Após boicote municipal, time do São José fará amistoso hoje em São Luís

Perseguido pela gestão municipal, presidente do Peixe-Pedra consegue apoio, e amistoso será realizado hoje.

Depois da novela envolvendo o time do São José e a gestão do prefeito Luís Fernando (PSDB), que segundo o presidente do time, Paulo Campineiro, fez de tudo para boicotar a equipe (leia aqui), fechando os portões do Estádio durante a apresentação dos atletas, e negando autorização para que o time realizasse o amistoso com a equipe do Americano, marcado para hoje, 14, na casa do Peixe-Pedra, ontem a tarde (13), o próprio presidente da equipe ribamarense anunciou que a novela chegou ao final.

Segundo Campineiro, com a ajuda do ex-prefeito Gil Cutrim (PDT), o amistoso será realizado logo mais, as 15h3, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís.

“Amigos, o amistoso do São José será realizado neste domingo, as 15h3, no Nhozinho Santos, contra a equipe do Americano. Nosso amigo Gil Cutrim conseguiu prá gente. Portões abertos! Convido todos pra conhecer o time.” Anunciou Paulo Campineiro.

O Estádio Municipal Dário Santos foi reformado e ampliado na gestão do ex-prefeito, quando ganhou estrutura para receber jogos do campeonado maranhense.

O próprio Gil Cutrim, que tem uma história com o futebol maranhense, e já comandou a equipe do Moto Club, se pronunciou em suas redes sociais.

“Sempre ajudei o esporte ribamarense, especialmente o São José. Não seria diferente agora! Se “eles” perseguem, nós fazemos exatamente o contrário. Conte comigo sempre. Avante Peixe-Pedra!” alfinetou o ex-prefeito, falando claramente da perseguição que o Time do São José vem sofrendo pela administração municipal.

Leia também:

Presidente do São José revela boicote por parte da Prefeitura Municipal

Assista o vídeo em que Paulo Campineiro revela a perseguição que o São José vem sofrendo.

Exclusivo: Gil Cutrim consegue na Justiça, suspensão da decisão que exonerou 105 professores em Cantanhede.

A Ação Rescisória proposta pelo escritório do advogado Gil Cutrim, ex-presidente da Famem e ex-prefeito de São José de Ribamar, garantiu, através de tutela antecipada concedida pela Desembargadora Cleonice Silva Freire, a suspensão imediata da decisão que cancelou a segunda-fase do concurso público de 2009, e resultou na exoneração de 105 professores no último dia 15.

Gil Cutrim foi recebido por uma grande multidão que festejou a decisão.

Os professores do município de Cantanhede, através do advogado Gil Cutrim (PDT), conquistaram, no inicio da tarde desta sexta-feira (22), uma grande vitória, que foi festejada por professores e pais de alunos, em caminhada pelas ruas da cidade. Através de Ação Rescisória impetrada pelos advogados do escritório de Cutrim, foi concedida pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, a suspensão imediata do cumprimento da sentença que teve como resultado, a exoneração de 105 professores em Cantanhede.

“Defiro a liminar, suspendendo a fase de cumprimento de sentença dos autos da Ação nº 560-91.2010.8.10.0080, em trâmite na Comarca de Cantanhede, até posterior deliberação.” Diz a decisão da desembargadora.

Professora Ieda, Gil Cutrim e Gracioneide, durante entrega da decisão que garante a suspensão da decisão que exonerou 105 professores.

Gil Cutrim foi até Cantanhede, dar a noticia pessoalmente aos professores, onde foi recebido com muita festa pelos 105 pais de famílias, que há uma semana promoviam manifestações na tentativa de sensibilizar o prefeito Ruivo, que chegou a enviar Projeto de Lei para a Câmara, no intuito de recontratar os professores, com salário 60% inferior, o que gerou mais revolta da classe.

“Quando tomei conhecimento da injustiça que estava sendo feita contra os professores de Cantanhede, e consequentemente com os alunos, determinamos que todo o escritório se concentrasse para reverter essa situação. Quando recebemos a liminar favorável aos professores, fiz questão de ir comemorar pessoalmente com os professores e alunos essa nossa grande conquista. ” Disse Cutrim

Centenas de pais de alunos também comemoraram a decisão conquistada por Cutrim, já que há uma semana, centenas de alunos estavam sendo prejudicados pela falta de professores.

Luís Fernando poderá disputar vaga para Deputado Federal e deixar prefeitura nas mãos do cearense Eudes Sampaio.

Luis Fernando poderá deixar a prefeitura para disputar votos com Gil Cutrim na corrida rumo à Câmara Federal

Exclusivo – Tudo indica que o prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), abandonará o barco mais uma vez. Enfrentando serias dificuldades em administrar a cidade, que agora tem uma população três vezes maior do que o município que comandou pela primeira vez em 2005, e com a obsessão em seu ex vice-prefeito, Gil Cutrim (PDT), Luís Fernando deverá deixar a prefeitura nas mãos do vice-prefeito, o cearense Eudes Sampaio (PTB), para disputar uma vaga na Câmara Federal.

A noticia foi dada na manha desta segunda-feira, 31, por um aliado do prefeito de São José de Ribamar, que acredita que Luís Fernando poderá tomar tal atitude movido apenas pela obsessão contra Gil Cutrim, traindo mais uma vez os eleitores.

Luís Fernando estaria disposto à ir pro racha contra o ex-prefeito Gil Cutrim. De acordo com o vereador, o próprio prefeito teria confessado que, caso Cutrim seja candidato a Deputado Federal, ele (Luis Fernando), estaria disposto a deixar a prefeitura para disputar uma vaga na Câmara Federal, e, movido exclusivamente pela obsessão e vaidade, ver quem teria mais votos.

O vereador pediu para não ter seu nome revelado, já que é aliado do ex-prefeito e do atual prefeito.

O cearense Eudes Sampaio já sonha com a saída de Luís Fernando .

“Essa obsessão de Luís Fernando tá virando uma loucura, tudo ele compara com Gil, chega até a nos deixar em sinuca de bico, porque somos amigos do ex-prefeito e do prefeito. Por último, durante um almoço, quando eu toquei na possibilidade de Gil ser eleito Deputado Federal, Luís Fernando atravessou a conversa e disse que no pau à pau, ele queria ver quem tem mais votos.” Disse o vereador.

Se Luís Fernando realmente deixar a prefeitura para disputar as eleições no ano que vem, será a segunda vez que deixará o cargo, o que poderá por fim a sua carreira política no município.

Do outro lado, Eudes Sampaio que não tem nenhuma expressão no município e carrega a antipatia da classe política, já vibra com a possibilidade de ganhar de mãos beijadas a prefeitura da terceira maior cidade do Estado.

Enquanto Luís Fernando não comunica a decisão ao seu grupo político, segue inaugurando obras executadas pelo ex-prefeito e participando de inaugurações de obras do Governo do Estado.