Ribamarenses já pagaram quase R$ 10 milhões em iluminação pública só em 2021

Prefeitura cobra duas vezes a mais do que se gasta por mês com iluminação pública. Falta boa vontade do prefeito para reduzir a taxa e sobra cobrança.

A prefeitura de São José de Ribamar já arrecadou só no ano de 2020, período em que a maioria das famílias não estão conseguindo manter as contas em dia, quase R$ 10 milhões de reais só com a taxa de iluminação pública, e a previsão, até o final do ano, é que esse montante chegue a R$ 16,5 milhões arrecadados.

Além do saldo deixado pela gestão passada, o município vem arrecadando muito mais do que precisa para a manutenção e ampliação da Iluminação Pública. Quem paga por isso é o ribamarense.

Os dados são oficiais do portal da transparência e podem ser consultados por qualquer cidadão clicando aqui.

Ainda de acordo com dados fiscais, nesse mesmo período, apesar de ter arrecadado exatos R$ 9.842.967,22, o município gastou menos da metade desse valor com iluminação pública.

Como se pode ver, o município gasta menos da metade do que arrecada mensalmente com Iluminação Pública.

Baseado nesse levantamento, se o prefeito Dr. Julinho (PL), quisesse, poderia encaminhar ao Poder Legislativo, projeto de lei reduzindo a taxa de contribuição pela metade ou instituindo ampliação na faixa de isenção às famílias inscritas em programas sociais.

Para registro, a SJR Iluminação do Futuro, empresa prestadora do serviço de iluminação pública no município, recebeu até o momento cerca de R$ 4,2 milhões em pagamentos, menos da metade do que é arrecadado mensalmente.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *