Eleições 2020: Até ONG já tá fazendo pesquisa em Vitória do Mearim

Segundo dados da Receita Federal, o Instituto não poderia atuar como Instituto de Pesquisa Eleitoral

O registro feito pelo ISMA – Instituto de Sociodesenvolvimento do Maranhão, ong especialista em atividades de associações de defesa de direitos sociais com sede em Mirinzal, chamou atenção do blog.

Em consulta ao site da receita federal, é possível notar que o instituto não tem nenhuma habilitação para realizar pesquisa eleitoral. Dentre as atividades econômicas devidamente cadastrada na receita federal, estão as de defesa de direitos sociais e cultura e arte.

Dados do registro sem qualquer referência a porcentagem de entrevistados por gênero, idade, grau de escolaridade, nível econômico

Já no site do TSE, o que se vê é um plano amostral totalmente equivocado, sem obedecer nenhum critério estabelecido na resolução nº 23.624/2020. Nem o questionário está disponível para consulta pública já que ao clicar no arquivo, apenas uma página em branco é aberta.

Mesmo assim a pesquisa foi registrada, e, segundo o cadastro, foi realizada e ouviu 304 entrevistados entre os dias 16 e 20 de agosto, com data de divulgação para a próxima quinta-feira (27).

Para piorar ainda mais a situação, nem mesmo o nome dos bairros onde a tal pesquisa foi realizada está disponível. Uma verdadeira bagunça.

Outro lado

O blog entrou em contato com a ONG e até o momento da publicação, não obteve qualquer resposta sobre as claras irregularidades no registro da Pesquisa Eleitoral.