Julgamento da ação que pede a cassação de Duarte Júnior é adiado para maio

Por motivos técnicos, o julgamento do pedido de cassação do mandato do deputado Duarte Júnior (Republicanos), foi adiado para o próximo dia 04, às 16h.

A sessão remota do TRE – Tribunal Regional Eleitoral aconteceu normalmente na manhã desta sexta-feira (17), mas durante a apreciação do processo que pede a condenação do ex-presidente do Procon, lentidão na internet impossibilitou a continuidade.

Diante da situação, o presidente do TRE, desembargador Cleones Cunha submeteu o adiamento do julgamento para a primeira a próxima sessão, marcada para o dia 04 de maio, às 16hs.

Confira no vídeo abaixo, como foi a sessão

O abacaxi de Duarte Júnior

Sem garantia de que terá o PCdoB para disputar a prefeitura de São Luís no ano que vem, Duarte Júnior segue enfrentando problemas não apenas com aliados do próprio partido e companheiros de parlamento.

No TRE-MA, estão conclusos para decisão, desde o dia 19 de agosto, os autos do processo que pede a cassação do mandato de deputado estadual e a inelegibilidade do ex-presidente do Procon e de sua namorada, Karen Barros.

A condenação pode virar um verdadeiro abacaxi para o futuro de Duarte Júnior, que segue com sua agonia a cada dia.

Duarte e a namorada são acusados de terem usado a estrutura do Procon-MA para promoção, o que teria resultado na eleição do advogado em 2018.