Yglesio diz que Duarte vestiu carapuça de “milícia virtual” e que em julho, abandonou causa do Anticorte de autoria de César Pires

Mais uma vez, sem citar o nome de Duarte Júnior, Yglesio volta a criticar o deputado consumerista.

Desta vez, em artigo publicado no jornal O Imparcial, o médico e deputado estadual diz que Duarte vestiu a carapuça de “milícia virtual” e relembrou que em junho, quando foi votado o veto do governador Flavio Dino ao projeto Anticorte de autoria do deputado César Pires, estranhamente Duarte abandonou a causa dos consumidores maranhenses.

Amanhã, quando deve ser votado o projeto Anticorte, os ânimos devem voltar a ditar a relação entre os parlamentares.

Duarte promete levar sua tropa de seguidores das redes sociais para galeria, a exemplo do que fez na semana passada.

Já Yglesio, se cumprir o recado dado, deve partir pra cima e desmascarar Duarte Jr.

Veja o artigo abaixo

Palhaçada assumida: militantes fakes como combustível da nova política

Dr. Yglésio
Médico, professor e deputado estadual

As coisas andam estranhas nas redes sociais… formalizei recentemente no meu Instagram um recado com o intuito de checar se de fato algum deputado recorreria de maneira reiterada ao expediente de fakes e robôs para atuar constrangendo parlamentares durante votações na Assembleia. Foi uma “isca”, de fato, jogada por mim, levantada com base em conversas em rodas de deputados na Assembleia, que estavam desacostumados (até esta legislatura, pelo menos) com esta prática.

Com grande surpresa e imensa tristeza, recebi esclarecimentos (via blog) de um deputado que já foi inclusive meu colega de trabalho, vestindo a carapuça sobre a minha fala no Instagram. Fato que o recado surtiu um triplo efeito: primeiro, um parlamentar sentiu-se afetado, tendo em vista que, mesmo sem ser citado nominalmente, optou por responder-me diretamente em blogs. Uma análise inicial poderia-me levar a afirmar que ele “mordeu a isca”. Quiçá! quiçá! Segundo, porque milagrosamente os ataques virtuais na minha rede social cessaram! Como por passe de mágica!

Diante das evidências, é com pesar que me sinto impelido a concluir que de fato há um parlamentar na Assembleia Legislativa que se utiliza de expedientes não-republicanos nas redes sociais, com milícia virtual constituída, atacando deputados de modo a tentar exercer pressão para lograr êxito em suas pretensões legislativas e eleitorais. Que decepção! O Parlamento se diminui quando sobejam essas futricas! Especialmente quando se recorre amiúde a estratagemas que representam infrações éticas previstas nos incisos II, V e IX do artigo 12 do Código de Ética da Assembleia, passíveis de perda do mandato parlamentar, como bem mostra o artigo 21 deste mesmo compêndio.

Terceiro, na resposta enviada aos referidos blogs, o parlamentar em nenhum momento da sua missiva negou a minha acusação apócrifa, de que haveria realmente uma milícia orquestrada de perfis fakes nas redes sociais, ao contrário. A resposta foi baseada em desinformação acompanhada de desinterpretação textual, onde o mesmo tentou atribuir a mim, de maneira subliminar, um suposto constrangimento ou animus de votar contra o projeto por mera conveniência. Jamais fiquei constrangido, ao contrário, o recado foi cristalino: nenhuma milícia virtual jamais irá me constranger.

Por fim, em relação ao referido projeto devo lembrar que essa discussão não é de agora, este projeto não é novidade, ele já vem sendo discutido na Casa há muitos anos. Como prova inconteste do meu inarredável interesse público, devo dizer que, ao contrário do parlamentar que se sentiu nominado sem sê-lo, eu fui o único deputado da base governista que puxou a dissidência contra o veto do governador ao projeto anticorte, de autoria inicial do deputado decano da oposição. Neste dia, causou-me estranheza a ausência do deputado consumerista na ALEMA. Penso que ele não deveria ter abandonado a causa do consumidor neste dia tão importante. Fico-me perguntando qual compromisso externo seria mais importante do que somar seu voto pela derrubada do veto ao meu, da deputada Andreia Rezende, deputado Ariston, César Pires (o autor original, agora copiado), Felipe dos Pneus, Neto Evangelista e Zé Inácio Lula. Nossos votos a favor do projeto estão disponíveis nos anais da Casa e o meu pronunciamento disponível no Diário Oficial do dia 13/06/2019.

E por que votamos a favor do projeto? Naquela época, parecia que o STF caminhava para uma mudança de entendimento que reconhecia a lei como Direito do consumidor, mas atualmente (após dois julgados posteriores nas ADI’s 5610/BA e ADI 3866/MS), parece que a Suprema Corte retornou à interpretação de que a matéria trata sobre energia, conforme o artigo 22 inciso IV da Constituição, portanto demandaria uma lei federal e não estadual.

Já estão sendo tratadas em Brasília legislações positivas sobre energia elétrica, que respeitam a Constituição de maneira inequívoca, sem piruetas e parafusos jurídicos, dentre elas: leis que impedem cortes de energia em finais de semana e também a cobrança da taxa de religação. Espero que em breve estes dispositivos protejam os usuários de serviços públicos. Discordo do falso argumento propalado por alguns, de que é conveniente aprovar uma lei sabidamente inconstitucional, ciente de que logo em seguida a lei será derrubada, apenas para jogar para a plateia. Condutas assim são refutadas pela comunidade jurídica, geram instabilidade ao ordenamento legal e envergonham o Parlamento que escreve as leis perante à população.

Ao contrário de alguns que são “heróis” nas redes sociais, mas que se escondem durante as votações mais espinhosas, com medo de assumirem posições impopulares em plenário ou das pessoas que transferem para o governador a responsabilidade de vetar projetos inconstitucionais, governador este que lhes deu a oportunidade de ocupar um cargo eletivo, julgo oportuno publicizar a informação de que não tenho faltas injustificadas na Casa do Povo. Ressalto ainda que tenho participado ativamente e altivamente de TODAS as votações que presenciei, sem JAMAIS fugir de qualquer uma delas.

Encerro aqui minhas palavras, confiante de que a população saberá fazer o julgamento de quem realiza um trabalho sério em prol do estado. Lamentavelmente, algumas vezes existe um relativo desgaste na nossa prática parlamentar, gerado por patifarias de outrem, mas a firme missão maior de fazer um legislativo ético (e não épico), faz-me um homem confiante em meus ideais e ideias, já que jamais desejei ser super-herói e muito menos vilanizar quem quer que seja, especialmente meus colegas de Parlamento.

Filha de Domingos Dutra alerta “Ele corre risco de vida. Estamos indo agora na delegacia denunciar essa mulher.”

A filha do prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), usou seu perfil no facebook para alertar sobre o risco de vida que o pai corre.

De acordo com Nathalia Dutra, o pai foi retirado do hospital e Núbia assumiu a responsabilidade.

Nathalia alerta para o risco que o pai corre e diz que denunciará Núbia na delegacia.

Veja a postagem abaixo:

Fora do cenário eleitoral, Nubia força retorno de Dutra ao comando de Paço do Lumiar

Logo após a divulgação da pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Prever, que apontou completa ausência de Dutra no cenário eleitoral de Paço do Lumiar, Nubia Feitosa, esposa de Domingos Dutra anunciou coletiva de imprensa.

Em entrevista a uma rádio local , conforme publicou o blog do Neto Cruz, Núbia anunciou que intensificará para que Dutra retorne ao comando do município em até um mês.

Na entrevista, com a voz embargada por magoa, Nubia não esconde o desejo de voltar ao poder e reclama de exonerações e da retirada de carros e assessores.

Pelo visto, Nubia não medirá esforços para retornar ao comando dos cofres luminenses, nem que para isso tenha que colocar a vida do marido em risco.

Mais de 60% dos ludovicenses ainda não escolheram em quem votar

O levantamento feito pela Escutec apresenta um dado importante para os pré-candidatos. 60,2% não sabem em quem votar ou não quiseram responder a pesquisa.

Essa informação somada com outros dados e candidatos que estão fora da disputa, como Ivaldo Rodrigues, Felipe Camarão, Cleber Verde, Maura Jorge ou até nenhum deles, mostra que o jogo está solto e ainda não há plena convicção de escolha, mesmo com Eduardo disparado na ponta.

Na prática, o levantamento espontâneo mostra que, quando mais de 60% dos entrevistados não dizem em quem pretende votar no cenário espontâneo, isso significa que ainda não há convicção, e que uma mudança de candidato até o pleito é fácil de ocorrer.

Por isso, é nesse eleitorado que Eduardo Braide e os demais pré-candidatos devem mirar.

Veja também:

Pesquisa feita pela Escutec confirma liderança de Braide, crescimento de Neto Evangelista e queda de Duarte Júnior

Adriano Sarney é o mais rejeitado entre os pré-candidatos a prefeito de São Luís

Adriano Sarney é o mais rejeitado entre os pré-candidatos de São Luís

De acordo com levantamento feito pela Escutec entre os dias 12 e 17 de outubro e publicado na manha deste sábado (19), o deputado Adriano Sarney é o pré-candidato a prefeito de São Luís com a maior rejeição entre os eleitores de São Luís.

Segundo o levantamento,  mesmo retirando o sobrenome Sarney do nome e até anunciando posteriormente que mudaria seu nome para José Sarney, 23,3% dos eleitores afirmam que não votariam em Adriano Sarney para prefeito de São Luís.

O ex-prefeito Tadeu Palácio aparece em segundo, com rejeição de 19,1%, seguido de Wellington do Curso com 9.4%.

Bira do Pindaré, que em agosto apareceu como o mais rejeitado com 10,4%, no levantamento feito pelo Instituto Prever, caiu para quarto lugar entre os que tem mais rejeição, com 7,6% seguido de Eduardo Braide com 7,5%, de acordo com a Escutec.

Osmar Filho com 7,4%, Neto Evangelista com 3,7%, Jeisael Marx com 3,4%, Yglesio com 2,7%, Duarte com 2,7%, Coronel Monteiro com 2,6%, Silvio Antonio com 1,5%, Rubens Jr com 1,2%, Allan Garcês com 1,2% e Carlos Madeira com 1,0% completam a lista de rejeitados.

Não souberam ou não quiseram responder representam 5,7%.

Pesquisa Escutec confirma liderança de Braide, crescimento de Neto Evangelista e queda de Duarte Júnior

O jornal O Estado divulgou neste sábado (19), o primeiro levantamento da corrida eleitoral pela prefeitura de São Luís feito pela Escutec, instituto de opinião historicamente ligado ao grupo Sarney.

Os números confirmam a liderança de Eduardo Braide, que no cenário espontâneo saltou de 23,3% na pesquisa do Instituto Prever feita em agosto de 2019, para 25,2% na da Escutec divulgada hoje.

Ainda em comparação ao cenário espontâneo feito em agosto, Duarte Júnior caiu de 4,6% para 3%, o que pode estar relacionado com sua falta de habilidade política dentro do próprio grupo.

Neto Evangelista, que em agosto aparecia com apenas 1% no cenário espontâneo, agora chega a 3%, de acordo com os números Escutec, e se mantém como o pré-candidato governista que mais cresce.

Wellington do Curso aparece com 2%, Adriano Sarney com 1,5%. Esses são os pré-candidatos que aparecem acima de 1% no cenário espontâneo, que é aquele que o entrevistado responde o nome que deseja, sem que sejam apresentados uma relação de possíveis candidatos.

No cenário em que são apresentados 15 nomes dos possíveis candidatos, Braide lidera com folga, seguido de Duarte, Neto Evangelista e Wellington do Curso, tecnicamente empatados.

Em um cenário com apenas 9 nomes, Eduardo Braide mantém um leve crescimento, Duarte, Neto e Wellington, se mantém tecnicamente empatados na segunda posição.

No terceiro cenário, sem o nome de Duarte Júnior na disputa, Eduardo Braide segue liderando e o pré-candidato Neto Evangelista, que mantém a melhor relação entre os governistas, atinge 2 atinge pela primeira vez, dois pontos na corrida eleitoral.

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 17 de outubro e ouviu 1002 eleitores. A margem de erros é de 3,1 pontos para cima ou para baixo.

Exclusivo: Paula Azevedo, Fred Campos e Inaldo Pereira tecnicamente empatados em Paço do Lumiar, aponta Instituto Prever

Prefeita Paula Azevedo, Fred Campos e Inaldo Pereira

O blog Maramais revela com exclusividade, os números da pesquisa realizada pelo Instituto Prever, na corrida eleitoral pela prefeitura de Paço do Lumiar do ano que vem. O levantamento ouviu 395 entrevistados durante os dias 16 e 17 de outubro e tem margem de erro de 3,5%, para cima ou para baixo.

No cargo há poucos meses, a prefeita Paula Azevedo (SD) é a candidata governista, uma vez que Dutra segue fora da disputa por problemas de saúde. Já Fred Campos (PDT) conta com a força do seu partido e recentemente recebeu a adesão de Tiago do Iesf, que até dias atrás, era considerado pré-candidato.

O empresário Francisco Neto é surpresa no primeiro levantamento feito com o atual cenário.

Considerando a margem de erro de 3,5%, Paula Azevedo, Fred Campos e Inácio Pereira aparecem tecnicamente empatados no cenário espontâneo e em um segundo cenário induzido.

Vamos aos primeiros números da pesquisa que acabou de sair do forno

Cenário espontâneo – aquele que o entrevistado diz o nome que deseja, sem que seja apresentado nenhuma relação de possíveis candidatos.

Paula da Pindoba (Azevedo) 6,1%

Fred Campos 5,8%

Inaldo Pereira 5,8%

Gilberto Aroso 3,5%

Inácio Ferreira 2,3%

Karla Maria 2,0%

Fábio Rondon 1,0%

Francisco Neto 0,5%

Edinaldo Moura 0,3%

Guimarães Jr. 0,3%

Outros 6,5%

Branco e nulo 12%

Não sabem ou não quiseram responder 53,9%

Segundo cenário (induzido) –  onde os nomes dos possíveis candidatos são apresentados.

Gilberto Aroso 15,2%

Fred Campos 14,9%

Inaldo Pereira 14,4%

Paula da Pindoba (Azevedo) 13,9%

Karla Maria 6,6%

Inácio Ferreira 6,1%

Fábio Rondon 2,5%

Tiago do Iesf 2,3%

Francisco Neto 1,5%

Edinaldo Moura 1%

Guimarães Jr. 0,5%

O número de entrevistados que disseram votar em branco ou nulo é 13,7%, e os que não sabem ou não quiseram responder 7,3%.

A menos de um ano da eleição, os principais nomes seguem embolados e tudo pode acontecer…

Porto Rico realiza VIII Conferência Municipal de Assistência Social

A Prefeitura Municipal de Porto Rico do Maranhão, realizou na quarta-feira (16), através do Conselho Municipal de Assistência Social e da Secretaria de Assistência Social a VIII Conferência Municipal de Assistência Social, que este ano teve como tema central “Assistência social: Direito do Povo, financiamento Público e Participação Popular.

O objetivo principal do encontro foi fortalecer a luta pela manutenção da política pública da Assistência Social.

O evento contou com a presença de representantes do Poder Exceutivo, Legislativo, Sociedade Civil e representantes de Entidades.

A psicóloga do Cras, Laice Miranda, ministrou palestra e conduziu as discussões sobre o tema, fazendo a apresentação das ações da Secretaria de Assistência Social durante os anos de 2018 e 2019.

O Evento aconteceu na dependência do Centro Comunitário e terminou com a elaborando de propostas e elegendo os delegados para representar o município na Conferência Estadual de Assistência Social.

Prefeitura de Godofredo Viana anuncia programação artística do Círio de Nazaré

A Prefeitura de Godofredo Viana anunciou a programação cultural e artística do Círio de Nazaré 2019, evento tradicional da cidade e que se configura como a maior festa de fé e devoção da região do Litoral Maranhense.

As atrações irão se apresentar, a partir desta sexta-feira (18) até domingo (20), na Praça de Eventos da sede do município.

A gestão do Prefeito Sissi Viana preparou uma vasta programação que animará o público – contribuindo, também, para aquecer a economia local — e que é composta, por exemplo, de apresentações com aparelhagens de som; Bandas D Lore Prazeres e Batidão do Melody; e o tradicional Bloco Pingunçus de Outubro.

Este ano, o Círio chega a sua 43ª edição.

Amanhã, a programação religiosa contará com Romaria Automotiva, a partir das 16 h, com saída da Capela Nossa Senhora das Dores.

No sábado (19), a programação começa com a celebração do Batismo, às 16h. Às 19h30, será celebrada missa na Igreja Matriz. Já a partir da 20h30, acontece a transladação da imagem da Igreja Matriz até a Capela de Santo Antônio na Aviação.

A tradicional procissão, no domingo, sofrerá alterações no seu percurso. Sairá da Capela de Santo Antônio, no Bairro da Aviação, e seguirá pelas principais ruas e avenidas da cidade. Uma outra mudança no trajeto será na avenida João Jorge Filho, onde os fiéis percorrerão o trajeto passando pela rua Antonio Dino, saindo enfrente o Centro de Saúde Aprígio e seguindo então até a Praça da Matriz.

Histórico – Em setembro de 1975, Padre Franco Ausânia, vigário paroquial, participou do Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Luís Domingues para copiar o modelo para poder realizar o primeiro Círio em Godofredo Viana. No ano seguinte, formou-se uma Diretoria composta por: Alcina Farias, Albertina, Francilino, Jamilia, José Ribeiro, Manoel Mandú, Santa Cirino, Sinhá e o próprio Pe. Franco Ausânia, e foram criados grupos para animar as coreografias tradicionais da procissão.

Na época foram formadas duas caravanas, sendo uma de Belém e outra de São Luís, vinham com o intuito de participar da parte religiosa da festa, pois a maioria eram pessoas filhas da cidade ou que possuíam parentes e amigos na mesma, por isso aproveitavam o momento para também fazer um reencontro com os parentes e amigos.

De certa forma o Círio de Nossa Senhora de Nazaré é hoje um grande momento festivo na vida do povo de Godofredo Viana, que se consagrou uma das maiores festa religiosa da região que é realizada no último final de semana de outubro onde leva milhares de fiéis nas ruas da cidade, é entendida, como uma das manifestações mais significativas das expressões de festa religiosa e pela qual se propõe fazer uma leitura da sociedade e da cultura.

Duarte Júnior pra Yglésio “Quem faz o certo não se constrange”

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), pré-candidato a prefeito de São Luís, emitiu nota em resposta a postagem do companheiro de parlamento Dr. Yglésio (PDT), tratada pelo blog na matéria Yglésio manda recado pra Duarte: “Vou partir pra cima e desmascarar se não parar essa picaretagem.” Mesmo sem citar nomes, os recados são claros um para o outro.

O clima tem esquentado na Assembleia Legislativa por conta do projeto Anticorte apresentado por Duarte e vetado por inconstitucionalidade na CCJ. O ex-presidente do Procon recorreu e tem apelado para pressão externa.

No parlamento, Duarte segue se enfraquecendo na base governista (Flávio Dino vetou projeto similar em 2017) e conquistando apoio junto a bancada do PL, partido que pode receber Duarte no ano que vem.

No início da semana, ao defender o projeto, Duarte acusou colegas de estarem fazendo lobby para a Cemar e Caema. “Eu entendo e respeito a presença daqueles que vem a essa casa defender as concessionárias, Cemar e Caema. Defender a possibilidade delas cortarem esse serviço essencial à véspera do feriado, à véspera do final de semana. Eu respeito! Esse lobby é licíto. É correto.” Acusou Duarte.

Após discurso do deputado, o clima piorou entre colegas de parlamento.

Veja a nota na íntegra

Quem faz o que é certo, não se constrange. Logo, não entendo as razões para o suposto constrangimento e agressividade do deputado.

Ademais, realmente esperar que alguém defenda o corte de energia elétrica e água aos fins de semana não é razoável. Além disso, estamos amparados no entendimento do Supremo Tribunal Federal sobre a ADI nº 5961/PR e no artigo 24, incisos V e VIII, da Constituição Federal de 1988. Não é à toa que leis como essa já existem em Rondônia e no Paraná. Ora, se os deputados desses Estados puderam elaborar essas leis e garantir esses direitos aos consumidores, quem pode afirmar que nós não podemos fazer o mesmo pelos maranhenses?

Continuarei defendendo o que é certo e fico grato pelo apoio popular, pois estamos conseguindo sensibilizar e conscientizar as pessoas dos seus direitos.