Coronavírus: Presidente do TRE manda duro recado à Josimar de Maranhãozinho

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral – TRE, desembargador Cleones Cunha, abriu a sessão remota da última segunda-feira (11), mandando um duro recado ao presidente do PL-22, deputado federal licenciado Josimar de Maranhãozinho e aos oportunistas de plantão.

Após determinar luto oficial por três dias pela triste marca de mais de 11 mil mortos pelo novo coronavírus em todo o Brasil, sem citar nominalmente Josimar, o juiz trouxe para a sessão, o oportunismo do deputado federal, que de acordo com noticiais veiculadas pela imprensa maranhense e postagens de eleitores na internet, estaria distribuindo máscaras com o nome e número do partido e .

O próprio Blog Maramais trouxe a informação no último sábado (09), em postagem intitulada Josimar de Maranhãozinho quer distribuir máscaras do 22 em municípios onde o PL disputará prefeitura.  

Durante a sessão, o desembargador lamentou o oportunismo de políticos que se aproveitam da calamidade pública vivida no Brasil e no Maranhão, para se promoverem e disse que o TRE e o MPE darão respostas rápidas ao que ele chamou de “ esse tipo de besteira”.

“É lamentável que um partido politico se aproveite dessa situação para fazer sua própria propaganda particular. Ninguém pode, nem partido, nem pessoa, nem candidato, tentar se aproveitar de uma situação dessa, para fazer promoção pessoal ou partidária, ou de candidatura que seja. Então, o dr. Juracy já está tomando as providências. Respondeu imediatamente. Eu encaminhei, inclusive, o áudio, e também, algumas mensagens que eu recebi a respeito dessa questão. Então, fica aqui o meu repúdio e de todo esse Tribunal, para quem está se aproveitando disso. E tenha certeza, quem fizer besteira desse tipo, ações que desrespeita a população, desrespeita o cidadão maranhense, terá uma resposta rápida, tanto do Ministério Público, como do Tribunal Regional Eleitoral. Queria dar conhecimento aos senhores, se alguém não souber, estão distribuindo máscaras, com símbolos de partidos políticos, e é lamentável que até nessas coisas, nesses momentos, se aproveitem para querer tirar vantagens dessa situação de calamidade pública que o Brasil está vivendo.” Repudiou o presidente do TRE.

Após ser alertado por seus advogados do tamanho da enrascada que poderia estar entrando ao distribuir máscaras com promoção pessoal e partidária, Josimar emitiu nota afirmando que recebeu uma única máscara de presente de uma amiga.

A desculpa não colou muito e o procurador da República, Juraci Guimarães Júnior mandou investigar a pratica de possíveis crimes.