Políticos “abraçam” animais em busca de holofotes na corrida eleitoral de 2022

Pioneira na arte de abraçar animais em busca de likes e holofotes durante a corrida eleitoral, a primeira-dama do município de Matões, Claudia Coutinho, que apelou para o famoso abraço com o jumento na eleição de 2020, agora parece ter pelo menos dois novos adeptos.

Em Paço do Lumiar, mais propriamente no bairro Maiobão, na busca por mídia, o deputado estadual Duarte Júnior (PSB) apelou e trepou em uma arvore, abraçando-se a uma gata e dizendo ter resgatado a chaninha.

A macacada foi tão grande que o deputado, que gosta de uma mídia, postou vídeo com trilha-sonora holyoodiana, e não satisfeito com os likes e views, fez nova postagem, com foto atracado com a gata e garantindo que saiu todo arranhado.

Já na casa oficial do vice-governador, Carlos Brandão postou vídeo meigo, mostrando suas habilidades como adestrador de cão.

Enquanto isso, ongs que cuidam de animais abandonados e vítimas de maus tratos sofrem para sobreviver com a falta de ajuda.

Para piorar, no mês de maio, pelo menos 16 organizações não governamentais de defesa animal assinaram manifesto contra o deputado Duarte Júnior, o mesmo que agora sobe em arvore no Maiobão em busca de mídia. O manifesto repudiou o deputado que processou a ong Dindas Formiguinhas e pediu R$ 20 mil em ação indenizatória. (Relembre o caso aqui)

Sabido, em audiência de conciliação, Duarte, que pediu R$ 20 mil de indenização a ong que sobrevive de doações e tem papel de destaque na defesa de animais, através de seus advogados, propôs um acordo, considerado por muitos como oportunista e lógico, foi rejeitado pela ong processada.

A ação ainda tramita na justiça.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *