Prefeito de Imperatriz se pronuncia sobre agressão à radialista

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), divulgou áudio assumindo a agressão contra o radialista Justino Filho, e disse que irá responder pelos seus atos.

No áudio, Assis faz graves acusações contra o comunicador que qualifica como “quadrilheiro” de “larga folha policial” e diz que reagiu.

Confira a transcrição abaixo.

“Bom dia gente, aqui é o prefeito Assis, prefeito de Imperatriz, antes de tudo, meu sincero pedido de desculpa a população de Imperatriz, preciso dizer que a longa sequência dos fatos, de agressões e tentativas de achaques, sinceramente, me tiraram do sério.

Por último, de ontem para hoje, no lamaçal das redes sociais, esse elemento de larga folha policial, quadrilheiro em inquérito da Polícia Federal, vinha atentando contra a honra da minha família, deturpando e sempre tentando não agredir a gestão, mas agredir a minha pessoa e da minha familia.  

Hoje, na Sedel, onde o encontrei, ele foi em busca do que muitas das suas vítimas já lhe deram: dinheiro para aliviar seu assédio criminoso.

Não temo as maledicências dele.

Eu não agi. Eu reagi.

Antes, eu vinha buscando a proteção da minha honra na Justiça, mas ele não respeita nada da lei e das sentenças.

Que se apure, que se apure todos os fatos, não corro das minhas responsabilidades, respondo sobre os meus atos, mais uma vez peço desculpas à população de Imperatriz, mas eu tenho família gente, eu sou prefeito da cidade mas eu tenho família, tenho filhos, sou tenho , tenho mãe, amigos, eu não aceito ser taxado de criminoso, muito menos por um cidadão, um individuo desse que não tem moral para falar de ninguém. Vocês sabem que todo prefeito que chega à condição de gestor dessa cidade é achincalhado por esse indivíduo.” Disse Assis Filho em áudio distribuído nas redes sociais.

O seu endereço de e-mail não será publicado.