Dr. Yglésio é confirmado pré-candidato pelo PROS


O deputado estadual Dr. Yglésio foi confirmado como pré-candidato a prefeitura de São Luís pelo PROS. Ao lado do presidente do partido, o deputado federal Gastão Vieira, Yglésio anunciou a sua filiação partidária.

“Seguiremos discutindo São Luís de maneira séria, técnica, sem embromação, sem mentir pro povo, sem falar besteira pra ganhar votos e com soluções verdadeiras para a cidade que a gente tanto ama.”, disse Dr. Yglésio em suas redes sociais.

“Como presidente estadual do PROS, quero comunicar os filiados, a todos do partido e população que temos candidato a prefeito de São Luís, que é o deputado Dr. Yglésio”, disse Gastão Vieira na Praça Dom Pedro II, em frente a Prefeitura de São Luís.

Com o partido garantido, a pré-candidatura do PROS promete ganhar corpo e os deputados Dr. Yglésio e Gastão Vieira seguem nos bastidores para atrair outros campos políticos. Gastão Vieira, que foi Ministro da Turismo e Secretário de Educação, vai reforçar a capacidade técnica da candidatura.

Dados do TSE revelam que o PROS90 está sem comando no Maranhão

A polêmica envolvendo os deputados Gastão Vieira (PROS) e Josimar de Maranhãozinho (PL), revelou a atual situação do PROS-90 no Maranhão.

De acordo com dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, a vigência da comissão provisória do PROS que tinha Gastão como presidente estadual, findou no dia 22 de janeiro, deixando o partido sem comando no Maranhão.

Dados do TSE

Esse talvez seria o motivo dos ânimos exaltados…

Gastão Vieira mente ao falar do PROS

Na tentativa de desqualificar o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), classificado por Gastão como megalomaníaco, que segundo alguns veículos de imprensa estaria tentando tomar a presidência do Partido Republicano de Ordem Social – PROS, o deputado federal Gastão Vieira, atual presidente, contou meias verdades.

De acordo com Gastão, o comando nacional não teve qualquer conversa com Josimar, por uma simples razão: no partido não há filiados que respondam a processos cíveis e criminais na Justiça.

Em nota, no afã de atingir Josimar, Gastão mente, e mente feio.

Fundador do PROS, Eurípedes Júnior desmonta tese de Gastão

O próprio fundador e presidente nacional do partido que foi afastado no último dia 11, após agredir a própria filha, desfaz a tese de Gastão.

Eurípedes Macedo Júnior se envolveu em uma briga com sua filha há menos de um mês. De acordo com informações da Delegacia Especializada da Mulher, a moça de 19 anos acusa o pai de tê-la agredido com tapas e pontapés.

O caso virou manchete no Jornal Opção ( confira aqui ).

Em outubro de 2018, o fundador do PROS se entregou a Polícia Federal após permanecer foragido por uma semana. Eurípedes foi alvo da Operação Partialis, deflagrada para combater o desvio de dinheiro público em Brasília e no Pará.

Ao menos quatro denúncias contra o fundador do PROS, são investigadas pelo Ministério Público Federal. Uma delas se refere ao helicóptero da fabricante Robinson, modelo R-66, prefixo PP-CHF, avaliado em R$ 2,8 milhões, que é utilizado para os deslocamentos do ex-vereador da cidade de Planaltina de Goiás, local onde o Pros foi fundado, até uma casa que era usada pela legenda, no Lago Sul.

O caso foi manchete no Correio Braziliense ( reveja aqui e aqui )

Apesar da nota de afastamento emitida pelo partido após a agressão à filha, no site oficial do TSE, Eurípedes continua como presidente nacional do PROS, e filiado ao partido.

Outros casos jogam por terra a tese de Gastão. Em Manaus, a operação Cidade das Trevas desmontou uma quadrilha de criminosos e encontrou fichas do PROS na casa de um criminoso apontado como integrante da facção FDN. ( confira aqui )

No Maranhão, o partido comanda a prefeitura da segunda cidade mais pobre do Brasil, e não fez muita coisa para mudar esse quadro.

Para piora a situação de Gastão Vieira, no site do TSE, a informação oficial é de que a Executiva Provisória do partido no Maranhão terminou sua vigência no dia 22 de janeiro, o que demonstra a falta de habilidade do deputado.

O partido, apesar de pequeno, tem um fundo eleitoral previsto de R$ 58,5 milhões, o que teria despertado o interesse.

Josimar de Maranhãozinho

A polêmica toda foi enterrada pelo próprio Josimar de Maranhãozinho, que declarou ao blog do Werbeth Saraiva que não tem o mínimo interesse no PROS. “Não existe, já estou com dois partidos e não tenho o mínimo interesse em outro.”  Disse.

Confira a nota de Gastão Vieira

“O deputado federal Gastão Vieira, mais uma vez, tem que vir a público reafirmar que o PROS no Maranhão continua e continuará sob o seu comando. A informação publicada em blogs financiados pelo deputado Josimar de Maranhãozinho é notadamente falsa. É mentirosa. Ao contrário das informações plantadas pelo megalomaníaco deputado que se acha dono do Estado, não há nenhuma negociação ou mudança de comando do partido do Estado.

O comando nacional do PROS sequer teve qualquer conversa com o deputado Josimar, por uma razão simples: no nosso partido não há filiados e parlamentares que respondem a processos cíveis e criminais na Justiça. Aos filiados, apoiadores e correligionários, sigam tranquilos. Gastão Vieira segue presidindo o PROS-MA. Qualquer notícia contrária não passa de desinformação e má-fé”. afirmou.