Luciano Leitoa quebra o silêncio, cita preço ao falar de Rafael e desafia Brandão

O ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB), como anunciado há alguns dias, usou suas redes sociais para se posicionar sobre o atual cenário político, que culminou na entrega de cargos do Governo.

Em um longo texto, Luciano relembrou sua trajetória política no PSB, citou a vitória em 2012 e a caminhada ao lado de membros da esquerda, como o atual governador Flávio Dino (PSB), o senador Weverton (PDT), além de membros do PSB nacional.

Ao citar o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), Luciano não só o colocou em seu devido lugar, no campo da direita, como relembrou que Brandão sempre esteve em campo oposto ao de Lula (PT).

Leitoa também relembrou o passado do Coronel Schneider e particularidades de sua saída do comando de Timon, além das articulações de Brandão contra o grupo da esquerda na cidade.

Ao citar Rafael, que não usa mais o sobrenome politico Leitoa, falou em preço e arriscou, “Se tiver 5 mil votos em Timon estará bem votado”.

Ventilando a possibilidade de Brandão filiar-se ao PSB, chamou o vice-governador para o desafio e pediu hombridade, em eventual disputa interna pelo comando da sigla no Estado.

Luciano conclui seu desabafo de forma gigante, como poucos na política, entregando os cargos e reafirmando seu compromisso de votar em Weverton para governador e Dino para senador.

Confira seu manifesto completo no instagram.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *