Eleição da Famem marca primeiro embate entre governistas

Do Glaucio Ericeira – Agendada para acontecer no dia 30 deste mês, a eleição para o comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), biênio 2019/20, se configura como o primeiro embate político entre aliados do governador Flávio Dino (PC do B).

A reeleição de Dino, em outubro, sepultou, de vez, o grupo Sarney e o que ainda restava da oposição no estado, situação que, de forma mais do que natural, aponta para que disputas internas dentro do grupo governista se tornem uma constante.

E a eleição para presidência da entidade municipalista é o primeiro fato concreto do ano.

Os prefeitos Cleomar Tema (DEM) e Erlânio Xavier (PDT), das cidades de Tuntum e Igarapé Grande, respectivamente, são os únicos candidatos, cujos nomes estão postos na mesa.

Ambos são apoiadores de Dino, mas se movimentam fortemente no sentido de obter a vitória.

Tema conta com o apoio do vice-governador Carlos Brandão (PRB), que está exercendo temporariamente o cargo de governador em exercício.

Neste último fim de semana, Brandão foi até Tuntum inaugurar obras e deixar clara a sua preferência pelo democrata.

No entanto, Erlânio Xavier conta com a adesão de gestores de peso que, inclusive, integram a atual diretoria da Casa, como são os casos de Juran Carvalho (Presidente Dutra), Erick Costa (Barra do Corda) e Luciano Genésio (Pinheiro), por exemplo.

Paralelo a isso, Xavier possui o apoio do senador eleito Weverton Rocha (PDT), que obteve votação superior a de Flávio Dino e que, hoje, figura como uma das principais lideranças do grupo governista.

Consenso – Flávio Dino vem sustentando o tom de conciliação e não está se envolvendo diretamente na peleja, uma vez que trata-se de dois gestores aliados.

O governador prega o consenso, assim como alguns de seus aliados.

Glaucio Ericeira será o novo Diretor de Comunicação da Câmara de São Luís.

O presidente eleito, vereador Osmar Filho (PDT), começou muito bem, e a primeira mudança, comemorada entre jornalistas e profissionais da imprensa da capital, foi o anuncio do nome de Glaucio Ericeira para assumir a Direção de Comunicação do Parlamento Municipal.

Excelente profissional, com um curriculum invejável, o jornalista Glaucio Ericeira tem como característica marcante a simplicidade e a ótima relação com os profissionais da imprensa maranhense.

Chamado carinhosamente pelos amigos de “professor”, Glaucio Ericeira formou-se na UFMA, atuou como repórter no Jornal Pequeno e como repórter e editor no Jornal O Imparcial. Foi assessor de comunicação das prefeituras de Paço do Lumiar, São José de Ribamar e do Tribunal de Contas do Estado. Teve passagem pela Assembleia Legislativa e recentemente passou a compor a equipe da Difusora FM.

Há dois anos, passou a escrever diariamente em seu blog, onde pauta diariamente veículos de todo o Estado.

Com a chegada de Glaucio na Direção de Comunicação da Câmara de São Luís, o setor mudará da água pro vinho, é o que comemora a imprensa da capital.

Duarte Jr. leva “catracada de alto nível” ao tentar atacar José Sarney

Quando o assunto é fazer campanha eleitoral antecipada, utilizando a máquina governamental para tal fim, o presidente do Viva e do Procon do Maranhão, Duarte Júnior, é um craque.

Mas como se diz no popular, o jovem advogado, que é pré-candidato a deputado estadual pelo PC do B, “acabou entrando errado” e “pegou em fio pelado”.

Ontem, durante palestra na Faculdade do Estado do Maranhão (FACEM), em São Luís, Duarte Júnior desviou do objetivo para o qual foi convidado, que era proferir palestra sobre o Código de Defesa do Consumidor, e resolveu fazer política para uma plateia formada por acadêmicos do Curso de Direito.

O auxiliar do governador Flávio Dino (PC do B), para agradar o chefe, teceu comentários nada elogiosos contra o ex-presidente José Sarney (MDB), que recentemente transferiu o seu domicilio eleitoral do Amapá para o Maranhão, chegando a compará-lo ao bruxo Lord Voldemort, personagem do filme Harry Potter.

Foi o bastante para o acadêmico Lucas Marques pedir a palavra e soltar uma reprimenda contra o ex-palhaço Shoktox, personagem que Duarte encarnava no programa Bianca e Companhia, que era exibido na TV Maranhense na década de 90.

“No início do teu discurso, tu fizestes uma comparação de Sarney com um bruxo, do filme de Harry Potter. Eu acho desnecessário. Eu conheço um provérbio chinês, que eu carrego comigo, que diz o seguinte: as pessoas comuns, falam de coisas. As pessoas, os sábios, falam de ideias. E as pessoas medíocres falam de pessoas”, disse Marques.

Bem que Duarte Júnior poderia dormir sem esta…

Assista ao vídeo no blog do Glaucio Ericeira., continue….

Em família: Prefeitos de Santa Rita, Bacabeira e Pastos Bons descumprem Lei da Transparência

Glaucio Ericeira – Família unida, permanece unida em qualquer situação. Nem que o assunto em questão seja o descumprimento das leis que norteiam a administração pública.

A família Gonçalo, por exemplo, vive este drama.

Os prefeitos Hilton Gonçalo (PC do B), de Santa Rita; Fernanda Gonçalo (PMN), de Bacabeira; e Iriane Gonçalo (SD), de Pastos Bons; integram um grupo, formado por outros 153 gestores públicos municipais, que, de acordo com nova avaliação feita pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), não cumpre a Lei Complementar nº 131/09, que estabelece a obrigatoriedade da divulgação nos seus respectivos Portais da Transparência das receitas e despesas dos municípios.

Auto intitulando-se como pré-candidato a algum cargo majoritário em 2018, Hilton Gonçalo governa Santa Rita pela terceira vez.

Na vizinha cidade de Bacabeira, conseguiu eleger, ano passado, a esposa, Fernanda Gonçalo. Os dois municípios integram a chamada nova região metropolitana de São Luís.

Já em Pastos Bons, na região central do Maranhão, a irmã de Gonçalo, Iriane, foi reeleita para seu segundo mandato.

De acordo com a recente avaliação da Corte de Contas, divulgada no mês passado, as prefeituras comandadas pelo trio estão irregulares e impedidas de celebrar convênios com os governos federal e estadual enquanto não sanarem as pendências detectadas em seus respectivos Portais.

Em Santa Rita e Bacabeira, cidades administradas pelo casal, as irregularidades apontadas pelo TCE referem-se a falta de tempestividade na publicação das informações sobre receitas e despesas.

Em Pastos Bons, as irregularidades verificadas são as seguintes: falta de tempestividade; não compatibilidade entre os dados da execução orçamentária disponibilizados no Portal da Transparência e os Relatórios da Gestão Fiscal (RREO e RGF) encaminhados ao FINGER (Art. 5º, OS/UTCEX nº 001/2016); não disponibilização dos instrumentos de planejamento (PPA, LDO e LOA) e dos relatórios de gestão fiscal (RREO e RGF)?

O editor do blog manteve contato, via e-mail, com as três prefeituras no sentido de obter um posicionamento acerca do assunto.

E aguarda resposta.

Para verificar o levantamento do Tribunal clique Aqui