Thaiza Hortegal engaja-se em movimento nacional promovido por deputada federal

A deputada estadual Dra. Thaiza Hortegal (PP) acompanhou a deputada federal pelo Piauí Iracema Portella (PP), procuradora da Mulher na Câmara Federal, durante o evento “Políticas Públicas para Mulheres no Legislativo Municipal”, promovido pela Procuradoria da Mulher na Assembleia Legislativa, sob a coordenação da deputada Helena Duailibe, nesta sexta-feira (14). Iracema Portella também é presidente nacional do movimento “Mulheres Progressistas” e engajada no projeto de motivar mulheres de todo o Brasil para a política.

“A verdadeira democracia é formada por homens e mulheres e eventos como este são importantíssimos para que possamos avançar na nossa participação na vida pública do nosso país. Hoje foi um divisor de águas aqui no Maranhão, com troca de ideias e discussões, onde tivemos um resultado animador. E aproveitamos para promover a luta pela coincidência de mandatos, por meio da PEC 056, únicas eleições a cada quatro anos, assinando um manifesto em prol dessa proposta que será votada no Senado Federal na semana que vem. Sou grata pelo convite de acompanhar a deputada federal Aline Gurgel e vamos percorrer todo Brasil, participando desses eventos e cada vez mais empoderando as nossas mulheres”, disse a deputada Iracema Portella.

Thaiza Hortegal saiu do evento inspirada a mobilizar mais mulheres para a política;. Ele teceu comentários sobre o crescimento tímido de deputadas estaduais e lamentou a ausência de uma parlamentar na Câmara Federal, algo que, na sua visão, precisa ser corrigido nas próximas eleições.

“O Maranhão não conseguiu eleger uma deputada federal. Isto é lamentável e precisa ser corrigido. Em nosso estado, tivemos um crescimento muito tímido. E a realidade das representações não é muito diferente nas Câmaras de Vereadores, e isso pode mudar se nos engajarmos para que as mulheres sejam incentivadas a participarem mais ativamente da política em suas comunidades, em seus municípios. Estou inspirada a participar desse momento e creio que uma das estratégias defendidas pelas nossas procuradoras, deputadas Iracema Poirtella e Helena Duailibe, seja a mais eficiente no momento, que é a implantação de Procuradorias Municipais da Mulher”.