Domingos Dutra é visto no Fórum; Testemunhas dizem que ele está “adestrado”

O prefeito de Paço do Lumiar foi visto nesta quinta-feira (12), acompanhando a esposa, Núbia Dutra, no Fórum de Paço do Lumiar. O casal estava acompanhado de uma advogada e segundo informações obtidas, Núbia estaria tentando convencer a Justiça de que está tudo bem com Dutra.

Durante todo tempo que ficou no Fórum, testemunhas garantem que viram um Domingos Dutra “adestrado”, realizando os comandos ordenados por Núbia.

Calado e atônito, Dutra andava quando Núbia ordenava. Sorria quando a esposa mandava sorrir e até as palavras eram repetidas conforme as ordens de Núbia.

Uma amiga do prefeito de 30 anos confidenciou que desconhece o Dutra que estava hoje no Fórum. “Zumbi, anestesiado, adestrado, é assim que defino o homem que vi aqui.” Confidenciou a amiga de três décadas.

Sem conseguir falar com o Juiz, Núbia se irritou e determinou que Domingos Dutra andasse. Ele obedeceu e saiu do local sem falar com ninguém.

Fugindo da Perícia Médica

Domingos Dutra não compareceu a Perícia, marcada pela Justiça para esta quarta-feira (11). Segundo informação oficial da direção do Hospital Nina Rodrigues a Justiça, o prefeito de Paço do Lumiar não compareceu.

O blog apurou que a ausência teria sido mais uma ordem da esposa de Dutra, que teme uma constatação oficial da incapacidade do prefeito.

Exclusivo: Domingos Dutra não comparece à perícia; Hospital informará a Justiça

O prefeito licenciado de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, não compareceu ao hospital Nina Rodrigues, onde estava marcado uma pericia para atestar a capacidade neurológica para assumir o cargo de gestor municipal.

Agora, a direção do Hospital informará a justiça que o prefeito não compareceu, o que evidencia ainda mais a tese dos filhos de Dutra que garantem que o pai “não está bem”.

No último dia 02, Núbia Dutra carregou o prefeito até o Centro Administrativo, mandou seguranças arrombarem as portas, causou muita confusão e o prefeito acabou passando mal e sendo socorrido para uma emergência da capital.

No dia seguinte, na tentativa de tomar o poder municipal a qualquer custo, Núbia passou por maus bocados e quase foi linchada por populares que enxotaram a primeira-dama.

Com a ausência de Dutra na perícia determinada pela justiça, Paula Azevedo continua sendo a única legitima representante do Poder Executivo.

Pressionado por Núbia, Domingos Dutra vai parar no hospital

O prefeito licenciado de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, visivelmente debilitado após sofrer AVC, acabou não aguentando a pressão de sua esposa, Núbia Dutra, que insiste em obriga-lo em suas investidas para retornar ao poder do município luminense.

Nesta segunda (02), após um longo dia tenso, com muita confusão na porta do Centro Administrativo de Paço, portas arrombadas e bate-boca generalizada, Dutra não suportou a pressão e passou mal, sendo socorrido por uma ambulância do Hospital São Domingos.

Após ser medicado, o prefeito licenciado foi liberado e ficará em observação domiciliar.

Familiares temem que algo mais grave aconteça com Dutra, que não reconhece o ambiente de trabalho e está sendo proibido por Núbia de falar com a imprensa e com a família.

Nesta segunda-feira (02), para evitar acesso à recursos do município, a prefeita Paula Azevedo protocolou documento proibindo que Núbia movimente as contas da prefeitura.

Banco do Brasil deve proibir que Núbia movimente dinheiro de Paço do Lumiar

A prefeita em exercício, Paula Azevedo mostrou mais uma vez a sua preocupação com o município de Paço do Lumiar. Após tentativa de golpe articulada por Núbia Dutra, esposa do prefeito licenciado Domingos Dutra, que mandou arrombar a sede administrativa do município e passou a dar ordens ilegalmente nesta segunda-feira (02).

Como forma de preservar as contas do município, Paula Azevedo protocolou documento no Banco do Brasil, para que não permita o acesso às contas da prefeitura até que Dutra seja empossado pela Câmara Municipal de Paço do Lumiar.

Ainda de acordo com o documento, Paula requer que à agência não dê vazão a pedidos de troca de ordenadores de despesas e alterações de senhas, bem como quaisquer movimentações financeiras oriundas da Prefeitura de Paço do Lumiar que não tenham sido autorizadas por ela. A medida tem como finalidade de evitar prejuízos ao erário, assim como não inviabilizar os compromissos assumidos pelo ente público.

A medida responsável tomada por Paula foi uma rasteira em Núbia, que já planejava como gastar os recursos da prefeitura.

Núbia causa confusão e impede funcionamento do Centro Administrativo de Paço do Lumiar

Amparado pela esposa Núbia e alguns seguranças, Domingos Dutra chegou na manhã desta segunda-feira (02) no Centro Administrativo de Paço do Lumiar para tentar reassumir o comando do município. A ideia de voltar a todo custo para a prefeitura está sendo orquestrada por Núbia.

A ex-secretária, que coleciona vários processos acusada de desvio de dinheiro, foi quem ordenou que seus capangas arrombassem as portas do Centro Administrativo para que ela e Dutra pudessem entrar.

Núbia também proibiu que os servidores do município entrassem ao prédio para suas atividades normais, causando grande confusão na entrada do prédio.

Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível observar Núbia e Dutra chegando ao centro administrativo acompanhadas de um carro de som. Também se observa que Dutra não reconhece o local onde está. Quem acompanhou de perto o momento da chegada dos dois disse que o Prefeito perguntou para Núbia onde eles estavam.

Jornalistas que estavam presentes tentaram entrevistar o Prefeito Domingos Dutra, mas foram barrados por Núbia, que não aceita que o Prefeito fale com a imprensa, para evitar revelar a real situação de Dutra.

Ao lado de Dutra, Núbia abandona o “lilás” e volta disfarçada de Vovó

Quem viu não reconheceu a vaidosa Núbia Dutra, que tinha como marca registrada o cabelo lilás, no  voo de volta para São Luís, onde mora o casal que mantém residência em um bairro da área nobre da capital, longe de Paço do Lumiar, e que deve ficar com o marido que se recupera após sofrer um AVC no ano passado.

O casal foi flagrado dentro do avião. Domingos Dutra, aparentemente melhor, dormia sossegado, enquanto Núbia, de cabelos brancos, corte estilo “machão” e com alguns quilos a mais, usava o celular, provavelmente informando seu retorno a capital.

Dutra segue sem nenhuma condição de assumir a prefeitura, que hoje é comandada pela vice-prefeita Paula Azevedo (SD), que mudou a cara da gestão luminense e vem ganhando popularidade.

Disfarçada de vovó, Núbia pretende sensibilizar os eleitores de Paço e voltar a ativa antes do pleito… será?

Em nova Ação, MP aponta Núbia Dutra e sua turma em novo esquema de mais de R$ 6 milhões

O Ministério Público do Maranhão ofereceu mais uma denúncia contra Núbia Dutra e dois ex-secretários do município de Paço do Lumiar, além de um empresário devido a irregularidades no processo de licitação que contratou a empresa Almeida Comércio e Serviços Ltda, para a prestação de serviços de locação mensal de veículos. O contrato, no valor de R$ 6.405.600, envolveu o fornecimento de 16 caminhões, 16 máquinas e uma carreta.

Foram denunciados Núbia Dutra e Fortunato Macedo Filho, ex-secretários municipais de Administração e Finanças de Paço do Lumiar, Dyego de Moraes Silva e Marianna Rebecka Guimarães Bezerra, ex-pregoeiros municipais de Paço do Lumiar, e Welker Carlos Rolim, sócio-majoritário da empresa Almeida Comércio e Serviços Ltda.

Autora da denúncia, a titular da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, Gabriela Brandão da Costa Tavernard, afirmou que a licitação questionada teve apenas o objetivo de dar a aparência de legalidade das despesas efetuadas com a contratação da empresa, haja vista não ser proprietária dos veículos e maquinários locados, conforme demonstrado no banco de dados do Detran, e também constatado em seu Balanço Patrimonial de Ativo Permanente.

Entre as irregularidades identificadas, inicialmente em representação do Ministério Público de Contas e, em seguida, em análise da Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça, estão a ausência da pesquisa de mercado na realização do processo licitatório; a não publicação do aviso de licitação no Diário Oficial do Estado ou em jornal de grande circulação; e indícios de que a empresa subcontratou terceiros para a realização dos serviços, o que é vedado pelo edital.

Além disso, foi constatado que a empresa Almeida Comércio e Serviços Ltda não é proprietária de nenhum caminhão; não tem capacidade operacional (já que o balanço patrimonial aponta o ativo permanente no valor de R$ 521.048,97, considerado baixo caso fosse proprietária de todos os veículos e máquinas contratados); e tem endereço no mesmo local em que funciona um posto de gasolina.

“Tais constatações servem para reforçar a presença de conluio das partes (contratante e contratado) e o favorecimento da empresa, na medida em que vencedora em diversas licitações no Município, que resultaram em contratações com valores vultosos”, constatou Gabriela Tavernard.

PARTICIPAÇÃO DOS DENUNCIADOS

No Inquérito Civil que baseou a Denúncia, a 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar apontou a participação de cada um dos denunciados no esquema.

A ex-secretária de Administração e Finanças de Paço do Lumiar, Núbia Feitosa Dutra, foi quem autorizou, à época, a abertura do processo licitatório (Pregão presencial nº 38/2018); adjudicou e homologou o objeto do certame em favor da empresa Almeida Comércio e Serviços Ltda, além de ter assinado outro contrato com o mesmo objeto em data diferente e que embasou os processos de pagamento.

Fortunato Macêdo Filho, que também exerceu o cargo de secretário de Administração e Finanças, assinou a Ata de Registro de Preços, o contrato celebrado entre as partes e as ordens de pagamento ao longo de sua execução, figurando como ordenador de despesa.

Diego Moraes Silva, na qualidade de pregoeiro, elaborou o edital do Pregão Presencial nº 007/2018, apesar de não deter competência para tanto, não adotando a modalidade de pregão eletrônico, injustificadamente. Já a denunciada Marianna Rebecka Guimarães Bezerra, igualmente pregoeira, conduziu os trabalhos da sessão pública do pregão, habilitando a licitante vencedora, em que pesem todas as irregularidades já demonstradas linhas atrás.

Representante legal da empresa Almeida Comércio e Serviços Ltda, Welker Carlos Rolim, concorreu para a prática do crime que lhe é imputado, na qualidade de beneficiário.

“De fato, sem os atos praticados pelos denunciados, que abrangem desde a fase preparatória até a conclusão do certame, com celebração dos contratos, assinatura da ata de registro de preço e ordens de pagamento, a fraude do certame não se consubstanciaria, nem o prejuízo ao erário”, comentou a promotora de justiça.

Domingos Dutra e Núbia desviaram mais de R$ 11 milhões de Paço do Lumiar, aponta o relatório da CGU

De acordo com o s relatórios de fiscalização divulgados nesta segunda-feira (09), pela CGU – Controladoria Geral da União, houve apropriação indevida e sonegação de contribuição previdenciária no valor total de R$ 11.392.040,06 durante a gestão do prefeito Domingos Dutra (PCdoB), que teve como supersecretária a primeira-dama Núbia Dutra.

No documento a CGU afirma que foi constatado que houve retenções previdenciárias para o regime geral não recolhidas no valor total de R$ 3.520.800,30 (partes empregados e patronal).

Além disso, também foi verificado que não houve recolhimento de contribuições previdenciárias (partes empregados e patronal) para o regime próprio no montante de R$ 7.871.239,76. Dessa forma, houve apropriação indevida e sonegação de contribuição previdenciária no valor total de R$ 11.392.040,06.

Afastado do cargo desde que sofreu um AVC, Domingos Dutra, junto com sua esposa Núbia Dutra, acumulam vários processos por desvio de recursos públicos da prefeitura de Paço do Lumiar.

Núbia segue escondendo Domingos Dutra em Imperatriz

A ex-secretaria de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, que acumula vários processos por atos de corrupção pelo período que comandou pastas importantes do município, segue mantendo Domingos Dutra bem distante de Paço do Lumiar.

Nesta quarta-feira (04), Núbia encaminhou a aliados, um registro seu e Dutra feito no restaurante Cabana do Sol, um dos mais caros do município de Imperatriz.

A ideia de Núbia é passar a sociedade luminense que Dutra está sendo bem tratado, o que ninguém sabe ao certo, já que todas as divulgações são feitas planejadamente por Núbia, e nenhum médico atestou a evolução do prefeito de Paço do Lumiar.

Com diversas seqüelas em decorrência do AVC e da trombose que sofreu no primeiro semestre, Dutra anda com dificuldade, faz pequenas atividades do cotidiano, repete algumas palavras que Núbia determina, para gravar pequenos vídeos, e não se recorda de muita coisa.

Sem endereço certo, familiares e amigos reclamam do isolamento de Dutra, calculado e mantido por Núbia.