Eliziane Gama anunciará nome do Cidadania que disputará a prefeitura de São Luís

O Cidadania (antigo PPS), partido da senadora Eliziane Gama deve entrar na disputa pela prefeitura de São Luís. A articulação está sendo feita pela própria senadora, que apostará em um nome novo e deve esquentar a corrida eleitoral.

A intenção  é ter um candidato que represente o eleitorado evangélico, onde a senadora Eliziane sempre teve sua maior força.

Com mais de 227 mil votos só em São Luís na eleição de 2018, Eliziane Gama será fundamental para impulsionar o pré-candidato, que deve ser anunciado nos próximos dias, e chegará com expectativa de ultrapassar a marca dos dois dígitos até as convenções.

A estratégia do Cidadania completará o leque de candidatos da base do governador Flávio Dino (PCdoB) que deve levar a disputa para o segundo turno, o que para o senador Roberto Rocha (PSDB), dará a vitória para o grupo de Dino.

Rubens Júnior prevê força de Edivaldo no próximo pleito estadual

Para Rubens Júnior (PCdoB), o atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que não disputará a eleição deste ano por já estar em seu segundo mandato, será um importante nome no pleito de 2022, quando a população escolherá os próximos deputados estaduais, federais, senador, governador e presidente da República. A declaração foi feita durante entrevista que o deputado federal licenciado e atual secretário das Cidades concedeu ao programa Resenha, da TV Difusora, no último sábado (18).

Na entrevista, diversas pautas foram tratadas, entre elas o cenário político de São Luís e sua pré-candidatura a prefeito pelo PCdoB. Em certo momento, ao ser instigado a falar sobre composição partidária visando a eleição, Rubens Junior destacou que PCdoB ainda não é o maior partido de São Luís, ficando atrás do PDT, hoje capitaneado pelo prefeito Edivaldo.

“O prefeito tem como marca a honestidade, a integridade, a responsabilidade. Brasil a fora com várias denúncias de governos que atrasaram salários, atrasaram fornecedores, em São Luís há certa regularidade, fruto da dedicação de Edivaldo”, pontuou Rubens Júnior.

Ainda segundo a análise do pré-candidato comunista, o prefeito de São Luís, que encerra seu mandato neste ano, pode vir forte em 2022. “Um prefeito, que provavelmente, elegerá seu sucessor, sai com bons índices de aprovação, e será um player importante em 2022”, frisou Rubens Junior.

Leia também: A lealdade de Rubens Júnior e a rebeldia de Duarte.

 

Penha quer que escolas de São Luís divulguem com antecedência lista de material didático

Raimundo Penha (PDT)

A Câmara Municipal de São Luís aprovou ano passado, em primeiro turno, projeto de lei, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), que obriga escolas privadas e comunitárias da capital maranhense a divulgarem anualmente, e com antecedência, lista de material didático, paradidático e pedagógico.

A iniciativa do pedetista atende uma reivindicação feita pela classe estudantil e por pais de alunos.

“Muitas famílias se veem em situação complexa no período de fim de ano e início do ano letivo, quando as despesas sofrem aumento considerável, inclusive devido à necessidade da compra do material escolar. A Lei que estamos propondo visa evitar que os estudantes e seus pais sejam surpreendidos com os valores dos materiais, de modo que possam tomar conhecimento antecipado da quantia que terão que dispensar; e para que possam tomar decisões pertinentes e organizar seus orçamentos, tendo tempo para fazer as pesquisas de mercado necessárias”, justificou Penha.

De acordo com a proposta, as instituições de ensino deverão divulgar a lista de material até o dia 01 de dezembro do ano anterior ao ano letivo seguinte.

A listagem deverá estar disponível nas escolas ou em seus sites na Internet.

Caso haja descumprimento, estas instituições estarão sujeitas à penalidades contidas no Código de Defesa do Consumidor.

O referido projeto de lei deverá ser apreciado em segunda votação a partir de fevereiro, quando a CMSL retomará suas atividades legislativas.

O novo Mercado do São Francisco e o reconhecimento da luta de Osmar Filho

O São Francisco, um dos bairros mais tradicionais e antigos de São Luís, com 404 anos de fundação, está em festa.

A Prefeitura, através do programa São Luís em Obras, deu início ao trabalho de construção do novo Mercado da localidade.

O serviço atende a uma reivindicação antiga dos moradores e comerciantes e também se constitui em um merecido reconhecimento ao vereador Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal e que durante anos – como político, cidadão e morador – lutou para que a tão sonhada obra se transformasse em realidade.

“Agradeço o apoio e sensibilidade do prefeito Edivaldo em ter atendido nosso pleito. O novo Mercado oferecerá aos comerciantes ótimas condições de trabalho e também contribuirá para aquecer a economia do São Francisco, importante bairro da nossa capital”, comentou o parlamentar.

Osmar reuniu-se por diversas vezes com os feirantes, tendo visitado o espaço em várias oportunidades.

Ano passado, por exemplo, em visita à sede da Prefeitura, ele acompanhou representantes da Associação dos Feirantes que, além de terem acesso ao projeto arquitetônico do novo espaço público, receberam do prefeito Edivaldo a garantia da execução dos serviços.

“Trata-se da realização de um sonho que, graças ao prefeito Edivaldo e ao vereador Osmar Filho, se tornará realidade”, disse, à época, o feirante José Humberto.

Orçada em pouco mais de R$ 3,4 milhões, a obra está sendo executada com recursos próprios do município e tem prazo de duração de doze meses.

O equipamento público ganhará novo sistema hidráulico, boxes padronizados, iluminação moderna, sistema de câmara de vídeo, área de estacionamento, sistema de drenagem, dentre outras benfeitorias. Além disso, toda a sua área terá acessos para pessoas com mobilidade reduzida.

Vale destacar que os feirantes, para não terem prejuízos, foram removidos para um espaço provisório, localizado no próprio bairro, onde estão podendo comercializar os seus produtos.

“Mais ideias, menos lacração”, sugere Rubens Júnior

Rubens Júnior

Em entrevista de rádio nesta tarde (16), o pré-candidato do PCdoB a prefeitura de São Luís, voltou a afirmar que, neste momento, a agenda de discussões deve ser focada em ideias e não em pessoas. Ele apresentou o Movimento Diálogos Por São Luís como estratégia participativa de montagem de um eventual programa de governo para a capital.

“Muita gente discute nomes e partidos, eu discuto ideias, por isso, estou elaborando uma base para o programa de governo dividida em eixos que e que deve ser discutida por todos, imprensa, demais pré-candidatos e a população”, comentou.

Sobre a importância de um debate consistente e democrático, o pré-candidato lembrou que “criamos o Diálogos por São Luís, inspirado no Diálogos Pelo Maranhão de Flávio Dino, para discutir nas comunidades, aquilo que deve ser apresentado como programa de Governo na Justiça eleitoral”, disse.

Para Rubens o momento é de aprofundar o debate sobre o São Luís, não de personalismo político e artificialidade nas redes. “Alguns pré-candidatos estão atrás de lacração e likes nas redes, com imagem fabricados e fake. Eu estou preocupado em dar soluções para a cidade”, concluiu.

Madeira escanteia Duarte e cola em sua namorada

A entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (15), pelo ex-juiz Carlos Madeira (SD), pôs fim a especulação de uma eventual chapa Duarte/Madeira, cogitada após registro de um encontro na semana passada, entre o deputado comunista, Madeira e o presidente do Solidariedade, Simplício.

O dono do Park Aquático Valparaiso deixou claro que é o pré-candidato a prefeito e quem vier pro partido, deve estar ciente dessa condição. “Eu sou o pré-candidato do partido. Quem quiser vir somar com este projeto, tem que ter consciência disso”.

Logo após a entrevista, o próprio Simplício esclareceu o encontro entre os pré-candidatos a prefeito, e, segundo o presidente do Solidariedade, a namorada de Duarte pode ser a vice, na chapa encabeçada por Madeira. “O Duarte Jr. não sendo candidato a prefeito, foi discutido na conversa que tivemos a alternativa de indicar a Karen Barros como vice do Madeira. Estamos construindo o diálogo no sentido de a Karen se filiar a outro partido, o Cidadania, o PRTB, mas só se o Duarte, repito, não for candidato, que eu acho que vai ser por outro partido”, explicou Simplício.

Duarte tem enfrentado resistência entre a classe política, dentre eles, seus próprios aliados que acreditam que Duarte pode, futuramente, romper com o grupo o qual pertence.

Osmar Filho reúne amigos durante grande confraternização em São Luís

O vereador e presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), reuniu centenas de amigos durante uma grande confraternização promovida, neste último sábado (11), no Iate Clube.

O encontro foi um momento festivo no qual os participantes agradeceram as conquistas obtidas em 2019 e ratificaram o sentimento de união em torno de mais avanços neste novo ano que se inicia.

Acompanhado da esposa, Clara Gomes, Osmar se confraternizou com todos os presentes, tendo recebido várias manifestações de apoio e carinho.

“O momento é de gratidão no qual o Osmar reúne amigos de diversas regiões de São Luís para nos confraternizarmos e agradecermos tudo que foi alcançado ano passado. É também um momento de nos unirmos, cada vez mais, e trabalharmos por mais avanços para nossa cidade”, comentou a liderança comunitária, River Souza.

A festa contou com uma vasta programação cultural, que incluiu shows do Grupo Argumento, Bicho Terra e da dupla Fernando e Franco.

Representantes da classe política também prestigiaram o evento, tais como os vereadores Raimundo Penha (PDT), Nato Júnior (PP), Antonio Garcez (PTC), Astro de Ogum (sem partido), Ricardo Diniz (PRTB), Pavão Filho (PDT), Fátima Araújo (PC do B), Estevão Aragão (PSDB) e Beto Castro (PROS); os deputados federais Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Gil Cutrim (PDT); além de servidores da CMSL, membros da Imprensa e de outros Poderes constituídos.

Osmar agradeceu o carinho dispensado pelos presentes.
“É um encontro para agradecer e festejar as coisas boas que juntos fizemos; e também fortalecer a amizade e a parceria de sempre”, comentou o pedetista.

Rubens Júnior assume pré-candidatura “dos vermelhos” e escanteia Duarte Jr.

O encontro do deputado federal Rubens Júnior (PCdoB) com membros do Partido dos Trabalhadores nesta quarta-feira (08), deve marcar uma virada de posicionamento na sua pré-candidatura a prefeito de São Luís, até agora, muito sutil e discreta.

Na foto postada em suas redes sociais, Rubens Júnior trouxe pra si a responsabilidade de ser o pré-candidato esquerdista, perfil muito diferente do novato Duarte Júnior. “Sou o pré-candidato dos vermelhos” disse Rubens Júnior.

A afirmação é uma espécie de escanteada em Duarte Júnior, que apesar de ainda estar filiado ao PCdoB, tem um perfil muito mais elitizado, o que ficou claro no episódio do Mocotó, quando Flávio Dino, Márcio Jerry e a turma dos “vermelhos” se mostraram muito a vontade durante inauguração do Mercado da Macaúba, e o deputado estadual aparentou “nojinho”.

Com a nova postura, Rubens Júnior deve acelerar a saída de Duarte, que inclusive já andou abraçando Madeira, pré-candidato pelo Solidariedade, partido que deve abrigar o jovem deputado estadual.

Duarte Júnior abraça Madeira de olho na prefeitura

O deputado estadual Duarte Júnior, que pode confirmar sua saída do PCdoB nos próximos dias, esteve reunido nesta terça-feira (07), com o presidente estadual do Solidariedade, Simplício Araújo.

Na foto, chama atenção a presença do ex-juiz Madeira, cotado para disputar a prefeitura de São Luís pelo SD.

A imagem foi postada por Duarte em suas redes sociais e revela diálogo e construção de um novo caminho para sua candidatura, já que pelo PCdoB, as chances do ex-presidente do Procon são cada vez mais remotas.

Pelo visto, Duarte está disposto a abraçar Madeira e quem sabe, compor chapa de olho na prefeitura.

Neto Evangelista faz Duarte Júnior passar vergonha ao explicar dados da iluminação pública

Após Duarte espalhar fakenews com números lunáticos sobre a iluminação pública, Neto Evangelista corrigiu o afoito pré-candidato que se viu obrigado a apagar o fake para não passar mais vergonha

O pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Neto Evangelista (DEM) fez o imberbe deputado Duarte Júnior (PCdoB), passar vergonha na manhã desta segunda-feira (07), ao apresentar os verdadeiros dados sobre os valores arrecadados através da taxa de iluminação pública de São Luís durante entrevista ao jornal Bom Dia MA, transmitido pela TV Difusora.

Neto começou alfinetando Duarte, que na semana passada, por desconhecer o tema ou por pura má-fé mesmo, espalhou fakenews sobre os valores arrecadados pela prefeitura de São Luís. “Eu me recuso a acreditar que um homem público ou um pré-candidato tenha dado essa informação tão inverídica sobre os dados de arrecadação da taxa de iluminação pública da prefeitura. Confesso que eu me recuso a acreditar porque isso é uma questão de ordem de grandeza,” Disse Neto Evangelista ao tomar conhecimento dos falsos dados apresentados por Duarte ao jornalista Diego Emir, durante entrevista na semana passada.

O pré-candidato a prefeito, Duarte Júnior, havia dito em entrevista, que a prefeitura arrecadava mais de R$ 50 milhões por mês, chegando a R$ 73 milhões por mês, e que o custo da Iluminação seria de apenas R$ 3 milhões por mês, sobrando mensalmente cerca de R$ 47 milhões, e por isso baixaria a taxa de iluminação. A informação mentirosa amplamente espalhada por Duarte é uma verdadeira bizarrice em busca de votos.

Ao tomar conhecimento dos números verdadeiros informados por Neto Evangelista, o próprio Duarte tratou de apagar suas imagens com o fakenews em seu perfil no instagram.

O primeiro post foi espalhado na semana passada e apagado hoje, logo após Neto Evangelista desmascarar o fakenews espalhado por Duarte Júnior. Para não passar mais vergonha, Duarte fez nova postagem com as informações corretas passadas pelo

Neto Evangelista continuou dando aula de gestão ao comunista. “Há uma média mensal de arrecadação de R$ 6 milhões, e com esse dinheiro arrecadado é pago o custo da iluminação pública nos postes, que é em média de R$ 3,5 milhões. Também é pago uma taxa de administração de 5% a Cemar, e o que sobra é investido em manutenção e ampliação e modernização da rede de iluminação.” Explicou o deputado democrata.

Ao falar sobre possível redução na taxa, Neto Evangelista voltou a alfinetar o deputado comunista. “Dá pra reduzir o valor da taxa de contribuição de iluminação pública? Dá! É possível! Mas primeiro você tem que conhecer os números. Não dá pra falar no escuro. Não basta dizer, vou baixar. Tem que dizer como vai baixar.” Ironizou, concluindo que na política não existe “super-herói”, em referência aos números lunáticos apresentados por Duarte.

Assista o vídeo da entrevista do deputado Neto Evangelista logo abaixo…