Procuradoria Geral da Justiça deve apurar graves denúncias contra Welligton do Curso

A Procuradoria Geral da Justiça deve apurar uma grave denúncia contra o deputado Wellington do Curso. Segundo a denúncia crime protocolado pela Sociedade Maranhense de Direitos Humanos – SDGH, o parlamentar pode ter cometido pelo menos dois crimes no episódio envolvendo um médico cubano que trabalha na linha de frente de combate ao novo coronavirus na UPA da Vila Luizão.

De acordo com Francisco das Chagas Pereira, membro da coordenação colegiada que assinou a denúncia, Wellington do Curso teria cometido o crime de abuso de autoridade, tipificado na Lei nº 13.869/2019 e o crime de Racismo, previsto na Lei nº 7.716/1989, que apesar do nome, também pune quem age com preconceito contra alguém  pela sua procedência nacional.

A Entidade dos Direitos Humanos também elenca outros crimes, como ameaça, usurpação de função pública, dentre outras que deverão ser apuradas.

No vídeo, que ganhou grande repercussão, o médico cubano constrangido no episódio, diz ter participado de uma seleção por edital e alega legalidade já que no Brasil é lícito o exercício profissional para médicos que tenham participado do Programa Mais Médicos.

Em entrevista à imprensa, o Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, condenou o comportamento do parlamentar. “Se for para atrapalhar, é melhor ficar quieto no seu canto em casa. A gente chegou ao disparate de ter deputado estadual indo constranger médico em Unidade de Pronto Atendimento, decretando voz de prisão para médico de forma absurda, abjeta, rasteira. Criando confusão no atendimento das pessoas que estão lá doentes, precisando de atendimento e o deputado brincando de fazer videozinho para redes sociais para querer lacrar.” Criticou Carlos Lula.

Enquanto a confusão está armada e Wellington, que é pré-candidato a prefeito de São Luís, tenta politizar a pandemia, 740 médicos maranhenses já foram infectados pelo novo coronavírus, e o povo da capital não quer saber a origem do médico, apenas clama por atendimento.