Eudes Sampaio é acionado na Justiça por propaganda antecipada

A situação do prefeito Eudes Sampaio (PTB), fica mais complicada a cada dia que passa. Com gestão reprovada por 68,2% dos ribamarenses, de acordo com pesquisa Data Ilha (Veja todos os detalhes aqui), agora o prefeito também enfrenta um processo por propaganda antecipada.

De acordo com os autos do processo, Eudes é acusado de ter cometido o crime de propaganda eleitoral antecipada, durante ato administrativo da prefeitura em agosto, na entrega de títulos no bairro Alonso Costa.

O blog Maramais chegou a postar o fato, em reportagem Alô MPE: Funcionário da Prefeitura transforma entrega de título de terra em comício eleitoral em São José de Ribamar.

A ação também tem o líder comunitário “Dono do Mundo” como polo ativo e curiosamente, o mesmo advogado do prefeito Eudes Sampaio, também advoga para o líder comunitário, presidente da associação, funcionário comissionado e cabo eleitoral do prefeito.

Confira a ação aqui.

Eudes Sampaio tenta vencer eleição tirando adversários na Justiça

A coligação do prefeito Eudes Sampaio (PTB ), tenta impugnar o registro de candidatura de pelo menos dois candidatos que disputarão a prefeitura de São José de Ribamar.

Buscando a reeleição e apenas em terceiro lugar segundo a pesquisa DataIlha, Eudes enfrentará cinco adversários, numa disputa que pela primeira vez, seis chapas disputando o comando da terceira maior cidade do Estado, são eles: Beto das Vilas(Republicanos); Dr. Julinho(PL); Edson Júnior(MDB); Eudes Sampaio(PTB); Jota Pinto (PDT) e Magão (PSOL).

Mas se depender do prefeito Eudes Sampaio, que detém reprovação de sua gestão por 68,2% do eleitorado, segundo pesquisa DataIlha, a disputa será com um número menor de adversários, já que a coligação “Pra frente, Ribamar”, do atual gestor, tenta tirar pelo menos dois adversários da disputa usando a Justiça.

Um é o favorito para vencer a eleição, Dr. Julinho (PL), considerado o maior adversário de Eudes já que lidera todas as pesquisas de intenções de votos e que reuniu seu grupo no último dia 01 para reafirmar a condição de ficha-limpa e mandar um recado para Eudes. “Não deixaremos o povo nas garras da atual gestão, porque ela é reprovada por 68,2% dos ribamarenses, como apontou a pesquisa DataIlha. Por esse motivo, se preciso for e se usarem a força jurídica deles para tirar todos os candidatos da disputa, de modo que restem somente o atual prefeito, não deixaremos o povo só e o grupo do Dr. Julinho terá candidato.” Destacou o presidente municipal do PL, Júlio Filho.

O outro é o candidato Jota Pinto, que teve o pedido de registro de candidatura de seu companheiro de chapa Santana (PT), impugnado. De acordo com Jota Pinto, está tudo certo com o registro do seu vice-prefeito. “Nossos advogados vão demonstrar que o nosso vice-prefeito está regular. O que o prefeito quer é vencer no WO, sem candidato, e isso não acontecerá.” Resumiu Jota Pinto.

Escutec confirma vitória de Dr. Julinho em São José de Ribamar

Mais um Instituto de Pesquisa confirma a vitória de Dr. Julinho (PL) na disputa pela prefeitura de São José de Ribamar.

Números gerados pelo programa SPSS, e para votos válidos, há arredondamento o que pode gerar uma soma total de 99% ou 101%, conforme alertado no relatório, fruto de arredondamentos.

O novo levantamento, feito entre os dias 25 e 27 de setembro e divulgado em primeira-mão pelo Jornal O Estado, revelou que se a eleição fosse hoje, considerando apenas os votos válidos, Dr. Julinho seria eleito com 48% dos votos ribamarenses.

Bem distantes, aparecem tecnicamente empatados, os candidatos Beto das Vilas (Republicanos) e Eudes Sampaio (PTB), ambos com 18%, seguidos de Jota Pinto (PDT) com 12% e Edson Júnior (PMB) com 5%. O nome do candidato Magão (PSOL), não aparece em nenhuma pesquisa feita até o momento.

No cenário onde são considerados todos os votos, inclusive brancos, nulos e os que disseram não saber em quem votar, Dr. Julinho venceria com diferença de 26 pontos. De acordo com o levantamento, neste cenário o médico está com 41% das intenções de votos; Beto das Vilas e Eudes Sampaio com 15%; Jota Pinto com 10%; Edson Júnior com 4%; Nenhum deles 6% e NS/NR 9%.

Essa é a quarta pesquisa registrada que aponta vitória folgada de Dr. Julinho em São José de Ribamar.

O levantamento feito pela Escutec ouviu 600 entrevistados entre os dias 25 e 27 de setembro, está protocolado sob o número MA-03402/2020, tem margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos e intervalo de confiança de 90%.

Vítima de fakenews

Liderando a preferencia dos ribamarenses com grande folga para os seus adversários, o médico passou a ser vítima de fakenews em grupos de whatsapp e em veículos de imprensas alinhados com seus adversários.

Curiosamente, entre os propagadores de fakenews estão a chefe de gabinete do prefeito Eudes Sampaio, candidatos aos cargos de vereador do PTB, partido do atual prefeito e dezenas de funcionários comissionados da prefeitura.

Para desmentir qualquer divulgação mentirosa, qualquer cidadão tem acesso ao Divulgacand, e verificará que o médico está elegível e com todas as certidões apresentadas dentro do prazo.

Eudes Sampaio fora da disputa?

Até o momento, o atual prefeito Eudes Sampaio (PTB) foi o único candidato que teve seu impugnação ao registro de candidatura protocolado na Justiça, e poderá ser substituído por Tiago Fernandes (PP).

Bomba! Impugnação ao Registro de candidatura de Eudes Sampaio é protocolada na Justiça

Uma reviravolta na eleição de São José de Ribamar deve tirar o atual prefeito Eudes Sampaio (PTB) da disputa.

Os advogados da coligação Esperança e Mudança para São José de Ribamar protocolaram na noite desta segunda-feira (28), impugnação ao registro de candidatura do prefeito Eudes Sampaio (PTB), que tentaria a reeleição.

Tanto o registro quanto o pedido de impugnação aguardam decisão da Justiça.

Na peça, os advogados usam como base decisões do STF para demonstrar a inelegibilidade de Eudes Sampaio.

A situação do gestor ribamarense é bem parecida com a da prefeita do município da Raposa, Talita Laci (PCdoB), que por recomendação do seus advogados, preferiu não arriscar e não disputará a eleição este ano.

Saída de Eudes não muda corrida eleitoral

Com o pedido de impugnação de candidatura de Eudes e uma eventual saída da disputa, a corrida eleitoral não mudará quase nada em São José de Ribamar, já que segundo a última pesquisa eleitoral divulgada pelo Instituto DataIlha, o atual gestor ficaria apenas em terceiro lugar.

O Instituto também revelou que Eudes Sampaio é o candidato com maior rejeição entre os eleitores ribamarenses, tendo reprovação de sua gestão por 68,2% dos entrevistados. (Confira os dados completos da pesquisa aqui.)

Até o momento, Eudes Sampaio foi o único candidato que teve impugnação ao Registro de Candidatura protocolado na Justiça, e segundo aliados, já estuda a possibilidade de ser substituído por Tiago Fernandes (PP).

Vídeo: Moradora das Vilas dá “mijada” e bota Eudes Sampaio “pra correr” durante primeira ação de campanha 

Pelo visto o clima não é nada favorável para o candidato à reeleição Eudes Sampaio (PTB). Com a gestão reprovada por 68,2% dos eleitores, segundo resultado da última pesquisa Datailha (Veja aqui), por onde anda, Eudes tem sido repreendido e passado vergonha.

Neste domingo (27), durante caminhada na Vila Flamengo, ato que marcou a primeira ação de campanha do prefeito, uma moradora deu uma verdadeira “mijada”, termo que no popular significa “bronca”, “lição de moral em público”, e botou o prefeito e os funcionários da prefeitura que o acompanhavam para correr de seu estabelecimento comercial.

Sabido, Eudes não pensou duas vezes e saiu de fininho, como se não tivesse levado a puxada de orelha.

Já a moradora, mostrou mais uma vez que os ribamarenses estão cada vez mais corajosos, prontos para falarem o que querem, seja para quem for.

Reclamação geral

Não é a primeira vez que Eudes passa vergonha, foi assim na Cidade Alta, no bairro Araçagy, na Vila João de Cadal e outros lugares por onde passou. (Relembre aqui)

Confira o vídeo

Vídeo: Eudes Sampaio anuncia “carro pipa” como solução para falta de infraestrutura; Moradores protestam

Em mais um encontro desastroso com moradores de São José de Ribamar, o prefeito Eudes Sampaio (PTB), que detém reprovação recorde de 68,2% dos eleitores do município (veja os dados completos aqui), fez um anúncio inusitado e que deixou os participantes revoltados.

No vídeo que circula em grupos de whatsapp, é possível ver um resumo de uma reunião denominada Escuta.

Ao reclamarem da falta de asfalto em sua comunidade, os moradores foram surpreendido com o anuncio de “carro pipa” para resolver o problema e protestaram.

“Tem outros lugares que tem o mato na rua e eu chego as vezes e digo, rapaz, não arranca esse mato porque vai ter poeira, e isso as vezes é uma opção da comunidade. Pra melhorar essa situação, nós vamos passar um carro pipa lá, todo dia, pra poder diminuir a poeira.” Disse o prefeito, que foi interrompido por protestos dos moradores, que esperavam o anúncio da pavimentação da rua.

Insatisfeito com a reclamação, o prefeito ironizou, “Então é melhor poeira?”.

Na sequência do vídeo, mais reclamações e censura dos organizadores, que não deixaram mais os moradores falarem verdades ao prefeito.

Coligação de Eudes Sampaio mostra que grupo ficou nanico em relação à eleição de 2016

Eleito vice-prefeito em 2016, quando Luís Fernando foi eleito prefeito pelo PSDB com o apoio de 20 partidos, a coligação “Pra frente, Ribamar”, que aguarda deferimento na Justiça Eleitoral e que tem Eudes Sampaio (PTB), como cabeça de chapa e Tiago Fernandes (PP), como vice-prefeito, mostra que o grupo ligado ao ex-prefeito se tornou nanico.

Com apenas quatro partidos, Eudes Sampaio perdeu 16 outros partidos que não acreditaram no projeto de reeleição do atual prefeito e preferiram coligar-se com outros candidatos.

Fazem parte do grupo político de Eudes, além do PTB e PP, apenas o Solidariedade e o Pros.

Com gestão reprovada por 68,2% dos ribamarenses, segundo pesquisa Datailha (veja detalhes aqui), Eudes não conta sequer com o PSDB, partido que saiu vitorioso em 2016 e que está fora da eleição este ano.

Republicanos, PTC, PSB, PV e PSD, por exemplo, que apoiaram Luís Fernando e Eudes Sampaio em 2016, mudaram o rumo e estão com Beto das Vilas, pré-candidato do Republicanos.

Rede, DEM, PMB e PCdoB trocaram o grupo de Eudes Sampaio por Jota Pinto, pré-candidato pelo PDT.

PSL e Patriota também mudaram suas direções e estão com o grupo de Dr. Julinho (PL).

Já o PMN, partido que apoiou o projeto de Luís Fernando e Eudes Sampaio em 2016 agora caminha com Edson Júnior, pré-candidato do MDB.

De acordo com a última pesquisa DataIlha, se a eleição fosse hoje, Dr. Julinho seria eleito com 41,22%; Beto das Vilas ficaria em segundo lugar com 12,24%; mais longe ainda, apenas em terceiro lugar, ficaria o atual prefeito Eudes Sampaio (PTB), com 11,84%; Jota Pinto aparece com 7,14%; Edson Júnior com 4,29%; Brancos e Nulos 15,51% e Não sabem ou não responderam 7,76. (Veja todos os dados da pesquisa aqui).

68,2% reprovam a gestão de Eudes Sampaio em São José de Ribamar

Levantamento feito pelo Instituto Datailha entre os dias 12 e 14 de setembro, revelou que 68,2% dos ribamarenses reprovam a forma como o atual prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio (PTB), vem administrando a cidade. Ainda segundo dados da pesquisa, 28,2% disseram aprovar a forma como Sampaio está gerindo o município e 3,6% não souberam ou não quiseram responder.

O levantamento, que também apurou a intenção de votos e constatou vitória fácil do médico Dr. Julinho, se as eleições fossem hoje, também quis saber em quem o eleitor ribamarense não votaria de jeito nenhum.

Neste quesito, Eudes Sampaio mais uma vez foi o nome mais rejeitado entre os eleitores ribamarenses.

48,8% dos entrevistados disseram que não votariam em Eudes Sampaio de jeito nenhum.

Jota Pinto aparece em segundo com 18,9% de rejeição, seguido por Beto das Vilas com 14,3% e bem distante com as menores rejeições entre o eleitorado, aparecem o médico Dr. Julinho com apenas 13,5% de rejeição e o advogado Edson Junior, com apenas 4,5%.

A pesquisa foi contratada pelo Jornal Extra, está registrada no TSE sob o número MA-08581/2020, ouviu 490 eleitores entre os dias 12 e 14 de setembro, tem margem de erro de 4% para mais ou para menos e taxa de confiança de 95%.

Sem moral, Eudes Sampaio vê deputado declarar apoio a oposição em seu próprio palanque

O prefeito Eudes Sampaio (PTB), que tem sua gestão reprovada por 68,2% dos ribamarenses e ficaria apenas em terceiro lugar se as eleições fossem hoje, segundo pesquisa Datailha divulgada neste domingo (20), vive uma péssima fase.

Após enfrentar momentos difíceis em visitas aos bairros João de Cadal, muita confusão durante evento no Araçagy e ser hostilizado pelos moradores da Cidade Alta, o prefeito Eudes Sampaio assistiu calado, em seu próprio palanque no Parque Jair, o deputado Marcos Caldas dizer em sua cara que não o apoiará.

Pior do que isso, foi ouvir o parlamentar afirmar para a população do bairro, que seguirá as ordens do PDT, e caminhará com o pré-candidato Jota Pinto (PDT), adversário de Eudes.

A conduta do parlamentar mostrou o completo desprestigio de Eudes Sampaio com a classe política e aconteceu no mesmo bairro onde dois anos antes, o vereador Moisés Gama foi afrontado pelo ex-prefeito Luís Fernando e o atual prefeito Eudes Sampaio, que acusou o parlamentar de votar contra a população do Parque Jair.

Misteriosamente, dois anos depois de tentar dar uma surra em Luís Fernando, Moises Gama virou o grande defensor do prefeito Eudes Sampaio.

Porém, o palanque montado para apresentar Eudes ao Parque Jair foi contemplado com a participação do deputado Marcos Play, que acabou com a festa do gestor.

Jota Pinto deve anunciar apoio a Eudes Sampaio

Com convenção marcada para o dia 12, o pré-candidato a prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto (PDT), deve anunciar sua desistência, pela segunda vez, para declarar apoio ao grupo do atual prefeito, Eudes Sampaio (PDT).

Em 2016, Jota Pinto chegou a iniciar uma pré-campanha tímida, mas acabou declarando apoio ao ex-prefeito Luís Fernando (PSDB) e o atual prefeito Eudes Sampaio, que concorreu como vice naquele pleito.

Agora, com pré-campanha em marcha lenta, há fortes rumores da união e os próprios pré-candidatos aos cargos de vereador já admitem a estranha união.

“Esse é meu medo, de ter alguma desistência. Eles sambem que se não unir, perde para Julinho. Mas estou fazendo apenas  campanha para vereador.” Disse um pré-candidato ligado ao vereador Negão, cotado como vice e que pode ter que se unir ao seu maior rival.

A declaração do pré-candidato a vereador também revela o “corpo mole” que está sendo feito pelos apoiadores do pré-candidato a prefeito, o que pode ter motivado a possível desistência.