Áudio: Ordem de Duarte era para adesivar todos os carros dos funcionários do Procon

A situação do deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) fica cada vez mais complicada. Agora, em novo áudio vazado, o ex-presidente do Órgão de Defesa do Consumidor não deixa dúvidas de como usou a estrutura do Procon para sua campanha, à época, comandando por sua namorada, a advogada Karen Barros.

Autoritário, o então candidato não pergunta quem tem interesse em adesivar voluntariamente, pelo contrário, dá ordens para saber quem tá Procon que ele mandará uma pessoa adesivar os carros, obrigando os servidores comissionados a fazer campanha.

“Eu peço que vocês verifiquem agora quem tá aí, para eu mandar alguém adesivar o carro de vocês, aí na rua de trás do Procon. Contabiliza quantos carros tem de funcionários aí que eu vou mandar o adesivo no limite correto. São adesivos novos, com excelente qualidade, então até quem adesivou ontem a gente vai trocar, tá? Mas conta aí urgente, por favor.” Diz o ex-presidente do Procon.

Desde segunda-feira (17), supostos diálogos e áudios que podem comprovar o uso do Procon na campanha de Duarte Júnior em 2018 começaram a vazar em grupos de app de mensagens O caso, que já está sendo chamado de Procon Jato, em alusão aos vazamentos de mensagens e áudios da Operação Lava Jato pelo site The Intercept Brasil, explica porque o Ministério Público Eleitoral tornou Duarte e Karen réus em ação que pede a cassação do mandato de deputado e a inelegibilidade dos dois por até oito anos.

O seu endereço de e-mail não será publicado.