Lascou! Vereadores querem saber o que está sendo feito com mais de 60 milhões da Previdência de Ribamar

O vereador Manoel do Nascimento (PCdoB), protocolou nesta quinta-feira (05), requerimento solicitando relatório detalhado sobre todas as movimentações financeiras feitas pelo Instituto de Previdência do Município de São José de Ribamar.

Na Câmara, alguns parlamentares suspeitam que os recursos financeiros do Instituto, que deveriam ser usados para pagamentos de aposentados e pensionistas, estejam sendo usados para fins eleitoreiros, como a contratação de servidores comissionados, frutos de indicação política.

De acordo com informações colhidas pelo blog, dentre os servidores comissionados do Instituto, estariam o filho de um ex-vereador, que atualmente exerce o cargo de subprefeito, e a filha de uma vereadora, aliada de primeira hora do prefeito Eudes Sampaio.

Os vereadores também querem saber se os recursos aplicados em fundos de investimentos, mais de R$ 60 milhões, estão sendo devolvidos corretamente com seus devidos rendimentos para as contas do Instituto de Previdência.

O requerimento do parlamentar é baseado em uma das funções do vereador, que é fiscalizar o Poder Executivo.

No Maranhão, o Ministério Público investiga alguns casos onde presidentes de Institutos de Previdência Municipal são suspeitos de aplicar recursos em fundos de investimento com rendimentos de pouco mais de 1% ao mês, e ao final do período, devolvem apenas o valor retirado das contas, se apropriando dos rendimentos, que em alguns casos, passam de R$ 1 milhão de reais.

No Portal da Transparência, as informações do Instituto de Previdência de São José de Ribamar estão desatualizadas, com dados referentes a novembro de 2017.

Segundo o portal, o Instituto tem gastos de quase R$ 40 mil por mês, só com servidores contratados. Desses valores, R$ 12 mil são pagos a presidente do Instituto, que recentemente virou sócia do ex-prefeito Luis Fernando na empresa Instituto LF.

Agora Nadia Quinzeiro tem dez dias para apresentar o relatório sobre todas as movimentações financeiras aos vereadores.

A investida do vereador Manoel demonstra o enfraquecimento do prefeito Eudes Sampaio (PTB), que tem a maior rejeição do eleitor ribamarense na corrida eleitoral de 2020.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *