“Ligar o ministro Flávio Dino a facções é absurdo”, afirma Neto Evangelista

“Ligar o ministro Flávio Dino a facções é absurdo”, declarou o deputado estadual Neto Evangelista durante sessão plenária na Assembleia Legislativa do Maranhão, sobre as acusações de reuniões com a “dama do tráfico” no Ministério da Justiça.

Neto Evangelista destacou ainda o quão o extremismo de direita e de esquerda faz mal ao Brasil, que permanece dividido. “O país não ganha, quem ganha é quem tá na extrema direita e na extrema esquerda, que mantém o debate o tempo inteiro para não sair dos holofotes. Vejo muitas vezes acusações absurdas, apenas pra gerar um discurso que de efeito nos seus eleitores”, disse o deputado.

O parlamentar, que foi secretário de Estado durante a primeira gestão do governo Flávio Dino no Maranhão, se posicionou em defesa do atual ministro e solidarizou pelos ataques que ele vem sofrendo.

“Atribuir e colocar no colo do ministro Flávio Dino ter relação com faccionados, beira o absurdo. Eu convivi, fui secretário no governo dele, e óbvio que se isso aconteceu, foi um erro de protocolo de segurança. Ligar o ministro Flávio Dino a facções é absurdo, e o discurso não pode ficar girando em torno disso pra manter popularidade. Você deve pensar, ter calma e não achar que tudo deve se fazer política. Portanto eu me solidarizo, nesse momento, com o ministro Flávio Dino, de que eu tenho certeza que não há nenhum tipo de ligação com pessoas dessa estirpe”, enfatizou.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *