Mudança de presidente que teria garantido apoio do PSL à Duarte nunca aconteceu

Segundo dados oficiais do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, o PSL Municipal de São Luís não teve nenhuma mudança em seu diretório desde janeiro.

A informação oficial do Tribunal, desmente matéria publicada no site oficial do pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior (Republicanos), que citava Lorena Macedo como presidente do diretório municipal do partido em São Luís e que foi amplamente divulgado pela mídia local.

De acordo com o TSE, Fábio Carvalho segue sendo o presidente, e a esposa do deputado Fábio Macedo (Republicanos), nunca este na composição do diretório municipal.

Eleições 2020: Apenas Prever e Data Ilha registraram pesquisas em São Luís

Bastou o Instituto Exata divulgar, na manhã deste domingo (05), dados de uma levantamento para avaliar a gestão do governador Flávio Dino (PCdoB) em São Luís e Imperatriz, para os ânimos se exaltarem nos bastidores da política local.

Diferente da intenção de alguns veículos de imprensa em tentar associar os número da pesquisa Prever divulgada neste sábado (04), que apontou que mais da metade dos ludovicenses não sabem ou não quiseram responder em quem pretende votar, com os números da Exata, através da avaliação do Governo do Estado, para tentar autenticar o resultado que interessa em algum cenário feito pela Prever, as duas pesquisas tiveram objetivos distintos.

A Prever, com fins eleitorais, foi devidamente registrada no TSE – Tribunal Superior Eleitoral, e mediu, além dos números pela corrida pré-eleitoral, a avalição das gestões do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, do governador Flávio Dino e do presidente Jair Bolsonaro.

Já a Exata, como outras pesquisas, avaliou apenas o desempenho do governador durante o momento de pandemia. Como a pesquisa não faz nenhuma referência ao pleito eleitoral, não há necessidade de registro junto ao TSE.

O resto, é como a história do Vampeta e o Flamengo..

Vídeo: Presidente do PL de São Luís revela intenção eleitoreira durante ação que distribuiu vale-compras

Um vídeo postado pela própria deputada estadual Detinha, pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PL, poderia ter passado despercebido, se não fosse um comentário do vereador Aldir Júnior, presidente municipal da legenda, com o deputado Josimar de Maranhãozinho, presidente estadual do PL.

Durante edição neste final de semana na Vila Esperança, zona rural de São Luís, que distribuiu mais de R$ 40 mil reais em vale-compras do projeto Tenha Coração, Aldir, Josimar e Detinha estiveram presentes e prestigiaram o encerramento do projeto que contemplou mais de 5 mil famílias na capital, distribuindo ao todo, cerca de R$ 400 mil reais em vale-compras no valor de R$ 70, cada.

Durante o ato, Aldir garantiu a Josimar que a ordem é a equipe estar em campo captando lideranças e que em cada ida aos bairros, foram cerca de 30, pelo menos cinco ou seis são conquistadas.

“Toda vez que a gente vai num bairro, a gente arruma “cinco, seis” lideranças. A ordem que eu dei para eles, foi.. (inaudível), …daqui para o final da eleição, vamos vencer.” Disse o presidente em municipal do PL.

Se em cada ação de distribuição de vale-compras, o plano de Aldir tiver sido colocado em prática, as 30 ações  podem ter gerado a captação de pelo menos 180 apoiadores para o seu projeto.

Duarte fez exames antes da ação no ônibus, diz assessoria

Em contato com o blog, a assessoria de comunicação do deputado Duarte Júnior informou o parlamentar fez o exame para saber de estava contaminado por Covid-19 antes de realizar uma ação dentro de um ônibus da linha BR-135.

Em sua conta no twiter, no sábado (20), o deputado completou. “Sou transparente e não escondo os resultados dos meus exames. No dia 16 de junho, às 20h54, recebi o resultado negativo (não reagente) para covid-19. Ou seja, nunca fui contaminado. Em respeito à saúde e à vida das pessoas, fiz o teste antes de qualquer ação externa”, garantiu Duarte.

A postagem foi uma espécie de resposta a reportagem “Duarte paga exame particular para ter certeza que pegou coronavírus no passeio do busão”, publicada no dia 20 pelo blog.

Em respeito ao bom jornalismo, consignamos o espaço ao jovem parlamentar.

Duarte paga exame particular para ter certeza que não pegou coronavírus no passeio do busão

Após enfrentar um curto passeio de busão lotado e garantir fotos e vídeo para suas redes sociais, o deputado Duarte Júnior (Republicanos), fez o que a maioria dos ludovicenses não pode fazer, e desembolsou algo em torno de R$ 300 para realizar um exame particular e ter certeza que não foi contaminado por nenhum passageiro durante o trajeto que serviu como set de gravação de cenas amplamente divulgada pelo parlamentar.

O blog obteve acesso a um exame do laboratório Cedro, com data de coleta do dia 16 de junho, às 08:21h, logo após a gravação do vídeo no ônibus da linha BR135.

Durante o trajeto, é possível notar que as pessoas olham espantadas com a presença de Duarte, que não tem costume de usar o transporte público mais popular da capital.

Nas redes sociais, o deputado foi acusado de oportunismo e de estar usando a imagem do povo para beneficio próprio. “Duarte, isso parece uma brincadeira da sua parte. Pegar uma vez é fácil, pois tá pegando só para filmar e fazer mídia visando a eleição, mas na realidade não queria nem tá fazendo e muito menos subindo em ônibus. Quem passa por isso todo dia tem nojo de político que entra em ônibus para explorar a imagem do povo. Brincar de ser povão é fácil, quando você quer, desce e entra em seu carro de luxo! Aff.” Criticou um internauta.

Agora, imagina o trabalhador que precisa pegar ônibus todo dia, se fosse direto para um laboratório fazer exame sempre que usasse o transporte público, quanto teria que desembolsar no final do mês ?

Raimundo Penha dá “varada” em Duarte Júnior

O vereador Raimundo Penha, presidente municipal do PDT, usou as redes sociais para dar aquilo que o ludovicense raiz chamaria de verdadeira “varada” no deputado Duarte Júnior (Republicanos).

Ao tomar conhecimento de que Duarte tentava, em suas redes sociais, passar a ideia de que a Lei que proíbe o corte de água e luz em fins de semana e vésperas de feriado, era de sua própria autoria, Penha mostrou porque é respeitado no meio político.

“Duarte, quando for divulgar a aprovação da Lei que proíbe o corte de água e luz em fins de semana e vésperas de feriado, não esqueça de citar que o Senador Weverton Rocha é o autor da medida. Diga também que ela é uma lei nacional que vale para todo o Brasil.” Disparou Penha.

Sabendo da real intenção de Duarte, Penha segue sem dó. “Quando estas informações são omitidas, pode parecer que o colega quer se promover, e não divulgar uma conquista que, por sinal, é muito importante”, disse, acertando em cheio.

O parlamentar ludovicense, que conhece muito bem a realidade dos bairros de São Luís, segue insistindo em tentar ensinar um pouco para Duarte, na esperança de que o ex-presidente do Procon, que já se envolveu em diversos atritos com outros políticos, corrija a infeliz tentativa de se promover com o projeto do senador Weverton, presidente estadual do PDT. “Duarte, ainda há tempo para corrigir a informação e reconhecer que essa é uma luta coletiva.” Finalizou.

MPE vai investigar se houve crime eleitoral em ação de distribuição de mais de R$ 400 mil reais, fruto de live

O Procurador Regional Eleitoral no Maranhão, Juraci Guimarães Júnior, apresentou pedido às Promotorias Eleitorais do município de São Luís, com atribuição perante a 2ª, 76ª e 89ª zonas eleitorais, para que sejam apuradas possíveis práticas de condutas abusivas do poder político e/ou econômico envolvendo a deputada estadual Detinha, que também figura como pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PL.

O blog revelou no final de semana, que a ação do bloco Vem BB, que contou com as presenças de Detinha e Josimar, distribuiu milhares de vale compra no valor de R$ 70,00, fruto de uma live do cantor Tom Cleber que arrecadou mais de R$ 400 mil reais.

De acordo com o próprio Instituto, que não economizou nos elogios para a deputada estadual, serão distribuídos mais de 5 mil vales em aproximadamente 30 bairros de São Luís.

Eleições 2020: Ação apoiada por Detinha distribui milhares de vale-compras de R$ 70,00

Uma ação social promovida pelo bloco Vem BB, movimentou, na manhã deste sábado (13), os bastidores da política no bairro Cohatrac, em São Luís, onde fica a sede da ong presidida por Leandro Sávio Moreira Nunes e que mantém vínculo estreito com o casal Josimar e Detinha, que também estiveram no local.

De acordo com informações publicadas nas redes sociais do Bloco Vem BB, as ações de distribuição de “dinheiro” acontecerão em aproximadamente 30 bairros de São Luís e beneficiarão mais de 5 mil famílias.

A distribuição de vale-compras no valor de R$ 70,00, para milhares de famílias, é fruto de uma live que arrecadou R$ 400 mil reais e teve entre os principais doadores, o vereador Aldir Júnior, o deputado Josimar de Maranhãozinho e empresas com contratos milionários no município de Zé Doca, administrado pela prefeita Josinha, cunhada de Detinha.

Entre as empresas, estão a Hidraele e Projex, que já faturaram milhões na gestão de Josinha, e o escritório Contabiliza, com contratos de quase meio milhão por ano para assessoria contábil.

O elo entre o Instituto e empresas com contratos na gestão da irmã de Josimar não é novidade. Ano passado, a ong recebeu uma doação de R$ 60 mil reais feita pela Águia Farma Distribuidora de Medicamentos LTDA, que também mantém contrato em Zé Doca.

Nas redes sociais do instituto, não faltam elogios para a pré-candidata a prefeita de São Luís.

Batizada de “Tenha Coração”, a ação social, que resultou em grande aglomeração, faz lembrar Detinha com o coração azul e seu slogan, “A força do Coração”.

Rubens Jr lança movimento Diálogos por São Luís nesta segunda-feira

Apostando no debate democrático como ferramenta para construir o futuro, o deputado federal licenciado, ex-secretário da Secretaria de Cidades e pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr (PCdoB), lança, nesta segunda-feira (15), o movimento Diálogos por São Luís. A transmissão do evento acontecerá nas redes sociais do parlamentar.

“Nós estamos criando o Diálogos por São Luís para debater diversos temas importantes e encontrar novas soluções para velhos problemas. Este movimento só pode acontecer de forma participativa”. Por conta da pandemia da Covid-19, os encontros serão virtuais e terão dinâmicas que garantam a participação coletiva.

Conforme explicou Rubens, o movimento Diálogos pelo Maranhão foi criado pelo governador Flavio Dino (PCdoB) no período da pré-campanha de 2014. Objetivo era debater o estado, montar um plano de governo, e depois, executá-lo com excelência. “É exatamente isso que queremos fazer por São Luís”, finalizou.

O evento acontece a partir das 19h, com transmissão nas redes sociais do pré-candidato: https://linktr.ee/rubensjr.

Polícia Federal vasculha contratos da Secretaria de Saúde de São Luís

A operação Cobiça Fatal, deflagrada pela Polícia Federal com apoio da CGU, na manhã desta terça-feira (06), em endereços de São Luís e de São José de Ribamar, teve como finalidade a desarticulação de suposta associação criminosa voltada para fraudar licitações e possíveis desvios de recursos públicos federais que seriam usados no enfrentamento do novo coronavírus em São Luís.

Com mais de 60 policiais federais envolvidos na operação, 3 mandados de prisão temporária foram cumpridos contra empresários envolvidos no suposto esquema e outros 14 mandados de busca e apreensão atingiram, entre outros endereços, o da Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, comandada pelo secretário Lula Fylho.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Federal, foram realizados o sequestro de bens e bloqueio de bens no valor de R$ 2,3 milhões de reais, atendendo ordens judiciais expedidas pelo juiz da 1ª Vara Federal de São Luís.

Durante a investigação, foram verificados indícios de superfaturamento na compra de 320 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís – SEMUS, no valor unitário de R$ 9,90. Considerando que o preço médio praticado no mercado nacional é de R$ 3,17, há indícios de um superfaturamento aproximado de R$ 2,3 milhões.

Também foram analisados documentos que demostram que, poucos dias antes do processo de dispensa de licitação, a Prefeitura de São Luís, por meio da própria SEMUS, havia contratado o fornecimento de máscaras do mesmo modelo junto a outra empresa pelo de R$ 2,90, a unidade, totalizando a quantia de R$ 980 mil, perfazendo a diferença de mais de 341% .

Investiga-se, ainda, possíveis fraudes em processos licitatórios dessas empresas revendedoras de insumos hospitalares superfaturados, nos municípios de Timbiras e Matinha. Sabe-se também que a principal empresa investigada também já teria formalizado contratos, após dispensa de licitação, para fornecer insumos para o combate ao COVID-19 com os municípios de Icatu, Cajapió e outras prefeituras do interior do Estado.

A Secretaria de Saúde de São Luís emitiu nota sobre a operação

Sobre a operação da Polícia Federal, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) esclarece:

1o Em todos os contratos executados pela pasta, os critérios de transparência, seriedade e publicidade são norteadores, garantindo, desta forma, a lisura e a boa prática no trato dos itens públicos;

2o Quanto à peça que motivou a operação desta manhã, a Semus confirma a compra com a empresa citada no devido processo de apuração e ressalva que a relação de contratação atendeu aos critérios legais, entre os quais, o menor preço proposto pelo mercado na ocasião da compra;

3o A Semus reforça que consulta banco de preços para assegurar-se que os valores da compra estão condizentes com os praticados no mercado;

4o Por fim, a Semus reitera que, durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (9), na sede da pasta, disponibilizou todos os documentos solicitados pelo órgão e se mantém a disposição para todos os esclarecimentos que se fizerem necessários. E, ainda, que confia na seriedade da Polícia Federal na condução da investigação.