PSL declara apoio à pré-candidatura de Dr. Julinho

O médico e pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL), recebeu, no final de semana, a adesão do PSL-17, um dos maiores partidos da atualidade. Comandado pelo vereador Nonato Lima, o partido reuniu os pré-candidatos a vereador para oficializar o apoio.

Com prestigio e apontado como favorito para vencer as eleições segundo todos as pesquisas registradas até o momento, o encontro contou ainda com a participação de nomes importantes da politica maranhense, entre eles, o presidente estadual do PSL, vereador Chico Carvalho; a deputada estadual Helena Duailibe (SD); o deputado federal Marreca Filho (Patriota); o ex-prefeito e deputado federal Gil Cutrim e do presidente estadual do PL, deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

Durante o encontro, Julinho destacou a importância da adesão do PSL à sua pré-candidatura. “Recebo com muita alegria a declaração de apoio do PSL, considerado hoje, um dos maiores partidos do cenário nacional. Tenho certeza que com o apoio de todos, devolveremos aos ribamarenses, o orgulho de viver em nossa cidade.” Disse dr. Julinho.

O encontro também contou com a participação de dezenas de lideranças, além do presidente municipal do Avante, Júnior Lago e do Patriota, Júnior Câmara.

Com a nova adesão, Dr. Julinho passa a contar, até o momento, com quatro partidos. Além do PL-22, Avante, Patriota e agora, o PSL-17.

PSL vai com Neto Evangelista em São Luís

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís tem, a partir de agora, o apoio oficial do PSL-17, partido presidido no Maranhão, pelo vereador Chico Carvalho.

O anúncio foi feito oficialmente em vídeo gravado pelo presidente estadual do DEM, deputado Juscelino Filho; pelo presidente estadual do PSL, Chico Carvalho e pelo vice-presidente nacional do PSL, Antônio Rueda.

Com o fim da novela, Neto ganha mais uma importante batalha contra o também pré-candidato a prefeito, deputado Duarte Júnior (Republicanos), que chegou a anunciar o apoio do PSL, mas não conseguiu manter a aliança.

Agora, Neto Evangelista tem um importante reforço e deve crescer ainda mais.

Confira o vídeo

Chico Carvalho esclarece sobre mudanças no PSL de São Luís

O presidente estadual do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho, enviou ao blog Maramais, uma nota de esclarecimento sobre a reportagem Mudança de presidente que teria garantido apoio do PSL à Duarte nunca aconteceu.

Apesar de não constar como presidente do PSL Municipal no sistema do TSE, Chico Carvalho explicou que a mudança aconteceu através de resolução interna e que a alteração no sistema do TSE só acontecerá com a nova eleição do Diretório Municipal.

Confira abaixo, detalhes da explicação do presidente do PSL Maranhense.

Esclarecimento:

O Diretório Municipal do PSL em São Luís foi eleito para um mandato de dois anos, pelo que uma nova eleição somente poderá ser feita ao término do período previsto no estatuto do partido ou através de uma nova convenção. Isto não somente para o cargo de presidente, mas a todos os cargos da diretoria da sigla.

Sobre o diretório de São Luís, o presidente municipal pediu afastamento temporário e a Direção Estadual, com fundamento nos Art. 72, incs. VI e X, e Art. 97, incs. I, II e IV, do Estatuto do PSL, editou uma resolução para que a Sr.ª Lorena Macedo responda pelo PSL da capital até que uma nova eleição seja feita por meio de convenção municipal. Ou seja, até o término do mandato do atual diretório.

Então, a mudança, por se tratar de questão interna corporis e ter seguido as regras estatutárias, é legítima e eficaz, nos termos da resolução.

Chico Carvalho,

Presidente Estadual do PSL/MA.

Mudança de presidente que teria garantido apoio do PSL à Duarte nunca aconteceu

Segundo dados oficiais do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, o PSL Municipal de São Luís não teve nenhuma mudança em seu diretório desde janeiro.

A informação oficial do Tribunal, desmente matéria publicada no site oficial do pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior (Republicanos), que citava Lorena Macedo como presidente do diretório municipal do partido em São Luís e que foi amplamente divulgado pela mídia local.

De acordo com o TSE, Fábio Carvalho segue sendo o presidente, e a esposa do deputado Fábio Macedo (Republicanos), nunca este na composição do diretório municipal.

Republicanos vazio em 2021, essa seria a promessa

Última cartada do trio Republicano na busca pelo cobiçado PSL

Essa quinta-feira (09), foi marcada pela presença intenção de políticos maranhenses em Brasília. O motivo da movimentação seria a efetivação oficial do apoio do PSL nas eleições municipais em São Luís.

Segundo informações de bastidores, os deputados Duarte Júnior (Republicanos) e Fábio Macedo (Republicanos), acompanhados do vice-presidente Carlos Brandão (Republicanos) e do pré-candidato a prefeito de Timon, Coronel Schnneyder estiveram com representantes do PSL Nacional.

Como última cartada para conseguirem o apoio do partido em São Luís e consequentemente em Timon, a informação extraoficial é de que o grupo teria prometido uma espécie de esvaziamento coletivo do Republicanos no próximo ano.

A promessa, apesar de ótima para o PSL, pode soar como prejuízo para o Republicanos, que neste caso, seria usado apenas para tentar eleger os possíveis candidatos maranhenses na eleição municipal de 2020, além de dar um giro de 360 graus com a suposta filiação coletiva do grupo, incluindo o vice-governador Carlos Brandão, ao PSL.

Isso porque com a saída de Dino em 2022, provavelmente para disputar a Presidência da República, o Maranhão deixaria de ser comandado pelo PCdoB e passaria para as mãos do PSL,  partido que elegeu Bolsonaro em 2018.

Mesmo com todas essas vantagens na mesa, parece que o grupo saiu de lá com sentimento de derrota.

Pelo visto, a sexta-feira (10), vai ser pautada por outra vitória junto ao desejado PSL, mas isso é post para logo mais.

Macedos entre Neto Evangelista e Duarte Júnior


O movimento do deputado estadual Fábio Macedo (Republicanos) pode mostrar que o ex-pedetista está de fato disposto a entrar no jogo político pela prefeitura de São Luís. Com sua base política em Dom Pedro, onde o irmão, o ex-prefeito Hernando Macedo deverá disputar a prefeitura novamente por lá, Fábio, que está filiado ao mesmo partido de Duarte Júnior, anunciou nesta quinta-feira (02), a filiação de sua esposa no PSL.

Lorena Macedo assumiu a presidência municipal do partido na capital o que mostra o interesse dos Macedos em participar efetivamente da disputa pela prefeitura da capital.

Até alguns dias, era aposta certa o apoio do PSL ao deputado Neto Evangelista (DEM), que também deve ter o apoio do PDT, partido comandando pelo senador e detentor do maior espólio eleitoral do Maranhão, Weverton Rocha.

Agora, nas mãos dos Macedo, resta saber qual de fato será o caminho do PSL de São Luís.

No candidato do vice-governador Carlos Brandão, ou do senador Weverton. A decisão de agora, decidirá o caminho dos Macedos em 2022.

PSL deve caminhar com Neto Evangelista em São Luís  

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM), tem trabalhado nos bastidores para ter o maior número de partidos políticos engajados no projeto para elegê-lo o próximo prefeito de São Luís. Recentemente, o pré-candidato se encontrou com o presidente do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho, e conversaram sobre os caminhos dos dois partidos no pleito de outubro.

O encontro é um sinal de que a pré-candidatura do ex-prefeito Tadeu Palácio (PSL) já pode ter se tornado página virada, e por isso, o diálogo com Neto, um dos pré-candidatos da base governista que mais tem conseguido reunir líderes partidários para uma possível aliança em torno de seu nome.

Nos bastidores da política ludovicense, por exemplo, não é segredo para ninguém a possibilidade do PDT e do MDB se juntarem ao DEM para derrotar Eduardo Braide (Podemos).

Caso isso aconteça, Neto mostrará sua maturidade, diferente de outros pré-candidatos que não conseguem unidade em seus próprios partidos.

Flávio Dino mostra o real tamanho de Bolsonaro durante reunião com governadores da Amazônia Legal

O Governador Flávio Dino (PCdoB) aproveitou sua primeira grande oportunidade para mostrar o tamanho real do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que tem promovido uma verdadeira crise diplomática a cada vez que abre a boca para falar das Queimadas da Amazônia.

Durante reunião dos governadores da Amazônia Legal, que aconteceu nesta terça-feira (27), em Brasília, Bolsonaro engoliu à seco, ponderações cirúrgicas feitas pelo governador do Maranhão, que ganhou visibilidade nacional ao ser citado por Bolsonaro como governador Paraíba.

Dino fez avaliações pontuais sobre o resultado negativo que o país pode sofrer por conta da crise mantida pelas falas de Bolsonaro ao presidente da França, Emmanuel Macron.

“Não podemos repelir ações cooperadas. Claro, que, preservado o valor da soberania nacional, o diálogo com outros países é imprescindível. Se o Brasil se isola no cenário internacional, ele se expõe a sanções comerciais gravíssimas contra os nossos produtores. Então, defender o Brasil, defender a soberania, defender a economia exige o diálogo com outros países”, disse Dino.

O comunista também saiu em defesa das ONGs sérias, condenou a postura de Bolsonaro e disse que é preciso separar o joio do trigo.

“Não sou daqueles que satanizam, demonizam ONGs. Acho que isso é um equívoco, porque temos ONGs de imensa seriedade no mundo e no Brasil. Precisamos sempre separar, como diz a Bíblia, o joio do trigo. Não podemos dizer que as ONGs são inimigas do Brasil. Não será tocando fogo nas ONGs que nós vamos salvar a Amazônia. É preciso distinguir entidades da maior seriedade que atuam no Brasil há muitas décadas, universidades, institutos, igrejas”, finalizou o maranhense.

Nesse primeiro confronto entre Bolsonaro e Dino, o nordestino saiu vitorioso e deixou o capitão reformado literalmente sem palavras.

Imagem do Dia: Maura Jorge tira foto com Bolsonaro e sai da fila do desemprego

Depois de muita tentativa, com ajuda do senador Roberto Rocha (PSDB), a ex-candidata ao governo do Maranhão pelo PSL, Maura Jorge, enfim conseguiu registrar uma foto com o mito, presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo informações espalhadas por membros da imprensa ligados ao senador Roberto Rocha, a ex-prefeita de Lago da Pedra, são só garantiu a tão esperada foto com o presidente, como também ganhou uma boquinha no Governo Federal.

Pelas informações, Maura saiu da fila do desemprego, só não se sabe ainda qual será a função da ex-candidata do PSL.

Chico Carvalho põe fim as especulações envolvendo suposto desentendimento com Allan Garcês.

O presidente estadual do PSL, vereador  Chico Carvalho, resolveu dar um basta nas especulações envolvendo seu nome, o do partido que preside e do médico Allan Garcês (PSL).

Em suas redes sociais, Carvalho postou uma foto em que aparece cumprimentando Garcês, em encontro que aconteceu em Brasília. “Eu recebi aqui no hotel que estou hospedado em Brasília, Raimundo Filho, Pastor Sampaio e Allan Garcês. Na ocasião, Allan propôs a unidade do PSL no Maranhão afim de acabar com as especulações de que estaria à margem das decisões partidárias. Essa imagem reflete a integração entre os correligionários que sempre tive como meta dentro do partido há mais de 15 anos.” Postou o vereador.

Na última semana, notícias em blogs da capital informaram que Chico Carvalho teria anunciado dois pré-candidatos na disputa pela prefeitura de São Luís. O primeiro seria o ex-candidato ao senado, Samoel de Itapecuru, que obteve mais de 60 mil votos na capital. O segundo nome seria do ex-candidato a deputado federal apóstolo Silvio Antônio, que obteve mais de 10 mil votos em São Luís.

Rapidamente, Allan Garcês, que também disputou uma vaga para a Câmara Federal anunciou a jornalistas da capital que também estaria à disposição do partido para a disputa.

Foi o bastante para se criar um clima entre Carvalho e Allan, que desde que foi convidado a integrar a equipe do presidente Bolsonaro, passou a ser tratado pela imprensa local com grande status.

A postagem de Chico Carvalho põe fim às especulações.