Yglésio Moyses é confirmado candidato a prefeito em convenção do PROS

O PROS (Partido republicano da Ordem Social) oficializou o nome do deputado estadual Yglésio Moyses, médico cirurgião e presidente municipal da sigla, como candidato da legenda à prefeitura de São Luís. A convenção do partido, realizada na noite de ontem (11), também oficializou o nome do Dr. Mauro César, que é médico oftalmologista, à vice-prefeitura pelo mesmo partido.

O Yglésio Moyses fez um discurso emocionado aos presentes e à imprensa, dizendo o porquê de querer ser prefeito.

“Eu quero ser prefeito porque, ao lado do meu companheiro Mauro, vou cuidar das pessoas. Eu não me conformo em chegar ao Socorrão I e ver todas aquelas pessoas que, muitas vezes, vêm de longe em busca de tratamento, em macas pelos corredores do hospital. A gente não pode se conformar em saber que lá na Portelinha existem pais e mães de família vivendo em uma situação degradante, sem saber o que vão dar de comer aos filhos no dia seguinte porque não tem renda; não tem trabalho; não tem oportunidade”, disse. “No dia em que eu me conformar com essa situação, vocês podem ter certeza de que eu morri por dentro e a vida passará a não fazer mais sentido!”, exclamou emocionado.

A convenção do Pros, assim como todas as reuniões do Papi realizadas pelos candidatos, seguiu todos os protocolos de segurança sanitária determinados pelas autoridades em saúde, como mesmo destacou o Dr. Mauro César, candidato a vice-prefeito.

“Não se admirem com o tamanho dessa convenção. Nossa proposta foi fazer uma convenção da forma que ela tem que ser feita: para os convencionais, para alguns convidados, como fizemos aqui. Nós não podemos fazer aglomerações em busca de mostrar força, como muitos têm feito por aí”, disse. “A nossa demonstração de força será na proposta, na palavra e no exercício da nossa campanha”, completou o candidato.

O candidato Yglésio Moyses também destacou que a sua campanha será com as pessoas e não está ligada a nenhum líder político fora do partido.

“O nosso compromisso desde a Assembleia (Legislativa) sempre foi com as pessoas e o nosso trabalho sempre será para a população. Nós não estamos ligados a nenhum outro partido político porque, quando vencermos essa eleição, o único interesse da nossa gestão será cuidar das pessoas. Se cuidarmos da nossa gente como ela merece, cuidaremos da nossa cidade!”, exclamou o candidato.

Foi perguntado ao Mauro César, em caso de eleição, como ele classificaria a gestão da chapa à frente da prefeitura.

“Se for resumir em uma palavra a nossa gestão, eu queria que ela fosse classificada como surpreendente! Essa que é a ideia: fazer com que as pessoas se admirem”, respondeu. “Quanto que era possível fazer e não foi feito por nós?”, questionou.

Com a confirmação das candidaturas, a agenda dos candidatos será intensificada a partir da próxima semana, fortalecendo, principalmente, as reuniões do Programa de Apoio à Primeira Infância, o Papi, principal bandeira de campanha, ouvindo as pessoas nas comunidades mais carentes da capital maranhense, pois, segundo os candidatos, “não basta criar projetos e implantá-los; é preciso, antes, ouvir quem será beneficiado”.

Vídeo: Yglésio diz que prefeito de Icatu usou emenda de Eduado Braide para comprar ambulância superfatura

O clima esquentou entre os pré-candidatos a prefeito de São Luís, deputado estadual Dr. Yglésio e o deputado federal Eduardo Braide. O pano de fundo para essa discussão, é o caos vivido na saúde do município de Icatu, comandada pelo prefeito Dunga, aliado de Braide.

Após realizar inspeção no Hospital do Município e afirmar que o sinal vermelho da corrupção estava ligado, o clima esquentou entre os dois pré-candidatos a prefeito de São Luís.

Eduardo rebateu que o recurso enviado para Icatu, através de emenda parlamentar, teria sido usado na compra de uma Ambulância.

Atento, Yglésio notou uma diferença de preços que podem chegar a 40% entre o veículo comprado em Icatu e os oferecidos em outros municípios.

No contrato publicado no Diário Oficial, a especificação é de um veículo tipo furgão, que deve ser usado como ambulância simples, para simples remoção, e teria custado aos cofres do município a bagatela de R$ 215 mil reais.

Segundo Yglésio, o mesmo veículo poderia ter sido adquirido facilmente com uma economia de aproximadamente 40%, já que é oferecido por R$ 154.900,00.

Para endossar o que o deputado estadual diz, no site do Governo do Estado é possível verificar que o Governo Flávio Dino já destinou mais de 180 novas ambulâncias para dezenas de municípios.

De acordo com as informações, todos os veículos foram adquiridos através de emenda no valor de R$ 160 mil e são mais eficientes do que a de Icatu, já que essas ambulâncias são do tipo UTI.

Vídeo: Dr. Yglésio liga “sinal vermelho da corrupção” para Icatu

O médico e deputado estadual Dr. Yglésio divulgou na noite desta terça-feira (09), vídeo de uma inspeção feita no Hospital Municipal de Icatú. Na visita, o parlamentar constatou o descaso com a saúde municipal e verificou sinais de corrupção para um contrato de mais de R$ 2 milhões, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Eduardo Braide (Podemos).

Yglésio mostrou colchões rasgados, camas sem colchões, duas ambulâncias velhas e um almoxarifado o parlamentar classificou como “um quartinho pequenininho que não tem praticamente nada”. O parlamentar levantou dúvida para o quantitativo de R$ 2 milhões me material e fez uma estimativa de menos de R$ 60 mil em produtos.

O deputado revelou que recentemente a prefeitura, comandada pelo prefeito Dunga, fez uma dispensa de licitação no valor de R$ 2.177.000,00 milhões, para aquisição de equipamentos de proteção individual – EPI, material de limpeza, e insumos, em caráter emergencial.

A empresa vencedora do contrato é a Precision Soluções Diagnósticos LTDA, envolvida na operação Cobiça Fatal, deflagrada pela Policia Federal nesta terça-feira e que resultou nas prisões de três pessoas acusadas de desvio de recursos da Saúde.

Em uma sala suja, uma funcionária do Hospital revelou a gambiarra e o perigo que os pacientes correm, na sala de Raio-X sem nenhuma proteção onde pessoas são submetidos a radiação.

O médico, que fala com propriedade sobre tudo que viu na Saúde de Icatu, conclui o vídeo afirmando que encaminhará tudo para as autoridades competentes. “A gente liga o sinal vermelho da corrupção, e vamos acompanhar. Nós vamos encaminhar esses dados, essas imagens, pro Ministério Público para que acompanhe essas nossas denúncias e se tiver culpados, que eles sejam devidamente responsabilizados.”

Veja o vídeo

Covid-19: Estudo aponta inversão do número de óbitos no Maranhão

Um estudo feito pelo deputado Dr. Yglésio, médico e doutor em fisiopatologia experimental, revelou que nos próximos 60 dias, o Maranhão deve vivenciar uma inversão no número de óbitos por causa do novo coronavírus.

Enquanto na capital, o número de casos parece estar chegando em seu ápice, no interior, o vírus já atingiu mais de 200 municípios e no boletim desta quinta-feira (21), 94,80% dos novos casos foram confirmados fora da capital.

Para Yglésio, com analise nos dados oficiais, a tendência é que a curva no número de mortes diminua consideravelmente na capital, e passe a crescer no interior, apontando uma inversão no Estado.

Vídeo: Yglésio desmascara Duarte Júnior

Professor de Instituições Privadas, Duarte se irritou após Yglésio tornar público a intenção do ex-presidente do Procon em emplacar emenda que na prática  prejudicaria alunos e beneficiaria  apenas Instituições de Ensino. 

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS), que vem lutado para que alunos matriculados em Instituições de Ensino da rede privada tenham direito à descontos justos nas mensalidades durante o período de pandemia, reagiu de forma dura as agressões de Duarte Júnior.

Durante a sessão remota realizada na segunda-feira (27), Duarte partiu para cima de Yglésio, após o médico tornar público a intenção do deputado Duarte Júnior, que é professor de Instituições Privadas, apresentar uma emenda que na prática, beneficiaria as Instituições e poderia prejudicar alunos.

A ementa foi rejeitada pelos deputados que participaram da votação, e após Yglésio publicitar a intenção de Duarte, o ex-presidente do Procon passou a atacar o médico.

Após repercussão da tentativa de ofensas de Duarte, Yglésio gravou vídeo esclarecendo o fato e em pouco mais de um minuto, fez um retrospecto para relembrar algumas das lambanças do deputado consumerista durante o seu mandado.

Com emenda de Yglésio, Neto Evangelista e Rafael Leitoa, alunos vencem batalha

Após rejeitarem a emenda do deputado Duarte Júnior (Republicanos), que daria margem para as Instituições de Ensino concederem descontos irrisórios, como fez o Literato, que concedeu desconto de 3% e a Escola Viva Vida, que tem mensalidade superior a R$ 1.300 reais e concedeu desconto de apensa R$ 41, segundo informações do deputado Yglésio, os deputados aprovaram o projeto de autoria do deputado Rildo Amaral, que garante desconto entre 10 e 30%, dependendo do número de alunos da Instituição.

O projeto, que agradou alunos e pais de alunos de Instituições Privadas recebeu emendas dos deputados Dr. Yglésio, Neto Evangelista (DEM) e Rafael Leitoa (PDT).

Segundo a emenda do deputado Yglésio, além das instituições de ensino fundamental e médio, as de nível técnico e superior da rede privada, bem como as de pós-graduação, também serão obrigadas a reduzir suas mensalidades proporcionalmente, durante a pandemia.

Para instituições de ensino com até 200 alunos matriculados, o desconto será de 10%, no mínimo; entre 200 e 400 estudantes, de 20%; e acima de 400 alunos, de 30%, assim como as pós-graduações, independente do quantitativo de pessoas matriculadas.

“A porcentagem de 30% foi a inicial do projeto e nós entramos com a emenda por entender que as escolas menores têm mais dificuldades de conceder esse desconto. Por isso, usamos um parâmetro da quantidade de alunos. Inclusive, excluímos as escolas comunitárias por entendermos a inviabilidade financeira de concederem qualquer um desses descontos”, explicou Yglésio, lamentando, ainda, a dificuldade de negociação com os representantes das escolas.

Já a emenda do deputado Neto Evangelista, estende os descontos para os cursinhos preparatórios para vestibulares. “Acho que foram dadas muitas oportunidades aos sindicatos das escolas, para que eles pudessem entender o momento que estamos vivenciando. Porém, eles não tiveram essa sensatez de ceder aos pais”, pontuou o parlamentar.

A emenda do deputado Rafael Leitoa, garante que, no caso do consumidor ter adquirido pacote anual, o prestador de serviço poderá restituir do valor recebido proporcional ao desconto estabelecido; disponibilizar de crédito para uso ou abatimento na compra de outros serviços e formalizar outro acordo com o consumidor. Em caso de restituição, o prestador de serviço terá até 12 meses para sua efetivação, contados da data de encerramento do estado de calamidade pública no Estado.

“Essa foi a nossa contribuição, acatada pelos demais pares, melhorando o projeto apresentado pelo deputado Rildo Amaral. Parabenizo a iniciativa de todos os deputados que deram a sua contribuição para construir esse projeto razoável, assim como a tentativa de acordo com o sindicato das escolas”, acentuou Leitoa.

Coronavírus: Prefeitura de São Luís paga salário de R$ 919 para técnico de Enfermagem

A revelação foi feita nesta quinta-feira (23), pelo deputado estadual Dr. Yglésio, que se mostrou indignado com a desvalorização dos profissionais de saúde na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que tem como secretário de Saúde, Lula Fylho, que criou polêmica ao contrariar recomendações da OMS no último fim de semana e virou alvo de campanha nas redes sociais.

O parlamentar, que é médico e que já contabilizou as mortes de alguns colegas de profissão questionou o prefeito Edivaldo Holanda. “Você acha justo um salário de R$ 919,60 para um técnico de enfermagem arriscar a vida atendendo pacientes com Covid-19, em São Luís? É justo, Edivaldo?” indagou o parlamentar.

Atualmente, 228 profissionais da área de saúde já foram contaminados com o novo coronavírus segundo relatório da SES.

Deputado médico grava paródia com dicas sobre como prevenir o coronavírus

O deputado estadual Dr. Yglésio (PROS), conhecido pelo seu bom humor, gravou um videoclipe com uma paródia da música I Can’t Get No, da banda The Rolling Stones. Na sua versão e com apoio da sua equipe e da família, Yglésio dá dicas do que o cidadão maranhense deve fazer para evitar contágio com o coronavírus.

Mesmo meio desafinado, o agora deputado médico cantor ator mereceu nota 9,9 pela preocupação em ajudar a população maranhense com um assunto tão importante.

Vale a pena assistir e compartilhar

Vídeo: Yglésio para Duarte “Pior são os ratos que fogem”

O deputado Dr. Yglésio reagiu a indireta do ex-presidente do Procon, que em postagem no twitter, de forma indireta, chamou colegas parlamentares de cães que latem.

A polêmica começou durante a sessão desta quarta-feira (11), quando vários deputados se solidarizaram com o deputado Rubens Júnior, atacado de forma indireta por Duarte em um programa de TV.

Após as críticas, Duarte usou as redes sociais para dizer o que estava pensando. “Você nunca vai chegar ao seu destino se você parar e atirar pedras em cada cão que late”, postou Duarte.

Nesta manhã (12), Yglésio rebateu a postagem do ex-presidente do Procon, dizendo que discorda da frase do ex-primeiro-ministro usada por Duarte, e completou “Pior do que os cães, são os ratos que fogem”, em  clara referência a Duarte que segue fugindo de questionamentos feitos pelo deputado Wellington do Curso, vitima de ataques de perfil fake criado por um assessor do ex-presidente do Procon, segundo relatório da Polícia Federal.

Confira

Yglésio detona Duarte Júnior “sem caráter, covarde, utiliza de expediente criminoso”

O deputado estadual Dr. Yglésio (Pros) não mediu palavras para detonar o encurralado deputado Duarte Júnior (Republicanos) durante a sessão desta quarta-feira (11).

Indignado com um suposto ataque de Duarte ao comunista Rubens Júnior e seu pai, o ex-deputado Rubão, Yglésio falou poucas e boas para Duarte, que mais uma vez não se fez presente na sessão.

Aliás, desde que o deputado Wellington do Curso (PSDB) tornou público o relatório da Polícia Federal sobre um perfil fake criado para atacar o tucano em que investigações apontam para um assessor do ex-presidente do Procon, Duarte tem evitado ficar no plenário.

Ontem, pelo menos seis deputados se solidarizaram com o deputado Rubens Júnior e seu pai. O motivo da polêmica teria sido a declaração de Duarte durante uma entrevista tensa a TV Difusora. “Eu sou ficha limpa. Eu não sou candidato porque meu pai é ficha suja e eu sou plano B”, disse, no que seria uma referência ao pai do comunista, o ex-deputado Rubens Pereira.

Yglésio foi o mais duro e disparou “Sem caráter, covarde, utiliza de expediente criminoso”, e elencou a lista de supostas vitimas de Duarte Júnior, dentre eles, o próprio Yglésio, sua esposa, o senador Weverton, os deputados Neto Evangelista, Adriano Sarney e César Pires.

Confira o vídeo

Yglésio e Neto Evangelista juntos na eleição de outubro

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís, Dr. Yglésio (Pros), revelou nesta terça-feira (03), durante conversa com jornalistas após a Sessão na Assembleia Legislativa, que estará junto com o também pré-candidato a prefeito, deputado Neto Evangelista (DEM),  na eleição de outubro.

A afirmação foi feita pensando em um cenário no segundo turno. “Estaremos juntos de qualquer jeito. Se eu for pro segundo turno, Neto estará comigo, e se Neto for pro segundo turno, eu estarei com ele”, afirmou o médico.

Yglésio ainda cogitou a possibilidade remota dos dois deputados caminharem em sentidos opostos. “Só tem um jeito para a gente não caminha juntos, se nós dois formos para o segundo turno.” Brincou.

Em papo descontraído, deputados já começaram a desenhar um segundo turno, e situações inimagináveis podem acontecer até outubro.