para uma vergonhosa marca no pleito de 2020. Considerados os nomes com maior estrutura, Detinha e Rubens Junior seguem disputando quem tem a pior intenção de votos.

Apesar de contar com a força do PL e da fama de gastador do deputado Josimar de Maranhãozinho, Detinha não chegou a 2% segundo dois cenários do levantamento feito pelo DataM e divulgados pelo jornalista Marco Aurélio D’Eça,

Situação idêntica acontece com Rubens Junior, que também não consegue chegar a 2%, apesar de ser o pré-candidato do partido do governador Flávio Dino (PcdoB),

A marca vexatória dos dois pré-candidatos fica ainda pior se levarmos em consideração a margem de erro, de 3% para cima ou para baixo, que neste caso, ficaria abaixo dos 1%.

Segundo o Instituto, no cenário 1, se as eleições fossem hoje, Eduardo Braide liderava com 39,7%, em segundo lugar, tecnicamente empatados, aparecem Duarte Junior e Neto Evangelista com 11,1% e 7,5% respectivamente, seguidos de Welligton do Curso 4,7%, Bira do Pindaré 4,5%, Adriano Sarney 3,6%, Deputada Detinha 1,2%, Rubens Pereira Junior 0,9%, Jeisael Marques 0,8%, Dr. Yglésio 0,7%, Carlos Madeira 0,6%, Franklin (Psol) 0,2%, Nenhum deles 13,4% e Não sabe ou não responderam, 11,1%.

Ainda segundo o Instituto, no cenário 2, se as eleições fossem hoje, Eduardo Braide liderava com 39,0%, em segundo lugar, tecnicamente empatados, aparecem Duarte Junior e Neto Evangelista com 11,3% e 7,3% respectivamente, seguidos de Welligton do Curso 6,6%, Bira do Pindaré 5,0%, Adriano Sarney 3,6%, Deputada Detinha 1,7%, Rubens Pereira Junior 1,2%, Carlos Madeira 0,9%, Nenhum deles 14,6% e Não sabe ou não responderam, 12,4%.

O Instituto Data M3 ouviu 1000 eleitores de São Luís entre os dias 27 e 31 de julho, está registrada no TSE sob número MA-07724/2020, tem margem de erro de 3% para cima ou para baixo e intervalo de confiança de 95%.

Viana: Visando melhor atendimento, Secretaria de Saúde muda de endereço

Visando melhor atendimento a população de Viana, a Secretaria Municipal de Saúde, passou a atender em novo endereço.

Toda a parte administrativa da Semus foi religada para outro endereço, como Recursos Humanos, Centro de Processamento de Dados.

Os programas de saúde estão funcionando todos no Cêsp, como as Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, Marcação de consultas, etc.

O espaço anterior já não comportava, de forma adequada, tanto os programas de saúde como a parte administrativa, dessa forma a gestão decidiu por um novo endereço, que já está em funcionamento na Avenida Luís de Almeida Couto, ao lado do Fórum da cidade de Viana.

Em breve, a Semus abrirá um Centro de Atenção a Saúde do Idoso e um Centro de Referência e tratamento do Covid-19.

Nagib autoriza reforma da Praça de Alimentação das Merendeiras

O prefeito do município de Codó, Francisco Nagib (PDT), inovou mais uma vez ao autorizar a obra de reforma da tradicional Praça de Alimentação das Merendeiras, no Mercado Central. Antes do ato administrativo, Nagib escolheu o local para tomar café, e reuniu os principais beneficiários para comunicar a notícia.

De acordo com Nagib, todo espaço será contemplado com ampla reforça o que proporcionará mais qualidade de trabalho e consequente crescimento das vendas para os trabalhadores e trabalhadoras do local.

“Já era nosso plano fazer um novo espaço, mas os trabalhadores gostam desse local, então hoje estamos dando a ordem de serviço para uma obra de ampla reforma, com o objetivo de fazer da praça de alimentação das nossas merendeiras um local ainda mais agradável e tradicional ponto de encontro de nossa cidade”, garantiu o prefeito Nagib.

Eleições 2020: Comércio Atacadista vai fazer pesquisa eleitoral em São Luis

O Emet Instituto Comércio e Consultoria é a mais nova empresa a registrar pesquisa eleitoral em São Luís. Fundado em 2019, essa é a primeira eleição municipal que o Instituto participará.

Diferente dos outros Institutos que vem realizando pesquisas na capital, o Emet, da empresaria Fernanda Moraes da Silva, está localizado na Avenida Coronel Colares Moreira, 10, Sala 516, Edifício Multiempresarial, em São Luís e tem em suas atividades comerciais, uma gama de atividades econômicas. Situação comum em empresas criadas para participar de licitação de prefeituras.

A atividade econômica principal, por exemplo, é o Comércio Atacadista de Artigos de Escritório e de Papelaria.

Já na lista de atividades secundarias, estão: atividades relacionadas a esgoto, coleta de resíduo perigosos, descontaminação, construção de edifícios, obras de urbanização de ruas, praças e calçadas, obras de terraplanagem, instalação de ar condicionado, iluminação pública, pintura, obras de fundação, perfuração de poços, representação comercial, comercio varejista, material elétrico, suprimento de informática, eletrodomésticos, venda de moveis, artigos de papelaria, vestuário, comercio de armas e munições, serviço de transporte de passageiro, locação de automóveis, compra e venda de imóveis, locação de carros, aluguel de maquinas, aluguel de palco, aluguel de som, sistema de segurança, limpeza em prédios, imunização e controle de pragas, paisagistas, organização de feiras, ensino de esportes e pesquisa de mercado e opinião pública.

Já Sobre a pesquisa registrada pelo novo Instituto, ela deve ouvir 1065 pessoas em São Luís, entre os dias 10 e 14 de agosto, e segundo o site do TSE, já estará liberada para ser divulgada a partir do dia 09, ou seja, um dia antes de começar a coleta de dados.

É desse jeito…