Deputado Roberto Costa vai presidir CPI da Educação

A Assembleia Legislativa do Maranhão instalou, nesta quarta-feira (19), os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que visa apurar, no prazo de 120 dias, uma série de irregularidades e práticas abusivas cometidas na rede privada de ensino do Maranhão.

O deputado Roberto Costa (MDB) foi eleito para presidir a Comissão e a relatoria ficou com o deputado Rafael Leitoa (PDT). A primeira convocação da CPI está marcada para o dia 3 de março, às 14h30, na Sala das Comissões.

Além dos três parlamentares que irão dirigir os trabalhos, participaram da reunião para a composição da CPI, os deputados Duarte Júnior (Republicanos), Wendel Lages (PMN) e Zito Rolim (PDT).

De acordo com o presidente da CPI, Roberto Costa, a CPI da Educação vai apurar diversas denúncias feitas por pais de alunos matriculados em escolas particulares. Dentre os relatos, destacam-se a aplicação de sistema bilíngue sem prévias justificativas e com valores acima dos praticados no mercado; a adoção de sistema de ensino com vendas exclusivas nas escolas; cobranças de taxas genéricas em materiais de uso exclusivo coletivo e reajustes abusivos e injustificados nos valores das mensalidades.

 A referida Comissão Parlamentar de Inquérito deriva da Resolução Administrativa 92, de 12 de fevereiro de 2019, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Logo após a instalação da CPI, o deputado Roberto Costa fez o comunicado oficial ao presidente da Casa, Othelino Neto (PC do B).

“Hoje foi apenas a instalação. Iremos começar nossos trabalhos, de fato, no dia 3 de março, quando estaremos reunidos para nos debruçarmos sobre todas as propostas e elaborarmos a pauta de convocações, na qual estarão inseridos os representantes de pais de alunos e os proprietários de escolas citadas nas denúncias”, destacou Roberto Costa.

A criação da CPI da Educação começou a ser discutida a partir da sessão ordinária realizada no dia 4 deste mês, quando foi proposta a sua instalação, com o objetivo de combater a mercantilização do ensino em escolas particulares de São Luís, conforme denúncias apresentadas ao parlamentar por mães, pais e representantes de alunos.

Entre os fatos denunciados, está o caso de um jovem que foi reprovado e, no entanto, a escola não permitiu que ele utilizasse os livros do ano anterior – os mesmos que foram exigidos na lista de material escolar para o atual ano letivo.

Áudio: Ordem de Duarte era para adesivar todos os carros dos funcionários do Procon

A situação do deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) fica cada vez mais complicada. Agora, em novo áudio vazado, o ex-presidente do Órgão de Defesa do Consumidor não deixa dúvidas de como usou a estrutura do Procon para sua campanha, à época, comandando por sua namorada, a advogada Karen Barros.

Autoritário, o então candidato não pergunta quem tem interesse em adesivar voluntariamente, pelo contrário, dá ordens para saber quem tá Procon que ele mandará uma pessoa adesivar os carros, obrigando os servidores comissionados a fazer campanha.

“Eu peço que vocês verifiquem agora quem tá aí, para eu mandar alguém adesivar o carro de vocês, aí na rua de trás do Procon. Contabiliza quantos carros tem de funcionários aí que eu vou mandar o adesivo no limite correto. São adesivos novos, com excelente qualidade, então até quem adesivou ontem a gente vai trocar, tá? Mas conta aí urgente, por favor.” Diz o ex-presidente do Procon.

Desde segunda-feira (17), supostos diálogos e áudios que podem comprovar o uso do Procon na campanha de Duarte Júnior em 2018 começaram a vazar em grupos de app de mensagens O caso, que já está sendo chamado de Procon Jato, em alusão aos vazamentos de mensagens e áudios da Operação Lava Jato pelo site The Intercept Brasil, explica porque o Ministério Público Eleitoral tornou Duarte e Karen réus em ação que pede a cassação do mandato de deputado e a inelegibilidade dos dois por até oito anos.

Vídeo: Senador Cid Gomes enfrenta policiais com retroescavadeira e é baleado

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado na tarde desta quarta-feira (19) em um protesto de policiais que reivindicam aumento salarial. O senador licenciado pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por policiais militares no Batalhão da Polícia Militar em Sobral (CE).

O senador licenciado foi levado inicialmente para o Hospital do Coração de Sobral. Depois, foi transferido para a Santa Casa de Sobral para ser submetido a uma tomografia, que, ainda de acordo com a assessoria do senador, não constatou danos graves em nenhum órgão vital.

Conforme a assessoria de Cid, ele voltou para o Hospital do Coração, onde fica em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem previsão de alta. Tanto o Hospital do Coração quanto a Santa Casa de Sobral não divulgaram boletins com estado de saúde do senador licenciado.

O ex-governador Ciro Gomes, irmão de Cid, disse em uma rede social que o senador licenciado “não corre risco de morte” e que foi atingido por “dois tiros de arma de fogo”. Ainda segundo ele, os disparos “não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo”.

Segundo a assessoria do senador licenciado, as duas balas atingiram a clavícula: uma bala saiu e a outra bateu na clavícula e está alojada no pulmão.

“Novos exames estão sendo feitos, mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte. Espero serenamente, embora cheio de revolta, que as autoridades responsáveis apresentem prontamente os marginais que tentaram este homicídio bárbaro às penas da lei”, afirmou Ciro Gomes.

Inicialmente, a assessoria do senador licenciado Cid Gomes disse que ele havia sido atingido por uma bala de borracha. Depois, a assessoria informou que o tiro foi, na verdade, disparado por uma arma de fogo.

Cid Gomes organizava um protesto contra um grupo de policiais que tenta impedir o trabalho da Polícia Militar. Nesta quarta-feira, policiais esvaziaram pneus de carros da polícia para impedir que o trabalho dos agentes de segurança atuem na ruas.

Alguns vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o momento em que Cid Gomes tenta furar o bloqueio com a retroescavadeira e, logo depois, uma pessoa faz os disparos em direção ao senador licenciado, que também quebram os vidros do veículo.

Outras imagens registradas no local também mostram o senador licenciado consciente e com a blusa manchada de sangue após a confusão.

Assista o vídeo no G1/CE

Após reunião no Dnit, Pedro Lucas diz que recuperação da BR-135 começa em 10 dias

O líder do PTB na Câmara, deputado federal Pedro Lucas Fernandes, participou na noite desta terça-feira (18), junto com deputados da bancada maranhense, de uma reunião com o diretor geral do Dnit, general Santos Filho, em Brasília.

No encontro, o parlamentar cobrou soluções para o estado caótico que se encontra a rodovia federal que corta os principais municípios maranhenses e que esta semana foi alvo de protestos no município de Miranda do Norte.

Satisfeito com a reunião, Pedro Lucas disse que logo após o carnaval as maquinas iniciaram os trabalhos de recuperação dos trechos mais críticos. “Cobramos melhorias nas BRs que cortam nosso Estado. O DNIT se comprometeu entrar em 10 dias no trecho Caxuxa/Miranda do Norte”, disse Pedro Lucas.

Carnaval 2020: Codó vai ferver com Psirico na quinta-feira (27)

Durou menos de 24hs a alegria da turma dos que torcem contra o município de Codó, e após atender gentilmente o pedido de representantes da Igreja Católica, Nagib confirmou mudança da atração baiana para quinta-feira (27), estendendo o carnaval para alegria da população.

Cotado para ser o maior carnaval do Maranhão, o show da banda Psirico, marcado inicialmente para a quarta-feira de cinza (26), estava deixando meia dúzia de opositores de cabeça quente e logo após o anúncio do prefeito Francisco Nagib (PDT), de que cancelaria o show da banda Psirico na quarta-feira de cinza, em atendimento ao pedido feito por representantes da Igreja Católica, os afoitos saíram precipitadamente comemorando o que não sabiam.

Para alegria dos foliões, o show da banda Psirico, um dos mais comentados do Maranhão, acontecerá na quinta-feira (27), estendendo o carnaval de Codó que promete ser o número 1 do Estado este ano.

O anúncio foi feito pelo próprio prefeito Nagib em suas redes sociais e comemorado por foliões nos quatro cantos do Maranhão.

Capital do carnaval no Maranhão

A partir desta sexta-feira (21), Codó receberá milhares de foliões do Maranhão inteiro e promete ser a capital do Carnaval no Maranhão.

Para começar o melhor carnaval do Maranhão, na sexta já tem Fruta Nativa no Trio e Kiko Chicabana, e a festa só termina na quinta-feira (27), com Psirico encerrando o carnaval de Codó.

Codó vai ferver com Psirico na quinta-feira (27)

Durou menos de 24hs a alegria da turma dos que torcem contra o município de Codó, e após atender gentilmente o pedido de representantes da Igreja Católica, Nagib confirmou mudança da atração baiana para quinta-feira (27), estendendo o carnaval para alegria da população.

Cotado para ser o maior carnaval do Maranhão, o show da banda Psirico, marcado inicialmente para a quarta-feira de cinza (26), estava deixando meia dúzia de opositores de cabeça quente e logo após o anúncio do prefeito Francisco Nagib (PDT), de que cancelaria o show da banda Psirico na quarta-feira de cinza, em atendimento ao pedido feito por representantes da Igreja Católica, os afoitos saíram precipitadamente comemorando o que não sabiam.

Para alegria dos foliões, o show da banda Psirico, um dos mais comentados do Maranhão, acontecerá na quinta-feira (27), estendendo o carnaval de Codó que promete ser o número 1 do Estado este ano.

O anúncio foi feito pelo próprio prefeito Nagib em suas redes sociais e comemorado por foliões nos quatro cantos do Maranhão.

Capital do carnaval no Maranhão

A partir desta sexta-feira (21), Codó receberá milhares de foliões do Maranhão inteiro e promete ser a capital do Carnaval no Maranhão.

Para começar o melhor carnaval do Maranhão, na sexta já tem Fruta Nativa no Trio e Kiko Chicabana, e a festa só termina na quinta-feira (27), com Psirico encerrando o carnaval de Codó.

Procon: Novos diálogos complicam a vida de Duarte Júnior e Karen Barros

Prints de novas supostas conversas em um grupo de app formado por servidores do Procon e onde as ordens eram dadas por Duarte Júnior, então candidato a deputado estadual, e sua namorada, a advogada Karen Barros, que na data dos fatos comandava o Órgão de Defesa do Consumidor, podem complicar ainda mais a vida do casal na justiça eleitoral. Os dois são réus em uma ação proposta pelo MPE, acusados de usarem o Procon para favorecer Duarte.

Na segunda-feira (17), o blog Maramais já havia publicado prints de outras supostas conversas que revelavam o jogo sujo imposto na campanha de 2018, por nota, a assessoria do deputado informou que os diálogos eram nítidas montagens. No mesmo dia, em nova publicação, o blog revelou áudios comprometedores de Duarte Júnior.

Agora, em novos supostos diálogos, fica mais evidentes o uso da estrutura do Procon e como a então presidente dava as ordens.

O primeiro print, na terça-feira (02), antes da eleição, Karen manda uma foto e informando que está na Deodoro e lembra quais servidores estão de férias. “Servidores não estão de férias, somente Mia Cara de Gato e eu.” Diz a mensagem enviada às 8h04.

No segundo print, Duarte quer saber quem está no comitê e a presidente do Procon logo responde. “Duarte, tô indo pro carro. Aqui no centro o movimento é grande. Tá intenso. Na frente do BB”, responde a namorada do então candidato.

Logo em seguida Duarte dá uma catracada ao chegar no comitê, que ele chama de casa, e não encontrar os servidores. “Vocês só podem tá de sacanagem com a minha cara. Não tem ninguém na casa.” Dispara Duarte.

O terceiro print, o diálogo do dia 08, logo após a vitória de Duarte Júnior, é muito mais comprometedor e revela as ordens da presidente do Procon diretamente para os servidores.

“Pessoal, vamos ter calma, sem deslumbre! Amanhã às 08h, reunião no Procon, todos que estão com vínculo de servidores do Procon! Voltamos a programação normal.” Diz a mensagem, dando a entender que durante o período eleitoral a programação era “anormal”.

Os três prints do suposto diálogo, se confirmados a autenticidade, deve funcionar como uma bomba na cassação e inelegibilidade de Duarte.

Com Detinha, Josimar deve inflacionar campanha em São Luís

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), fenômeno de votos nas últimas duas eleições, anunciou nesta terça-feira (18), que colocará a esposa, deputada estadual Detinha (PL), na disputa eleitoral pela prefeitura da capital. A confirmação foi feita através de vídeo e o pretexto seria a necessidade de ter uma mulher na disputa.

Conhecido por seu jeito “rasgado”, Josimar deve repetir a mesma receita que o tornou o deputado estadual mais bem votado em 2014, com quase 100 mil votos e que repetiu em 2018, tornando-se o deputado federal mais bem votado do Maranhão com quase 200 mil votos, e ainda garantindo a esposa, o título de fenômeno de votos na Assembleia, com 88 mil votos.

No entanto, toda essa força passou longe de São Luís em 2018, já que na capital, Detinha obteve pouco mais de 7 mil votos, ficando muito abaixo de outros pré-candidatos como o deputado federal Eduardo Braide (131 mil votos), Duarte Júnior (46 mil votos), Bira do Bindaré (29 mil votos), Wellington do Curso (17 mil votos), Neto Evangelista (12 mil votos), Dr. Yglésio (12 mil votos), Rubens Junior (9 mil votos).

Nem o próprio Josimar obteve grande votação na capital, ficando apenas em sexto lugar no ranking de votos em São Luís, com 13 mil votos.

Agora, com a própria esposa como pré-candidata, Josimar, que está licenciado para cuidar apenas das eleições municipais do PL no Maranhão, precisará turbinar ainda mais seu jeito de fazer política, caso queira realmente vencer as eleições e ter, no ano que vem, um orçamento de aproximadamente R$ 3,4 bilhões para governar São Luís.

Confira o vídeo do anúncio

Rubens Júnior debate mobilidade urbana e defende inovação para baixar preço da passagem

O pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB, Rubens Júnior, que também é deputado federal licenciado e secretário das Cidades do Maranhão, usou suas redes sociais nesta terça-feira (18), para fazer uma transmissão ao vivo, onde abordou temas importantes relacionados a Mobilidade Urbana da capital. O assunto, muito debatido nos últimos dias em decorrência do recente aumento na tarifa de ônibus foi destrinchado pelo pré-candidato.

Rubens defendeu que é preciso um sistema de transporte público com qualidade e acessível à todos, no entanto, destacou que para se ter um preço justo para a população, a discussão é ampla e passa longe de como está sendo discutido agora. “Enquanto estivermos pensando somente na composição tarifária da passagem paga hoje, não resolveremos o problema, ao contrário, vão punir ainda mais os ludovicenses”, destacou.

Para se ter uma ideia do impacto do transporte na renda das famílias, Rubens Jr detalhou que, um trabalhador que ganha um salário mínimo por mês, gasta cerca de 14% do seu rendimento com transporte público, o que equivale à R$ 148,00. “Isto sem contar as despesas com pagamento de passagem para os filhos estudarem, além de outras necessidades que exigem uso do transporte público, a exemplo das práticas de lazer, consultas médicas, ou mesmo a procura por um emprego”.

O deputado licenciado lembrou que a população de São Luís tem o ônibus como principal componente do sistema, porém ele não é o único. O sistema de mobilidade precisa ser debatido como uma grande rede.

Preço das passagens

Atualmente a Prefeitura de São Luís não subsidia o transporte público. Diferentemente de outras cidades, foi feita a opção de investir em outras áreas. Outras capitais optaram por financiar parte do valor, como é o caso de Brasília, que subsidia 50% da passagem, segundo o site UOL.

Segundo dados do IPEA, existe por lei algumas isenções ou meias passagem (como idosos e estudantes), que são incorporadas aos valores das tarifas pagas pelos usuários. E por conta do perfil das pessoas dependentes do transporte público, torna o serviço regressivo do ponto de vista social, fazendo com que as pessoas mais pobres arquem com o financiamento da política.

“O aumento do custo do transporte e a redução da sua qualidade criam um círculo vicioso, pois fazem com que menos pessoas acessem o sistema de transporte público – seja pela falta de condições financeiras ou pela pouca atratividade do serviço -, levando ao aumento do seu valor por usuário, o que acarreta na necessidade de aumento das tarifas”, projetou Rubens.

Rubens Jr ressaltou que outra questão importante para pensar o sistema, é a composição da passagem. Segundo o contrato de concessão do serviço em São Luís o valor da passagem equivalente ao diesel é corresponde a 24% da tarifa total. “Nesse sentido, se fosse zerado o ICMS do combustível, isso resultaria numa economia irrisória de menos que R$ 2 centavos. “Importante lembrar que o governador Flávio Dino reduziu, em 2015, o valor do ICMS sobre o óleo diesel, de 18% para 2%”.

É graças ao recolhimento de tributos que o governo financia contratação de novos professores, duplicação do quadro de policiais e toda a gestão da máquina pública. A proposta de zerar o ICMS sobre combustíveis, por exemplo, teria o impacto de 165 milhões nos repasses que o estado faz para São Luís, equivalente a mais que o valor total de investimentos na educação infantil para crianças de até 5 anos. “Portanto, Eduardo Braide sugere que São Luís abra mão de orçamento suficiente para financiar educação das nossas crianças?”, questionou Rubens.

Solução

A primeira medida que poderia ser tomada seria subsidiar parte da tarifa focando nas camadas mais pobres. Teresina subsidiou em 2018 com cerca de R$ 8 milhões, intensificar o acesso das pessoas ao bilhete único, aumentando os pontos de recarga e integrando toda a frota, diminuindo a necessidade de se deslocar até os terminais de integração.

Para o pré-candidato, também é preciso falar de infraestrutura. Para as paradas de ônibus, Rubens sugeriu melhorias da qualidade por meio de uma PPP – Parceria entre o setor Público e Privado – ou adequando o próprio contrato de concessão do serviço. A ideia é usar publicidade e promover a troca dos pontos de ônibus, garantindo qualidade, proteção contra chuvas, iluminação, informativos sobre as linhas de ônibus

Para ele, também é necessário repensar o desenho das linhas, racionalizando a frota, utilizando ônibus maiores para linhas que concentram mais passageiros. Outra ideia é a criação de programas municipais de mobilidade, no modelo do Programa Travessia, focado em públicos de pessoas com deficiência.

Outro ponto destacado foi a necessidade de investir na melhoria das vias, com prioridade onde há maior fluxo de ônibus, com criação de novos corredores, reduzindo o tempo de viagem, gasto com combustível e manutenção da frota, como previsto no Plano Municipal de Mobilidade aprovado em 2017.

Também é proposta de Rubens a revisão dos termos do cálculo do reajuste dos contratos, deixando de levar em conta somente o custo, e adicionando a qualidade do serviço prestado à equação da tarifa.

Para ele, também é necessária a implementação de ações voltadas para o aumento da eficiência do sistema, como redução do gasto de combustível, redução dos acidentes, manutenção preventiva, aumentando, assim a produtividade e reduzindo o valor do serviço e, por consequência, das taxas. Por fim, reformar os terminais de integração e ofertá-los como espaços de prestação de serviços, facilitando a vida dos usuários do sistema.

Sistemas de transporte de São Luís

Atualmente, a capital tem mais de 800 ônibus, distribuídos em 171 linhas (144 integradas e 27 não integradas); 5 terminais de integração, além de 4.700 cobradores e motoristas atendendo mais 570 mil pessoas/dia. Conta, ainda, com 2.205 permissões para táxis (INMEQ-MA) e aproximadamente 12 mil motoristas de aplicativo, além de centenas de mototaxistas.

Em 2015, uma auditoria do TCE-MA levantou a opinião dos usuários de transporte da cidade. Os principais itens avaliados como ruim e péssimo foram: segurança dos veículos com 86%; estado de conservação com 66,7% e limpeza com 63,5%. A pesquisa também constatou que 57% da frota não tem acessibilidade, 65,87% das paradas não tem identificação, 87,90% não possuem rampas de acesso e que 79% dos abrigos estão com estado de conservação ruim.

O pré-candidato também lembrou de outros investimentos do Governo do Maranhão, como em segurança. De acordo com os dados oficiais do Sistema de Segurança Pública, de 2016 a 2019, houve redução de 33% do número de assaltos em ônibus. “Com a criação da Agência de Mobilidade Urbana (MOB) o governador Flávio Dino implantou uma rede de ônibus com linhas expressas expressos na região metropolitana”.

Ainda segundo Rubens, com a criação do Programa Travessia, o governo garantiu opções de mobilidade gratuita para quem mais precisa, a exemplo de idosos, pessoas com deficiência, crianças em tratamento de doenças, entre outras. “O governo também financia o transporte de jovens que se deslocam para fazer exames do ENEM”, lembrou.

Edivaldo leva ação do Programa São Luís em Obras para o Parque Amazonas

O bairro vai receber quase 4 km asfalto novo nas principais vias, o que vai refletir na melhoria da mobilidade urbana e qualidade de vida da população; trabalho integra as ações do São Luís em Obras que já chegou a várias regiões da capital

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior segue avançando com o programa São Luís em Obras e iniciou esta semana a pavimentação do bairro Parque Amazonas. Serão aplicados quase 4 km de novo asfalto nas principais vias do bairro. O trabalho vai promover a valorização dos imóveis na área, favorecer o comércio e a mobilidade, com reflexo na qualidade de vida dos moradores e de quem transita pelo local. A previsão é que, por meio do programa, sejam executados 300 km de novo asfalto pela cidade até o final deste ano. O prefeito Edivaldo já esteve no Parque Amazonas vistoriando o andamento dos serviços e destacou que, ao longo do ano, diversos outros bairros receberão nova pavimentação.

“O São Luís em Obras é um macroprograma por meio do qual estamos fazendo diversos investimentos em muitas áreas, beneficiando todas as regiões da cidade. Mesmo neste período vamos seguir avançando a cada trégua que as chuvas nos der. Vamos reforçar o trabalho já realizado em diversos bairros da capital, trabalhar para concluir o mais breve possível serviços em andamento em áreas como Santa Bárbara, Divinéia e outras que recebem obras de drenagem profunda, e chegar também a bairros onde as ruas nunca foram pavimentadas, garantindo o maior programa de urbanização das últimas décadas em São Luís”, disse o prefeito.

PARQUE AMAZONAS

Os trabalhos no Parque Amazonas começaram pela Rua Marabá e vão se estender por diversas outras. A via, assim como demais ruas do bairro, estava com o pavimento bastante comprometido em razão das fortes chuvas e do desgaste após os vários anos sem nova pavimentação.

Os serviços são coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e fazem parte do programa São Luís em Obras. O eixo de pavimentação do programa tem o objetivo de recuperar a malha viária, garantindo mais mobilidade, segurança e agilidade no trânsito, desenvolvimento socioeconômico e qualidade de vida para a população.

“Seguindo orientação do prefeito Edivaldo, iniciamos a pavimentação no Parque Amazonas. Desde a construção do bairro é a primeira vez que essas vias estão recebendo uma nova pavimentação. Serão cerca de 4 km de asfalto novo que vão garantir mobilidade, desenvolvimento econômico, valorização dos imóveis e mais qualidade de vida aos moradores”, disse o secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araujo.

NOVO ASFALTO

Ao longo de 2019 foram executados 200 km de pavimentação contemplando diversas regiões de São Luís. A previsão é de que 300 km de asfalto novo até o fim de 2020. Bairros do polo Cohatrac (Cohatrac 1, 2, 3 e 4; Residencial Primavera, Parque Aurora, Avenida Principal Jardim das Margaridas e Planalto Anil), Cohab (Cohab-Anil I, II e III), Alemanha, Cohama, Bela Vista, Cohajap, Cohaserma, Rio Anil, Angelim, Ipase (de Baixo e de Cima), Vinhais, São Francisco/Ilhinha, Ponta d’Areia, Renascença, Olho d’Água, Parque Atlântico, Bequimão, Avenida Guajajaras, são alguns dos locais que já foram beneficiados com asfalto novo do São Luís em Obras.

Atualmente, as frentes de pavimentação estão atuando nas avenidas Jerônimo de Albuquerque, São Luís Rei de França e no bairro Recanto dos Vinhais, que está recebendo mais de 6 km de pavimentação.

SÃO LUÍS EM OBRAS

Além do asfaltamento, por meio do programa São Luís em Obras, a gestão do prefeito Edivaldo tem avançado por toda a cidade com dezenas de frentes de trabalho, com a reforma de espaços públicos, obras de macrodrenagem, intervenções no trânsito, reforma de mercados, escolas e unidades de saúde, entre outras. Ao longo do ano, os investimentos serão ampliados e se somarão aos já realizados ao longo de toda a gestão para a melhoria da infraestrutura da capital.