Detinha não transfere intenção de votos para Duarte, é o que aponta pesquisa Ibope

Uma comparação entre a pesquisa Ibope divulgada no início de agosto e o resultado da nova pesquisa do Instituto divulgado nesta segunda-feira (21), revela um dado curioso e decepcionante para Duarte e Josimar.

Mesmo com toda a estrutura audaciosa do depurado Josimar de Maranhãozinho (PL), que retirou a esposa Detinha da pré-campanha e fechou com Duarte Júnior (Republicanos), indicando a sobrinha como vice-prefeita, o resultado ainda não foi o esperado.

De acordo com o mais recente levantamento, Duarte cresceu apenas 1% em relação a pesquisa feita no início de agosto.

Se considerarmos a intenção de votos de Wellington do Curso, que em agosto representava o terceiro  lugar com 9%, e que teoricamente ficou solto, uma vez que WC ainda não anunciou apoio em São Luís, e os 2% da esposa de Josimar, o crescimento de Duarte foi uma decepção.

Agora, é esperar o inicio da campanha eleitoral, que começará no domingo (27), para ver o potencial de crescimento do ex-presidente do Procon, com a mídia liberada.

Confira os dados completos da pesquisa Ibope de agosto aqui, e a de setembro aqui.

Ibope mostra mais do mesmo em São Luís

Contratada pela Jakarta Publicidade, empresa responsável pelas lives da pré-candidata Detinha (PL), e divulgada no programa Questão de Ordem, do ex- pré-candidato a vereador pelo PL, Marcelo Minard, o levantamento do Ibope, de novo, só trouxe a demora em cinco dias para revelação de uma espécie de “mais do mesmo”, acompanhando a tendência dos últimos levantamentos feitos em São Luís.

De acordo com os números revelados, Braide segue líder com 39%.

No segundo pelotão, obedecendo a margem de erro de 4 pontos para cima ou para baixo, mais uma vez Duarte Júnior, Wellington do Curso e Neto Evangelista se embolam na disputa e aparecem  empatados tecnicamente com 13%, 9% e 8% respectivamente.

Considerado o terceiro pelotão, aparecem bem atrás, Bira do Pindaré (PSB) com 5%, seguido por Adriano Sarney (3%); Detinha (2%); Jeisael Marx (2%); Rubens Júnior (1%); Carlos Madeira (1%); e Yglésio Moyses (1%). Os demais pré-candidatos não chegaram a 1%. 9% brancos e nulos e 6% não souberam ou não responderam.

Foram ouvidos 602 eleitores no período compreendido entre os dias 30 de julho a 05 deste mês. A pesquisa tem nível de confiança de 95% e está registrada na Justiça Eleitoral com o número MA-05532/2020.

Assim como a compilação do álbum Mais do Mesmo, da Legião Urbana, os números do Ibope não trouxeram grandes novidades.

Aliás, de novo, só o valor pago pela pesquisa. Mais de R$ 60 mil reais.

E tome Instituto

Após a revelação dos números da pesquisa Data Ilha em janeiro, Prever em junho, Data Ilha e JP em julho, Data M e Ibope em agosto, o próximo levantamento é do novato Emet, que além de Instituto de Pesquisa, atua com venda de armas, limpa fossa, venda de imóveis e mais umas duas dúzias de atividades para todos os gostos.

Segundo o site do TSE, o Emet deve divulgar o resultado da sua pesquisa  na sexta-feira (14).

Eleições 2020: Janderson Landim ressurge e contrata Ibope por R$ 60 mil para medir intenção de votos em São Luís

O polêmico e controverso empresário Janderson Landim (Saiba o motivo aqui, aqui, aqui, aqui e aqui), sócio da Jakarta Publicidade LTDA, é, segundo o site do TSE, o responsável pela contratação da primeira pesquisa Ibope em São Luís para medir a intenção de votos na corrida pela prefeitura. Ao custo de R$ 60,2 mil reais, serão entrevistados 602 eleitores, o que dá uma média de R$ 1 mil reais por entrevistado.

O valor impressionante é maior do que a soma de todos os valores pagos em todas as pesquisas registradas em São Luís em 2020. Para se ter uma ideia, a pesquisa mais barata foi realizada pela Data Ilha e custou apenas R$ 4 mil reais. Já a Data M, entrevistou 1000 entrevistados, por R$ 15 mil reais; o Grupo JP, 1000 entrevistados por R$ 15 mil reais; Data Ilha, 1014 entrevistados por R$ 9 mil reais; Prever Pesquisas, 1006 entrevistados por R$ 8 mil reais; Data Ilha, 980 entrevistados por R$ 4 mil reais.

Iniciada nesta quinta-feira (30), a pesquisa coleta de dados deve terminar no dia 05 de agosto, mesma data em que será possível divulgar o resultado do levantamento.

O blog Maramais fez uma analise do questionário que será aplicado, e pela experiência, tudo indica que a Pesquisa foi um pedido do deputado Josimar de Maranhãozinho (PL). Sua esposa, a pré-candidata Detinha (PL), que foi excluída de pelo menos duas pesquisas e apareceu timidamente em outra, é inserida em quase todos os cenários do levantamento feito pelo Ibope, inclusive em um eventual segundo turno.

O próprio Josimar afirmou, em evento realizado no último dia 28, no bairro do Monte Castelo, que contrataria um Instituto nacional para medir o peso de sua esposa.

Pelo visto, promessa cumprida…