Chico Carvalho denuncia perseguição do Executivo

O vereador Chico Carvalho  (Solidariedade) resolveu abrir a boca e denunciou uma suposta perseguição que vem sofrendo do Executivo, que tem no comando o prefeito Eduardo Braide. Para Chico Carvalho, quem não reza a cartilha do prefeito sofre as conseguencias.

“Quem não reza a cartilha do Prefeito está sofrendo perseguições por parte de uma pessoa por nome de Flaviomar, da Secretaria de Saúde do Município. Inclusive já apresentei um requerimento convocando-o para prestar esclarecimentos sobre essas perseguições com as pessoas que trabalham realmente”, disse o parlamentar, acrescentando que o mesmo acontece com o subprefeito da Zona Rural, que estaria promovendo uma verdadeira “caça às bruxas” a quem não se submete às vontades do Prefeito de São Luís.

Chico Carvalho lembrou que tem em seu currículo oito mandatos como vereador e que chegou aonde está sem apadrinhamento político e hoje se vê perseguido pela atual administração. “Hoje mesmo chegou ao meu conhecimento que foi exonerada uma outra enfermeira que prestava serviço no Posto Médico da Vila Itamar, porque tem ligação com a ex-diretora de lá, que tinha sido indicada por mim há muitos anos. E tem uma pessoa lá que vive perseguindo quem tem ligação com o vereador Chico Carvalho, demitindo-os e prejudicando esses pais de família”, informou.

De acordo com o vereador, há casos em que as pessoas que não receberam seus salários, mesmo comprovando que trabalharam, por meio das folhas de pontos assinadas e com a declaração dos seus superiores de que executaram suas funções nas escolas e postos médicos e, ainda assim, estão há três meses sem seus pagamentos.

“É inadmissível colocarmos os nossos nomes à disposição da população, para de quatro em quatro anos estarmos sendo avaliados pelas comunidades de nossa cidade e pessoas que não tiveram um voto sequer, ter o mesmo direito que a gente tem”. Ele deu o exemplo do bairro de Francisco Lima, onde atua politicamente: “Peço aqui o asfaltamento das ruas do bairro e esses requerimentos são atirados no lixo. É um dever do vereador pedir benfeitorias para os bairros, mas aí chega o subprefeito e diz que ele vai asfaltar as ruas”, lamentou, acrescentando que se continuar desta forma, é melhor entregar as chaves da Câmara para o prefeito.

O vereador finalizou dizendo que é preciso que o Poder Legislativo chame a atenção do Poder Executivo Municipal, para que mantenha comportamento adequado no que diz respeito a Legislação, que determina a independência entre os poderes, mas que estes se respeitem.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *