Vai começar a festa!!!

Na noite de ontem, 29, na sede do Partido Democrático Trabalhista-PDT-, espaço sagrado para a maior militância política de São Luís, posto que a partir dalí, ao longo de décadas, nossa cidade foi pensada e dirigida. Ali foi a casa de Neiva Moreira, João Francisco, Jerry e Jackson Lago, desta forma, como disse o velho cacique Touro Sentado ao presidente dos EUA “ este solo para meu povo é sagrado, aqui caminharam nossos antepassados, aqui os cultuamos e haveremos de louva-los”. Foi com esta carga e legado que recebemos, em festa, o Dep. Neto Evangelista, sobre os ombros de quem depositaremos nossas esperanças, para que nossa cidade continue no caminho da prosperidade, nos quatro anos que virão.

Definitivamente este não é um ato qualquer. Um banal momento, não! Estamos falando da História de nosso povo. Lembrando heranças, projetando o futuro e, quando o fazemos, estamos sob a árvore que confere o legado de Darcy Ribeiro, Doutel de Andrade, Abdias Nascimento de João Goulart, do comandante Leonel Brizola e tantos outros, de antes e de sempre.

Se nos apresentamos, somos um partido que nasce sobre as inspirações dos ideais da revolução francesa (Fraterné-Egalité-Liberté), que se reconhece como o caldo de cultura constituído, deste o descobrimento até os tempos atuais. Um conjunto de ideais que vão da expulsão dos invasores da pátria, passa pela Balaiada e alcança todas as lutas libertarias travadas em nossa pátria.

Somos, caro Deputado, o partido da revolução de 30, formulador de nossas leis e garantias trabalhistas e, o instrumento que combateu o fascismo e nos deu a redemocratização de 46. Choramos em 54, quando do suicídio de Getúlio, mas resistimos e impedimos o golpe imperialista, já em andamento. Organizamos e dirigimos a campanha da legalidade em 61 e garantimos a posse do vice-presidente Jango, legitimamente eleito após a renúncia de Jânio Quadros e, mais que qualquer outro coletivo, foi perseguido e vitimizado na negra noite de nossa história, que se abateu sobre nossa gente a partir de abril de 1961, e instituiu a ditadura militar.

Somos, e fazemos questão de registrar, o partido da luta pela redemocratização do Brasil e pela conquista da Anistia Ampla Geral e Irrestrita, em 1979, que possibilitou a volta de tantos líderes, de todos os matizes, inclusive do irmão do Henfil. Que choramos na derrota “forçada” da emenda Dante de Oliveira, em 25 de abril de 1984, que visava restituir a nosso povo o direito de eleger seus representantes. Somos o partido que enfrentou a Globo, muito antes destes novos concorrentes, que são as mídias sociais. Somos, com orgulho, o partido da escola em tempo integral e aquele que desde os primórdios, defende a taxação das grandes fortunas.

Como sobejamente provado Sr. Deputado, não somos um partido qualquer, somos uma vigorosa instituição de propriedade dos lutadores e humanistas de todo sempre. O que lhe emprestamos neste momento é algo que não nos pertence individualmente a não ser como sonho de Paz, Justiça e prosperidade. Assim te convidamos a inscrever seu nome em nossa galeria da imortalidade que se dá pelo legado e história.

Ao longo de décadas temos aprendido que unidade quase sempre não significa uniformidade, menos ainda unanimidade. Aprendemos também, e disto fazemos mantra, que somente o sonho que se sonha junto vira realidade, estamos prontos para receber e oferecer a todos que acreditam neste projeto calor e afeto que somente os caminhantes da mesma causa podem oferecer.

Dileto Neto Evangelista, de muito, embora em trilhas diversas, sonhamos sonhos comuns, não haverá de ser diferente agora que estamos misturados. Que a lealdade que professamos a nosso líder maior, Senador Weverton Rocha, se transmude para você que nos representará nesta peleja. Sorveremos de tuas táticas e estratégias e te oferecemos nossa energia para que jamais te esmoreça nesta contenda.

No matulão do que temos de mais valioso que é nossa militância, não encontraras mirra ou ouro, entretanto cheio estará, podes crer, de esperança no dia que virá, de sonhos que a tua juventude nos obriga a acreditar, e de esperança de que força não nos faltará, para com alegria e fervor gritar o teu nome nas ruas e ladeiras encantadas desta cidade mágica que é São Luís dos amores. Se a vida é combate, combateremos com alegria. Vai começar a festa.

Renato Dionísio é Poeta, Compositor e Produtor Cultural.