Jota Pinto quer asiáticos dominando o comércio ribamarense

Uma das propostas do pré-candidato é abrir Ribamar para os Asiáticos

O secretário de articulação política de São Luís e pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto (Patriota) aproveitou o feriadão do dia do trabalhador para apresentar o município à um grupo de comerciantes asiáticos. A idéia de Jota Pinto é facilitar a invasão dos asiáticos para o comércio ribamarense.

A proposta foi recebida com desconfiança pelos comerciantes tradicionais da sede do município. “Hoje o que você vê no centro comercial de São Luís é uma proliferação dos asiáticos, que invadiu a cidade, comprou pontos comerciais e dominou o mercado, com o monopólio Xing Ling.” disse o comerciante Mário Jorge.

Diferente do que tenta passar, a abertura do comércio para os Asiáticos só traria crescimento de emprego se fossem indústrias, do contrário, se acontecer o mesmo que ocorre hoje em São Luís, as lojas são em sua maioria, comandadas por Asiáticos, tirando o emprego do ludovicense, poderia ter um efeito avassalador para o trabalhador ribamarense.

A dominação do comercio local pelos Asiáticos foi, inclusive, pauta de discussão proposta pelo vereador Ricardo Diniz, durante sessão em São Luís. Segundo o parlamentar, há uma concorrência desleal já que muita mercadoria é pirata, o que causa um prejuízo gigantesco ao município.

Em São Paulo,onde estão a maioria dos chineses, durante operação esta semana, fiscais da prefeitura apreenderam relógios e mercadorias falsificadas em lojas de Asiáticos, que juntas somavam mais de R$ 250 milhões em produtos.

Mas para Jota Pinto, a proposta é viável, e quem sabe, São José de Ribamar vire a nova Xing Ling do Maranhão.

Em grupos de whatsApp sobre a política local, o tema virou piada. “Enquanto Nonato Limar quer Ribamar para os Ribamarenses; Jota Pinto quer Ribamar para os Chineses.” cutucou um participante.