Mais lideranças políticas aderem à pré-campanha de Júnior Lourenço pelo Maranhão

O ex-prefeito de Miranda do Norte, Júnior Lourenço (PR), pré-candidato a deputado federal, continua crescendo e conquistando cada vez mais aliados políticos na sua caminhada. Com uma agenda movimentada no último fim de semana, ele participou em Igarapé do Meio, do Arraial das Estrelas ao lado do pré-candidato a deputado estadual, Leonardo Sá, com quem faz dobradinha naquela cidade. Júnior destacou a cultura maranhense e assumiu compromisso de estar sempre presente, apoiando e incentivando as festas populares.

Os vereadores Gil, Viana, Odeana, Claudemir e Zenilde garantem que caminhar com Júnior Lourenço é a melhor opção para o desenvolvimento do Estado.

Em Monção, Lourenço participou do encontro com lideranças ao lado do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) com quem faz parceria na região. Mais de 2.500 pessoas estiverem presentes no evento, comandado pelos líderes Jesiel Araújo, ex-Prefeita Paulinha e o Vereador Mário Cardoso. Os deputados federais Werverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS), que são pré candidatos ao Senado, destacaram a boa gestão de Júnior Lourenço à frente da prefeitura de Miranda e reconheceram sua trajetória política para bem representar o Maranhão na Câmara Federal.

Em Jenipapo dos Vieiras, Júnior Lourenço foi o convidado especial de Abigail Cunha esposa do deputado estadual Rigo Teles na Segunda Cavalgada da cidade. Mais de 3 mil pessoas foram ao povoado Lagoa do Sabonete. “Quero agradecer o empenho dos organizadores: Bode, Antonio José, Bernadé, Itamar e Francisco, pela realização de um evento tão marcante e animado, movimentando toda região, através desse esporte que é um dos meus favoritos. Fica aqui meu compromisso junto com meu parceiro Rigo Teles em continuar apoiando essa festa tradicional e contribuir para dias melhores em Jenipapo”, finalizou Lourenço.

Justiça suspende direitos políticos do ex-prefeito de Igarapé do Meio por três anos.

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) conseguiu na Justiça a condenação do ex-prefeito de Igarapé do Meio Ubiratan Amorim Pereira (DEM), por ato de improbidade administrativa. Durante sua gestão, ele não prestou contas da aplicação dos valores repassados ao município e deixou de aplicar corretamente recursos públicos provenientes do Convênio nº 58/200 firmado com o Ministério do Meio Ambiente, para reposição da mata ciliar do Rio Grajaú e para adoção de programa de educação ambiental da população ribeirinha.

De acordo com o MPF, a omissão do ex-prefeito com suas responsabilidades de gestor municipal causou prejuízo aos cofres públicos.

Segundo o juiz federal da 13º Vara, Ubiratan Amorim tinha o dever de prestar contas. “Ao assumir a qualidade de gestor municipal, cabe ao prefeito efetuar a administração geral dos recursos do ente federativo, bem como comprovar, perante os órgãos de fiscalização, a regular aplicação do dinheiro público”, afirmou.

Diante disso, a Justiça Federal condenou Ubiratan Amorim Pereira ao pagamento de multa civil equivalente a dez vezes o valor da última remuneração no cargo de prefeito. Além disso, pelo prazo de três anos, foi proibido de contratar o poder público, receber incentivos ou benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária.

A Justiça também determinou a suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito pelo prazo de três anos.