Prefeitura de Ribamar vai contratar 277 profissionais da Saúde com salários de R$ 1.400 a R$ R$ 7.900

Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo Municipal foi aprovada pela Câmara de Vereadores e autoriza a prefeitura a contratar 277 profissionais que atuarão na área da Saúde, em São José de Ribamar.

De acordo com a relação de cargos, o menor salário será para o cargo de recepcionista no valor de R$ 1.400 reais, e o maior valor pago, será para o cargo de Diretor Técnico, com salário de R$ 7.900,00.

A lei prevê que não haverá necessidade de seletivo, ficando a cargo da Secretaria de Saúde, a escolha das pessoas que serão contratadas.

Técnicos de Enfermagem desvalorizados

Chamou a atenção, entre os cargos, o valor do salário do técnico de enfermagem. De acordo com a lei que autoriza a contratação, o profissional da saúde que tem sido de extrema importância no enfrentamento da Covid19, receberá pouco mais de um salário mínimo por mês.

Ministério Público de olho

A contratação, sem seletivo, pode gerar dor de cabeça ao prefeito Dr. Julinho (PL). O comentário geral é de que os cargos já estão sendo distribuídos para eleitores, uma espécie de pagamento pós eleição e toda a seleção terá como principal critério, indicação política.

IADVH, Unir Saúde e o desrespeito com os profissionais 

Enquanto o prefeito cria lei para autorizar a contratação direta, funcionários das terceirizadas IADVH e Unir Saúde, que prestaram serviço no Hospital e na Maternidade de Ribamar, lutam para receberem seus direitos. Nos processos judiciais, a Prefeitura seria a principal responsável pelo não pagamento. O caso também tem gerado muito desgaste da imagem do prefeito, que além de tudo, é médico.

Vale destacar que a Unir Saúde teve seu contrato rompido na gestão do ex-prefeito Eudes Sampaio e a IADVH, na gestão do prefeito Dr. Julinho. Em pesquisa recente, os dois políticos foram avaliados pelos ribamarenses como “iguais”.

Confira abaixo, tabela com a relação de cargos, número de vagas e salários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *