Prefeitura de Ribamar encontra rastro de destruição deixado pelo ex-prefeito no Estádio Dário Santos

Visita técnica ao Estádio Municipal Dário Santos, o “Caldeirão do Peixe Pedra”, realizada na manhã desta segunda-feira  (18), pela equipe da Prefeitura Municipal de São José de Ribamar, constatou um verdadeiro rastro de destruição deixado pela gestão do ex-prefeito Eudes Sampaio.

Interditado há três anos, o centro esportivo está completamente destruído, com todas as dependências quebradas e sucateadas, muita infiltração e estrutura completamente comprometida.

O engenheiro André Cruz, secretário Municipal de Obras, iniciou o levantamento das condições do local. “Viemos com a equipe técnica a pedido do Prefeito, e o que constatamos é que o estádio está interditado há mais de três anos. Visivelmente, a estrutura está com riscos em vários pontos, risco de colapso, muito por infiltração de chuva, deterioração de aço, concreto, então realmente, o estádio hoje oferece risco para as pessoas, então não pode ser aberto enquanto não for feito uma reforma.” Destacou o Secretário.

O titular da Pasta de Esporte e Cultura, Urubatan Neto, também esteve no local e destacou a urgência em devolver o importante equipamento esportivo para os ribamarenses. “Lamentavelmente a gente observa a situação calamitosa em que se encontra, e vamos viabilizar urgentemente a reforma desse estádio para que ele seja totalmente devolvido a população.” Avaliou o secretário.

A presidente da Câmara Municipal, vereadora Francimar Jacintho (PL), acompanhou a vistoria no local e destacou a importância da parceria entre os poderes para garantir beneficio aos ribamarenses. “Hoje nós temos um prefeito comprometido com o esporte e eu tenho certeza que a Câmara unida com o Executivo, a gente vai encontrar uma solução para o Estádio, e trazê-lo de volta para a população.” Concluiu.

Leia também: Incêndio destrói campo do Caldeirão do Peixe-Pedra em Ribamar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *