Prefeitura de Itapecuru-Mirim já entregou quase 5 mil equipamentos para estruturar a rede municipal de ensino

Desde que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017, o prefeito Dr. Miguel Lauand (PRB), tem dado prioridade para reestruturar as Escolas Municipais, que estavam completamente abandonadas pela gestão anterior.

No total, já foram entregues quase 5 mil equipamentos, entre mobília e eletrodomésticos.

Foram 100 conjuntos para professor (mesa e cadeira), 200 cadeiras plásticas sem braço, 3580 carteiras escolares tipo universitária, 272 conjuntos para alunos da Educação Infantil, 36 conjuntos trapézio infantil, 25 mesas e 100 cadeiras para educação infantil, 53 refrigeradores duplex frost free, 100 armários de aço, 50 estantes de aço, 100 quadros brancos, 210 ventiladores industriais de parede, 22 fogões industriais, 15 bebedouros industriais, 28 freezers, 1 ilha de conservação de alimentos e 20 filtros de água.

A prefeitura segue investindo na educação do município.

Em Itapecuru-Mirim, 8 mil alunos são beneficiados com ações do programa Saúde na Escola.

Os estudantes da rede municipal de ensino do município de Itapecuru-Mirim estão sendo beneficiado pelo Programa Saúde na Escola, que está sendo executado em parceria entre as Secretarias de Educação e Saúde do município.

No total, 28 escolas compactuadas nas zonas urbana e rural de Itapecuru-Mirim recebem ações propostas pelo Ministério da Saúde e executas na gestão municipal do prefeito Dr. Miguel Lauand (PRB)

Combate ao mosquito Aedes Aegypti; atividades físicas; prevenção ao uso de álcool, drogas e tabaco; prevenção de violência e acidentes; identificação de educandos com possíveis sinais de agravo de doenças; promoção e avaliação de saúde bucal; verificação de situação vacinal; promoção de segurança alimentar e nutricional, e prevenção da obesidade; promoção da saúde auditiva; prevenção de doenças sexualmente transmissíveis; e promoção de saúde ocular, são algumas das ações que tem melhorado a qualidade de vida dos alunos da rede municipal de ensino.

Mais de 8 mil estudantes serão beneficiados com o programa, que também distribui repelentes, kits de saúde bucal, informativos e ministra palestras educativas.