Zé Francisco tem pedido de  candidatura  impugnado na Justiça

A coligação Forte é o Povo, protocolou impugnação a candidatura de Zé Francisco (PSD), alegando que o médico está inelegível, motivo que deve tirá-lo da disputa eleitoral em Codó.

De acordo com os advogados da coligação e sustentando parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral do Ministério Público, Zé Francisco não poderá candidatar-se até o dia 31 de dezembro de 2020.

Condenado por compra de votos e abuso de poder econômico na eleição de 2012, candidatos que não poderiam se candidatar este ano usam a pandemia e mudança de data do pleito para burlar a legislação.

No entanto, conforme parecer da Procuradoria-Geral, o truque não terá nenhum efeito, já que os candidatos condenados no pleito de 2012 devem ficar impedidos de disputarem a eleição de 2020.

O caso deve ser analisado pela Justiça Eleitoral.

O seu endereço de e-mail não será publicado.