Forte, Chico Carvalho reage a tentativa de rasteira no PSL

O presidente estadual do PSL, vereador Chico Carvalho, reagiu às notícias de uma suposta canetada de Edinho Lobão, que afirmou à imprensa local, que teria acertado detalhes para comandar a cobiçada legenda visando o pleito de 2022.

Seguro de que ninguém o tira facilmente do controle do PSL, Chico revidou, “Não procedem os rumores publicados na imprensa de que haveria mudanças na direção estadual do partido. As decisões tomadas pela instância estadual são sempre feitas em consenso com a direção nacional, que tem reiterado apoio ao presidente Chico Carvalho”.

O empresário e filho do ex-senador Lobão, contra-atacou dizendo que é preciso “manter a palavra empenhada”, segundo Edinho, pelo próprio Chico.

Agora, só o tempo vai dizer quem tem mais força..

Chico Carvalho esclarece sobre mudanças no PSL de São Luís

O presidente estadual do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho, enviou ao blog Maramais, uma nota de esclarecimento sobre a reportagem Mudança de presidente que teria garantido apoio do PSL à Duarte nunca aconteceu.

Apesar de não constar como presidente do PSL Municipal no sistema do TSE, Chico Carvalho explicou que a mudança aconteceu através de resolução interna e que a alteração no sistema do TSE só acontecerá com a nova eleição do Diretório Municipal.

Confira abaixo, detalhes da explicação do presidente do PSL Maranhense.

Esclarecimento:

O Diretório Municipal do PSL em São Luís foi eleito para um mandato de dois anos, pelo que uma nova eleição somente poderá ser feita ao término do período previsto no estatuto do partido ou através de uma nova convenção. Isto não somente para o cargo de presidente, mas a todos os cargos da diretoria da sigla.

Sobre o diretório de São Luís, o presidente municipal pediu afastamento temporário e a Direção Estadual, com fundamento nos Art. 72, incs. VI e X, e Art. 97, incs. I, II e IV, do Estatuto do PSL, editou uma resolução para que a Sr.ª Lorena Macedo responda pelo PSL da capital até que uma nova eleição seja feita por meio de convenção municipal. Ou seja, até o término do mandato do atual diretório.

Então, a mudança, por se tratar de questão interna corporis e ter seguido as regras estatutárias, é legítima e eficaz, nos termos da resolução.

Chico Carvalho,

Presidente Estadual do PSL/MA.

PSL deve caminhar com Neto Evangelista em São Luís  

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM), tem trabalhado nos bastidores para ter o maior número de partidos políticos engajados no projeto para elegê-lo o próximo prefeito de São Luís. Recentemente, o pré-candidato se encontrou com o presidente do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho, e conversaram sobre os caminhos dos dois partidos no pleito de outubro.

O encontro é um sinal de que a pré-candidatura do ex-prefeito Tadeu Palácio (PSL) já pode ter se tornado página virada, e por isso, o diálogo com Neto, um dos pré-candidatos da base governista que mais tem conseguido reunir líderes partidários para uma possível aliança em torno de seu nome.

Nos bastidores da política ludovicense, por exemplo, não é segredo para ninguém a possibilidade do PDT e do MDB se juntarem ao DEM para derrotar Eduardo Braide (Podemos).

Caso isso aconteça, Neto mostrará sua maturidade, diferente de outros pré-candidatos que não conseguem unidade em seus próprios partidos.

Chico Carvalho pede recuperação asfáltica para região da Zona Rural

O vereador Chico Carvalho (PSL), manifestando sua preocupação com a região da Zona Rural, apresentou uma indicação de nº 165/19, na Câmara Municipal de São Luís, sugerindo ao governador Flávio Dino (PCdoB) e ao secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, a viabilização de serviços de recuperação asfáltica da estrada que liga a BR-135 ao bairro do Coqueiro, passando pelo bairro da Vila Samara até a Estiva, situada na região Zona Rural da Capital.

O parlamentar dá ênfase que “a estrada apresenta-se com muita dificuldade de tráfego, necessitando de medidas que objetivem a atenção do poder público para a recuperação asfáltica na via, com o fim, de evitar aos condutores de veículos risco com acidentes”. Após ressaltar a situação da estrada, o vereador Chico Carvalho, solicita atendimento desta propositura, haja vista, o período de intensas chuvas, com o fim de evitar transtornos ao que por ali trafegam constantemente.

Botão que alerta assalto em ônibus começa a ser testado em São Luís

Cerca de um ano e meio depois de sancionada pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PDT), começou a ser implantado nos ônibus do transporte público da capital o botão de alerta, dispositivo que permite motoristas, cobradores e até usuários a informar que está ocorrendo um assalto no coletivo.

A previsão é de que o sistema de prevenção de assaltos a ônibus, que é oriundo de uma lei de autoria do vereador Chico Carvalho (PSL) e está em fase de teste em São Luís, comece a funcionar ainda no primeiro semestre.

Segundo Chico Carvalho, a expectativa é de que o botão de alerta possa inibir a atuação de bandidos. Ainda de acordo com o vereador, os números de assaltos em São Luís ainda são elevados.

Pelos dados do parlamentar, o botão de alerta já é usado em outras capitais como Belém, Natal e Fortaleza e nestes lugares houve redução acima de 30% nos casos de assaltos no transporte público.

“Eu tenho discutido muito a questão de violência em nossa na cidade. É de nossa responsabilidade o transporte coletivo, por isso, devemos proteger a nossa população da violência é diária e nós já temos uma lei. Que todas as empresas cumpram o que diz a regra”, disse o vereador.

Chico Carvalho pede aprimoramento e elementos estruturantes no Vetor Viário São Cristóvão, Santa Barbara e São Raimundo

Neste início de período legislativo da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Chico Carvalho (PSL), depois de percorrer os bairros da cidade, ouvindo as principais demandas da população, protocolou um requerimento solicitando ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), aprimoramento dos fatores e elementos estruturantes da mobilidade urbana e rural, da acessibilidade, da limpeza urbana, da segurança viária, da drenagem urbana e do paisagismo urbano no vetor viário São Cristóvão, Santa Barbara e São Raimundo.

Chico Carvalho ressaltou que a implementação de projetos de mobilidade urbana e rural devem ser tecnicamente sadios; a população dos bairros, visto que, tem que ser atendida em termos de comodidade, segurança, conforto, custo e tempo de deslocamento; com superação de engessamento da mobilidade urbana e rural.

A respeito da acessibilidade, Chico Carvalho defende por ser um direito humano e um atributo essencial do ambiente que garante a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Deve estar presente nos espaços, no meio físico, no transporte, na informação e comunicação, inclusive nos sistemas e tecnologias da informação e comunicação, bem como em outros serviços e instalações abertos ao público ou de uso público, tanto na zona urbana como na zona rural”, ressalta o parlamentar.

Já no que se refere à limpeza urbana, segurança viária, drenagem e paisagismo urbano, o vereador Chico Carvalho reforça o pedido para que a Administração Municipal viabilize o serviço público a ser implementado.

Espero que o prefeito atenda ao pedido, por ser uma forma de garantir o atendimento das necessidades de cada comunidade local, assegurando atenção que merece mediante a importância para esta Cidade”, afirmou Chico Carvalho.

Chico Carvalho põe fim as especulações envolvendo suposto desentendimento com Allan Garcês.

O presidente estadual do PSL, vereador  Chico Carvalho, resolveu dar um basta nas especulações envolvendo seu nome, o do partido que preside e do médico Allan Garcês (PSL).

Em suas redes sociais, Carvalho postou uma foto em que aparece cumprimentando Garcês, em encontro que aconteceu em Brasília. “Eu recebi aqui no hotel que estou hospedado em Brasília, Raimundo Filho, Pastor Sampaio e Allan Garcês. Na ocasião, Allan propôs a unidade do PSL no Maranhão afim de acabar com as especulações de que estaria à margem das decisões partidárias. Essa imagem reflete a integração entre os correligionários que sempre tive como meta dentro do partido há mais de 15 anos.” Postou o vereador.

Na última semana, notícias em blogs da capital informaram que Chico Carvalho teria anunciado dois pré-candidatos na disputa pela prefeitura de São Luís. O primeiro seria o ex-candidato ao senado, Samoel de Itapecuru, que obteve mais de 60 mil votos na capital. O segundo nome seria do ex-candidato a deputado federal apóstolo Silvio Antônio, que obteve mais de 10 mil votos em São Luís.

Rapidamente, Allan Garcês, que também disputou uma vaga para a Câmara Federal anunciou a jornalistas da capital que também estaria à disposição do partido para a disputa.

Foi o bastante para se criar um clima entre Carvalho e Allan, que desde que foi convidado a integrar a equipe do presidente Bolsonaro, passou a ser tratado pela imprensa local com grande status.

A postagem de Chico Carvalho põe fim às especulações.

11 vereadores abandonam sessão em protesto a Astro de Ogum.

A atitude ditadora do quase ex-presidente Astro de Ogum (PR) mostrou que o vereador está longe de ser um líder conciliador, característica fundamental para todo prefeito, sonho utópico do parlamentar pai de santo.

Ontem, após o vereador e aliado ( sabe-se lá até quando ) Chico Carvalho (PSL), pedir verbalmente a inclusão da PL Escola sem Partido na pauta, o presidente surpreendeu a todos que estavam presentes e negou o requerimento de Carvalho.

A atitude, tida por muitos como ditadora, revoltou uma grande parte dos parlamentares, e seguido de protestos, pelo menos 11 vereadores deixaram a Sessão em repudio a atitude de Astro de Ogum.

O autor do projeto ainda se pronunciou antes de deixar o plenário. “O plenário é soberano, senhor presidente. Há um requerimento meu e deve ser apreciado.’ Protestou Carvalho, que concluiu “Somos a favor da família. Escola deve ensinar é português, matemática.” Justificou o presidente do PSL.

Após o clima tenso, o presidente chamou todos para uma conversa fechada e lá, sofreu nova derrota na Câmara.

Pressionado pela maioria esmagadora dos vereadores, Astro voltou atrás e o projeto será apreciado pela Câmara Municipal na sessão ordinária da próxima segunda-feira, 03.

Chico Carvalho diz que sua história política independente incomoda alguns.

O vereador Chico Carvalho (PSL), que teve seu nome citado em diversas reportagens nos últimos dias, entrou em contato com o editor do blog Maramais para esclarecer alguns fatos.

Sobre o esquema de agiotagem que envolveu membros da Câmara de Vereadores no período em que o vereador Isaías Pereirinha (PSL) presidiu a casa, Chico Carvalho fez questão de deixar claro que jamais teve seu nome envolvido com agiotagem e que não responde a nenhum processo na justiça.

Em relação ao suposto tumultuo no processo de eleição da Mesa Diretora, Carvalho disse que é um direito do PSL, e por isso ingressou com a Adin – Ação Direta de Inconstitucionalidade.

Quanto a polêmica envolvendo o nome do vereador Ricardo Diniz (PRTB), Carvalho esclareceu que “Quem se lançou candidato à Presidente da Câmara foi o próprio Ricardo Diniz, lá na TV Mirante, e posteriormente na sede do PSL. Temos que ter palavra de homem! Em relação ao meu nome, apenas coloquei à disposição, mas jamais briguei por isso.”  Esclareu o presidente do PSL.

O parlamentar concluiu afirmando que sua independência tem incomodado algumas pessoas.

“Eu sempre fiz política só, com meus próprios pés, sem padrinho, sem tutela e sem ser subserviente. Talvez isso incomode. Tenho uma grande história política em minha cidade. Ajudei muito o PDT do Dr. Jackson Lago e nunca pedi nada em troca. Coordenei a campanha do prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT) no segundo turno, e também não pedi nada em troca. O vereador Pereirinha foi presidente da casa por 10 anos e nem da mesa eu fiz parte. Admito que tenho alguns erros, mas com uma diferença gigantesca, tenho escrúpulos e vergonha!” Desabafou o vereador.

“Sou 100% Osmar Filho pra presidente da Câmara” decreta Ricardo Diniz.

Minha prioridade nesse momento é eleger Osmar Filho presidente da Casa.

Com a declaração, o vereador Ricardo Diniz (PRTB), popularmente conhecido como “Meu Querido”, sepultou a estratégia do vereador Chico Carvalho (PSL), em tentar usar o nome do vereador para continuar tumultuando a eleição da Mesa Diretora da Câmara de São Luís.

Por telefone, conversamos com Diniz, que disse. “Estou fechado 100% com Osmar Filho (PDT) e essa história de usar meu nome não tem nenhum cabimento. Inclusive, neste momento, estou ao lado de Osmar, meu candidato a presidente da Câmara.” Destacou Ricardo Diniz.

Dono de uma história política que cresce a cada eleição, Meu Querido, como é chamado por seus eleitores, foi eleito para o seu primeiro mandato em 2012, com 2987 votos. Em 2016, ao ser reeleito, Ricardo Diniz saltou para 4205 votos e agora, se prepara para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado.

“Não sou candidato e estou me concentrando para, nesse primeiro momento eleger Osmar Filho presidente da Câmara, e em maio, com a a benção de Deus e ajuda dos meus queridos, cair em campo para viabilizar nosso projeto de ser candidato a Deputado Estadual.” Concluiu Diniz.

Leia também:

Chico Carvalho planeja jogar história política de Ricardo Diniz na lama.

Manifesto de apoio à Osmar Filho enterra sonho de Chico Carvalho e Pereirinha

Manobra de Chico Carvalho dura menos de 24hs e Justiça determina imediata eleição da Mesa Diretora

Chico Carvalho alega vícios em emenda que acabou com reeleição e segue tentando voltar ao comando da Câmara ao lado de Pereirinha

Pereirinha e Chico Carvalho querem que Câmara retorne à época da agiotagem.