Milícia digital gastou mais de R$ 20 mil reais para descurtir live de Lula e Dino

O bate-papo transmitido ao vivo pelo ex-presidente Lula (PT) e o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), gerou pânico no gabinete do ódio, comando central da milícia digital, e resultou em altos custos para os adversários de Dino, possível candidato a presidente da República em 2022, com apoio de Lula.

Com mais de 230 mil visualizações, o que demonstra o grande interesse do público em ver os dois políticos juntos, a live recebeu um ataque de robôs para clicar no comando “não gostei” e tentar desqualificar a dupla.

O fato só reforçou a tese de como robôs vem sendo usados por adversários de Lula, repetindo o que aconteceu em 2018, na campanha de Bolsonaro, quando a Fundação Getúlio Vargas identificou, através de estudo, que 70% das postagens pró-Bolsonaro na reta final da eleição partiram de robôs.

Numa busca rápida na internet, é possível comprar 103 mil ações de gostei e não gostei por cerca de R$ 20 mil reais. Simples assim…

Assista ao encontro que incomodou Bolsonaro

2022: Lula segue disseminando o nome de Flávio Dino para derrotar Bolsonaro

O ex-presidente Lula (PT), segue disseminando o nome de Flávio Dino (PCdoB) para a disputa presidencial de 2022.

Nesta quarta-feira (27), em entrevista à Rádio Jovem Pan de Aracaju, o petista voltou a defender o nome de Dino e afirmar que o maranhense está na lista de possíveis candidatos que poderão receber seu apoio.

“A única coisa certa nesse momento é que não vou disputar as eleições em 2022 por causa da minha idade. Contudo, podemos lançar o Rui Costa (governador da Bahia) ou apoiar outro nome, como o governador do Maranhão, Flávio Dino, sem nenhuma dificuldade. Estamos aqui para conversar”, destacou o ex-presidente Lula.

Por onde tem passado, Lula tem citado Dino como possível candidato a presidente da República, e faz questão de elogiá-lo e colocá-lo entre os nomes que poderão receber o apoio do ex-presidente.

Foi assim recentemente, em sua conta no twitter, e durante entrevista ao Programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora.

Lula alfineta Sarney e se diz pronto para ser cabo eleitoral de Flávio Dino

O ex-presidente Lula concedeu, nesta quinta-feira (21), entrevista ao Programa Ponto e Vírgula, transmitido pela Difusora FM e mais um conglomerado de emissoras de rádios do Maranhão inteiro.

Durante a entrevista, Lula fez duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro e de como ele vem conduzindo o país durante o período de pandemia.

Para Lula, falta respeito aos mais pobres da nação e o programa  de Auxílio Emergencial deve ser valorizado e estendido, para garantir ajuda aos desempregados e para quem vive na informalidade e teve sua renda reduzida ou paralisada em decorrência do novo coronavírus.

Ao falar do Maranhão, Lula deu uma espécie de alfinetada no também ex-presidente José Sarney. “Duvido que, na história da República, um presidente colocou mais dinheiro no Maranhão do que eu coloquei” desafiou Lula.

Já em sua conta no twitter, com mais de 1 milhão de seguidores, Lula elogiou Flávio Dino e diz que quer ser cabo eleitoral. “Eu já disse que não quero ser candidato outra vez, apesar de achar que vou viver até os 120 anos. O PT tem muita gente boa, tem o companheiro Fernando Haddad. O PCdoB tem o Flávio Dino. Eu quero ser cabo eleitoral.” Disse Lula.

É hoje: Bancada do Ponto e Vírgula entrevista o ex-presidente Lula

O Programa Ponto e Vírgula, comando pelos jornalistas Leandro Miranda, John Cutrim e Paulo Negrão, terá como grande destaque desta quinta-feira (21), a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Lula será entrevista, um dia após causar polêmica sobre uma opinião dada em relação ao surgimento do novo coronavírus. Considerada infeliz, o próprio ex-presidente se desculpou publicamente.

Também deverá ser perguntado sobre um crime considerado ainda um mistério, que aconteceu no prédio em que reside, entre um casal, que acabou deixando como resultado a morte de uma modelo e um delegado baleado.

Além dos temas recentes, o ex-presidente Lula será questionado sobre o potencial do governador Flávio Dino (PCdoB), que tem mantido duto posicionamento em relação ao “desmando” do presidente Jair Bolsonaro.

Com mais essa rodada de entrevista, que já teve o presidenciável Fernando Haddad, o Programa Ponto e Vírgula atinge outro patamar e entrevistar o atual presidente, Jair Bolsonaro é só uma questão de coragem, mas neste caso, para o futuro entrevistado.

Nova direção do PT maranhense é alinhada a Flávio Dino

Em reunião realizada com a executiva nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), na quinta-feira (12), lideranças da sigla no Maranhão finalmente definiram a composição da direção estadual e municipal do partido.

De acordo com a definição alinhada junto à presidente nacional do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann, o PT estadual será presidido por Augusto Lobato e Francimar Melo, com período de dois anos, cada.

Já o diretório municipal do PT em São Luís terá à frente o vereador Honorato Fernandes reconduzido ao cargo.

Tanto Lobato quanto Honorato são próximos ao governador Flávio Dino. Lobato inclusive é assessor especial do Governo do Estado. Com a confirmação de seus nomes, a tendência é que o partido decida, até junho, apoiar um candidato de preferência do governador, nesse caso, terá a preferência o deputado federal e secretário de cidades, Rubens Pereira Jr. (PCdoB)

Até porque PT e PcdoB caminham para rearticular a aliança nacional histórica entre as siglas, desta vez, no entanto com debate mais amplo sobre qual das duas siglas encabeçará a cabeça de chapa em 2022.

Imagem do dia: Lula e Flávio Dino juntos

A imagem tem uma curiosidade. No fundo, a frase completa o encontro dos dois. “Somos fortes”.

A imagem foi publicada pelo ex-presidente Lula (PT) e pelo governador Flávio Dino (PCdoB),  que segue com o nome cada vez mais fortalecimento para disputar uma eventual campanha para presidente da República, em 2022.

O ex-presidente postou. “Com o companheiro Flávio Dino, governador do Maranhão, na reunião do Comitê Nacional Lula Livre. Orgulho em contar com o apoio e solidariedade de um homem do Direito que, de quebra, teve a coragem de abandonar a toga pra fazer política.”

Já Dino, resumiu o registro da seguinte forma. “Em São Paulo, boa conversa com o presidente Lula sobre a defesa do Brasil, da Constituição e dos direitos sociais.”

O encontro mostrou que os dois estão cada vez mais próximos.

Em entrevista, Lula já considera o apoio do PT a candidatura de Flávio Dino a presidência

O governador Flávio Dino (PCdoB), voltou a ter seu nome colocado no centro das atenções, em uma eventual disputa ao cargo de presidente da República em 2022. Durante entrevista ao jornalista Juca Kfouri, o próprio Lula fez questão de exaltar as qualidades de Dino.

Perguntado se ele admitiria a possibilidade do PT apoiar Flávio Dino, o ex-presidente falou das qualidades e lealdade do maranhense. “Admito, como não? O PCdoB já me apoiou quatro vezes. Sabe, eu não vejo porquê. O problema, a dificuldade que se tem de responder uma pergunta dessas, e eu não tenho mais, é que se você tiver um jornalista em um jornal qualquer que vá assistir o programa, vai dizer: ‘Lula vai apoiar Flávio Dino’. Eu gosto do Flávio Dino, acho ele uma figura competente, um companheiro da maior lealdade comigo durante todos os meus processos, então, eu tenho por ele um apreço extraordinário. Agora veja, o PT é um partido muito grande comparado ao PCdoB“, disse Lula.

Ainda na entrevista, Lula falou da dificuldade de Dino ser candidato pelo PCdoB, sugerindo que o PT seria o caminho. “É difícil, o Flávio Dino sabe disso. É muito difícil você imaginar eleger alguém de esquerda sem o PT”.

Confira a entrevista completa

Todo mundo quer Flávio Dino em 2022

Nos primeiros dias do ano, que tem pela frente as eleições municipais, a imprensa nacional deu importância para outro fato, e confirmou que o governador Flávio Dino (PCdoB) vem sendo cotado para compor possíveis chapas em pelo menos duas alas.

Primeiro foi noticiado pelo jornalista Nobrat, um encontro do governador maranhense com o apresentador Luciano Huck, e especulado a composição de uma suposta chapa “centro”, entre o paulista e o maranhense.

Um dia depois, sentindo-se enciumado com o encontro entre Dino e Huck, o vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira, postou em suas redes sociais que Dino estará na chapa esquerdista em 2022, com Lula ou Haddad.

O presidente estadual do PCdoB no Maranhão, deputado federal Márcio Jerry, um dos poucos que tem carta branca para tratar do assunto no lugar do próprio Dino, usou as redes sociais para tratar a pauta em um patamar mais realista.

“2020 começa com o governador Flávio Dino no centro do debate nacional, o que comprova a relevância do governador maranhense no cenário sucessório de 22. Desde ontem especula-se sobre montagem de chapa Huck-Dino, como de outras vezes se especulou Lula-Dino; Haddad-Dino, Dino-Haddad… Ora, é claro que a essa altura da conjuntura, com eleições 2020 pelo meio, montagens de chapas majoritárias para presidência são apenas o que podem ser: exercícios especulatórios. Mas são especulações que apontam para os atores políticos de maior relevância para 22. As especulações comprovam inequivocamente que o governador Flávio Dino goza hoje do respeito de variadas forças políticas em todo o país. Reconhecimento do estadista que é, do político e gestor competente que é. Orgulho para nós maranhenses e também esperança para o Brasil. Viva !”.

O fato é que, com uma gestão em destaque nacional, todo mundo quer a imagem do ex-juiz federal associada, mas pelo perfil arrochado de Dino, ser vice de alguém continua sendo apenas o plano C.

Juiz determina saída de Lula imediatamente

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva e o autorizou a deixar a prisão.

Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

Os advogados pediram a soltura do petista depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

Uma multidão aguarda a saída do ex-presidente Lula na porta da sede da Policia Federal em Curitiba.

Com edição do G1

Lula deixará a prisão para acompanhar velório e enterro do neto

G1 – O Ministério Público Federal deu parecer favorável para a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ir ao funeral do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, que morreu nesta sexta-feira (1º) vítima de meningite meningocócica, em São Paulo. A informação foi confirmada pela Justiça Federal.

O Governo do Paraná informou que colocou o avião do estado à disposição da polícia para Lula se deslocar até o enterro.

De acordo com o governo, “a aeronave foi liberada a pedido da superintendência da Polícia Federal no Paraná”.

O processo da execução penal de Lula corre em sigilo desde que a defesa dele pediu para o ex-presidente ser liberado.

O pedido feito pela defesa citava o artigo 120 da Lei de Execução Penal, que diz que “os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto e os presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão”.

Na petição, a defesa de Lula se compromete “a não divulgar qualquer informação relativa ao trajeto que será realizado”.

O ex-presidente está preso em uma sala especial na Polícia Federal (PF) desde 7 de abril de 2018.