PL de Marlon Botão visa fornecer carteira de vacinação em braile

A proposição vai contribuir para trazer independência para as pessoas com dificuldades para enxergar.

Tramita na Câmara Municipal de São Luís o Projeto de Lei nº 241/21, de autoria do vereador Marlon Botão (PSB), que pretende instituir o fornecimento de carteira de vacinação em braile para os cidadãos do município de São Luís que possuem deficiência visual.

De acordo com dados do censo demográfico realizado no ano de 2010, no município de São Luís, cerca de 32.700 pessoas têm grandes dificuldades com a visão e 2.311 cidadãos ludovicenses apresentam total incapacidade de enxergar.

“A carteira de vacinação em braile traz independência para aqueles que não enxergam, fazendo com que estes não dependam de parentes ou amigos para guiá-los sobre o conteúdo presente no documento”, disse o parlamentar. Ainda segundo a proposta, os cidadãos que possuem a carteira de vacinação tradicional poderão ter a sua carteira de vacinação em braile atualizada com os dados de vacinações anteriores.

Inclusão – O braile é um sistema de escrita tátil criado há cerca de 200 anos na França. Escrito com seis pontos em relevo e duas colunas, o sistema permite registrar letras, números e qualquer outro tipo de símbolo para transmitir informação. É um instrumento essencial na vida de muitos cidadãos, já que permite que pessoas cegas ou com baixa visão tenham acesso ao conhecimento.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *