Aos 52 anos, morre o cantor maranhense Gerson da Conceição

O músico, cantor e compositor maranhense Gerson da Conceição faleceu nesta segunda-feira (22), aos 52 anos, em São Paulo. Ele é um dos cantores mais conhecidos do reggae e da música do Maranhão. As causas da morte ainda não foram divulgadas, mas amigos próximos informaram que foi um infarto fulminante.

Gerson da Conceição era graduado em música pela Faculdade Paulista de Artes (FPA) e tinha em seu currículo gravações com artistas como Zeca Baleiro, Rita Benneditto, Banda Black Rio e Tribo de Jah.

O cantor morava na cidade de São Paulo. Em 2012, em entrevista à TV Mirante, Gerson disse que mesmo quando está morando fora, nunca perdeu a conexão com a cidade natal, São Luís. Para o cantor, a cidade é fonte de toda sua musicalidade.

“Aqui é onde a gente bebe da fonte de inspiração. Toda vez que venho aqui e vejo a baía de São Marcos, os amigos, a família… aí a gente sente a energia necessária para a música”, contou o músico.

História

Gerson da Conceição saiu de São Luís há mais de 15 anos para tentar a carreira em São Paulo quando estourou com o sucesso Down Down, quando sua banda ainda se chamava Nego Banto. Após assinar contrato com uma grande gravadora, mudou o nome da banda para Manu Bantu.

Durante este tempo fez shows, produziu discos e compôs trilha sonora para filmes.

Com a banda Mano Bantu, dividiu o palco com grandes nomes do reggae internacional como os jamaicanos U Roy, Clinton Fearon e a cantora inglesa Sylvia Tella.

Como produtor assinou os arranjos e direção musical da faixa “Ultimo Post”, do Album “ O disco do ano” do artista Zeca Baleiro, que tem participação especial da cantora Margareth Menezes. Produziu também, juntamente com Edu Zappa, a trilha sonora do curta Jardim Beleléu, do diretor Ari Candido Fernandes.

Confira Down Down que projetou Gerson da Conceição nacionalmente

Informações do G1 com edição do blog Maramais