Coronavírus: Prefeito desabafa, “tô preparando trator para enterrar gente”

O prefeito Fred Maia, considerado um dos mais bem avaliados do Maranhão, desabafou durante entrevista a uma rádio local.

Revoltado com o descaso de parte da população que insiste em manter sua rotina normal, mesmo diante dos alertas, o prefeito, com seu jeito sincero, disse o que pensa que pode acontecer, a exemplo do que está vivendo a Itália.

“As pessoas tão pensando que as coisas é brincadeira, tá se vendo ai já trinta e tantas mortes no Brasil. Tá tudo descontrolado lá em São Paulo que tem UTI, que tem tudo. Eu vou dizer, aqui quando começar vai morrer, eu já tô preparando é o trator, a carregadeira, pra fazer buraco, pra enterrar gente, porque não vai dá conta, aqui não tem hospital, aqui não tem estrutura para cuidar a mais do que cinco dez pessoas. E se adoecer 50 ou 100, vai morrer tudinho. E eu não tenho o que fazer. O que eu tenho que fazer é prevenir, pedir para as pessoas ficar em casa, e as pessoas estão com brincadeira, um bocado de égua passeando de moto para cima e para baixo como se tivesse tudo normal, isso é um absurdo”, disse parte da entrevista.

Além do Covid-19, que pede o confinamento social, Trizidela do Vale sofre com a enchente do rio que separa o município de Pedreiras e já atingiu aproximadamente mil famílias.

Em vídeo, Fred Maia mostra como a população tem atrapalhado o serviço do Poder Público.

Vídeo: Prefeito Fred Maia impõe padrão de alta qualidade em obras da Educação em Trizidela do Vale

As primeiras salas de aulas serão entregues na segunda-feira (10), com carteiras modernas, quadros de vidro e totalmente climatizadas

O prefeito Fred Maia esteve na manhã deste sábado (08), acompanhado de perto os trabalhos da construção da nova Unidade Escolar São Miguel. Fred explicou que em decorrência do padrão de qualidade exigido no telhado da escola, a obra teve um pequeno atraso e deve ser completamente entregue logo após o carnaval.

Tendo o padrão de ensino como referência no município, a escola conta com mais de 500 alunos matriculados nos três turnos.

Em vídeo, o prefeito antecipou que na segunda-feira (10), entregará a primeira etapa da obra, com quatro salas de aulas que funcionarão nos períodos matutino, vespertino e noturno.

O prefeito fiscalizou de perto o padrão de qualidade da obra que contará com quadros de vidro, salas climatizadas com equipamentos de ar-condicionado de 30 mil btu’ s além de carteiras modernas.

Diálogo com gestores e professores para garantir avanços no ensino em Trizidela do Vale

Reunião com professores e diretores da rede municipal

Na sexta-feira (07), o prefeito se reuniu com diretores e professores da rede municipal de ensino de Trizidela do Vale. O objetivo do encontro foi o de realizar um balanço das ações desenvolvidas em sua gestão e projetar novas alternativas que venham trazer resultados cada vez mais positivos no desenvolvimento educacional.

Fred explicou que devido as reformas de algumas Escolas, o ano letivo teve que ser adiado para ser iniciado na segunda (10),  sem nenhum prejuízo para educação dos alunos. Segundo os últimos dados oficiais, a gestão do prefeito Fred Maia tem desenvolvido educação de excelência com crescimento considerável nos números que medem a qualidade do ensino.

Fred Maia dá “mijada” em prefeito que chamou caminhoneiros de palhaços.

Fred não gostou nenhum pouco de ver o prefeito de Belágua chamar os caminhoneiros de palhaços

Um comentário no mínimo infeliz do prefeito de Belágua do Maranhão, Herlon Costa (PTN), resultou em um grande bate-boca com o prefeito de Trizidela do Vale, Fred maia (MDB). No ápice da greve dos caminhoneiros, após o presidente Michel Temer anunciar algumas medidas para acabar com a greve da categoria, Herlon resolveu tecer comentários em um grupo de whatsapp composto só por prefeitos que não agradou nenhum pouco Fred Maia.

Herlon postou “O presidente acaba de baixar o preço do diesel, para isso deixará de cobrar o PIS e COFINS, além da cobrança da CIDE. Ou seja, os caminhoneiros ficaram contentes, junto com os frotistas e nós vamos pagar a conta. Aguardem a diminuição do valor do repasse da CIDE.” Criticou o prefeito de Belágua, preocupado com o repasse de pouco mais de R$ 1 mil reais por mês, correspondente ao Cide – Contribuição Intervenção no Domínio Econômico. Pra se ter uma ideia, este ano, o município recebeu menos de R$ 9 mil reais durante todo o ano, fruto de repasse da Cide.

Fred Maia, com seu jeito conhecido em todo o Estado, partiu pra cima do prefeito. “Meu chefe, não seja egoísta, a causa é maior!” e Completou, “Você vai economizar quanto na compra de combustível para a prefeitura?” Disparou o prefeito de Trizidela do Vale.

Herlon não se intimidou e retrucou Fred, afirmando que para ele, a causa não era importante e classificou os caminhoneiros como palhaços “Pra mim não é, esses mesmos palhaços fizeram isso pra protestar contra a Dilma, o país não ia mudar no dia seguinte? Eles que aguentem as consequências. Tô sem combustível até para ambulância.” Disse Costa.

Após ver o prefeito de Belágua chamar os caminhoneiros de Palhaços, Fred, que é filho de caminhoneiro e durante os protestos em Pedreiras e Trizidela, abraçou a causa, e juntou-se na manifestação, não mediu palavras e foi pra cima. “Rapaz, você deve ser louco! Triste ver um gestor falar uma besteira dessas. Caminhoneiro não apoiou nada de golpe.” Respondeu Fred Maia.

Fred continuou, no que podemos chamar de “mijada”. “Deveria respeitar porque eles são pais de famílias. Você deve ser desses prefeitos incompetentes e corruptos que temos no Maranhão.” Disparou o prefeito de Trizidela do Vale, que garantiu que iria tornar publico através da mídia o posicionamento de Herlon.

O prefeito de Belágua retrucou Fred Maia, dizendo que quanto a ser corrupto, só o tempo dirá. Já em relação a mídia, Herlon disse que não perde seu tempo com isso, pois tem mais o que fazer.

Veja os prints da conversa logo abaixo:

Prefeito Fred Maia participa de protesto em apoio aos caminhoneiros.

O prefeito do município de Trizidela do Vale, Fred Maia (MDB), participou na manhã deste sábado, 26, de mais um protesto dos Caminhoneiros. O ato aconteceu nos municípios de Trizidela do Vale e Pedreiras, e contou com a participação de dezenas de caminhoneiros, dentre eles, o próprio Fred Maia, que gravou o vídeo a bordo de um caminhão.

“Eu estou aqui como proprietário de posto, consumidor e prefeito, que não agüento mais pagar combustível tão caro para a prefeitura, comprar combustível tão caro pra vender em meu posto, e às vezes a população achar que o dono do posto é quem tá ganhando dinheiro e na verdade não é, pois o dinheiro está ficando todo em impostos para o governo e para fazer o que eles estão fazendo lá em Brasília. Por isso nós estamos aqui protestando junto com os amigos caminhoneiros. Todos nós somos caminhoneiros! O pais está parado e nossa manifestação é essa, pacifica, sem fechar ruas, sem parar ambulância. É só o caminhão parar, quando o caminhão para, para todo mundo.” Destacou o prefeito.

Os dois municípios que são vizinhos, contam com 13 Postos de Combustível e apenas um ainda tem combustível.

Fred lembrou que só este ano o combustível já teve 17 aumentos e que a situação está insustentável. Pra se ter uma idéia, do valor pago na gasolina, por exemplo, 26% é só para pagamento do ICMS, imposto cobrando pelo Governo do Estado e que foi reajustado em 2017 pelo Governador Flávio Dino.


Jânio Balé é condenado a devolver R$ 414 mil aos cofres de Trizidela do Vale

O ex-prefeito também teve seus direitos políticos suspensos pelo período de oito anos.

Os argumentos apresentados pelo ex-prefeito do município de Trizidela do Vale, Jânio Balé, para tentar provar que não merecia ser condenado por ato de improbidade administrativa, foram considerados insuficientes pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), ao julgar recurso de apelação do ex-gestor.

De acordo com o órgão colegiado do Tribunal, o conjunto de provas reunido nos autos consegue demonstrar, com a segurança e certeza necessárias e exigíveis, o elemento subjetivo nas contratações diretas realizadas pelo então prefeito, bem como a lesão ao erário.

Segundo o Ministério Público Estadual, autor da ação original, o então gestor teve sua prestação de contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS), referente ao exercício financeiro de 2007, julgada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA).

Entre as irregularidades apontadas, havia também fracionamento de despesas para aquisição de material de consumo, aquisição de medicamentos e combustível. O ex-prefeito foi condenado, em 1º Grau, a ressarcir os danos, no valor de R$ 414.897,31; a pagar multa civil equivalente ao valor do dano; teve os direitos políticos suspensos por oito anos; e foi proibido de contratar com o Poder Público por cinco anos.

RECURSO – Inconformado, o ex-prefeito apelou ao TJMA, alegando que, para que fosse imputada a prática de ato de improbidade administrativa, seria necessária a comprovação de que o agente público agiu com dolo, má-fé, assim como prejuízo ao erário. Considerou que assinou as notas de empenho e recibos, pressupondo regularidade quanto aos procedimentos licitatórios.

Segundo o voto da relatora, desembargadora Angela Salazar, a prova documental aponta para reiterada contratação, sem prévia licitação, pela administração municipal, durante todo o exercício de 2007, em clara afronta aos preceitos constitucionais e legais.

Quanto à alegação do ex-prefeito, de que não tinha conhecimento da ilegalidade, pois teria sido mal orientado por seus assessores, a relatora considerou os argumentos insuficientes para descaracterizar o ato de improbidade, porque, enquanto prefeito, tinha o dever legal de fiscalizar a licitude dos processos que precedem a formalização contratual ou a dispensa dos mesmos.

Angela Salazar citou entendimentos semelhantes em outras decisões do Tribunal e manteve as penalidades aplicadas em primeira instância, consideradas proporcionais e devidamente fundamentadas.

O desembargador Kleber Carvalho e a juíza Alice de Sousa Rocha, convocada para compor quórum, também negaram provimento ao recurso do ex-prefeito.