Ciente da vitória de Osmar, Astro esquece que ele próprio promulgou lei que determina eleição em abril.

E foi eleito presidente da Câmara em pleito que aconteceu no dia 09 de abril de 2014.

Astro de Ogum entrou em crise de amnésia e esqueceu da emenda à Lei Orgânica, promulgada por ele e que determina eleição até o dia 15 de abril.

O atual presidente da Câmara de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), em um ato de coragem e valentia, resolveu desacatar a sentença do desembargador Jamil Gedeon, que determinou que a eleição da Mesa Diretora da Casa fosse realizado imediatamente. (Reveja aqui)

Corajoso, Astro fez exatamente o contrário, e desafiando a justiça do Maranhão, publicou edital convocando as eleições somente para o segundo semestre, no dia 08 de agosto.

Pelo visto, a tentativa do presidente da Câmara é articular um novo plano para tentar reverter a vitória de Osmar Filho (PDT), que já conta com apoio da maioria dos vereadores. (Reveja aqui)

Emenda à Lei Orgânica, promulgada pelo próprio Astro e que determina a eleição da Mesa Diretora na primeira quinzena de Abril

Tudo indica que Astro anda com a memória curta, e esqueceu que a Emenda à Lei Orgânica do Município, que determina eleição da mesa diretora na primeira quinzena de abril foi promulgada por ele mesmo, em 07 de abril de 2014.

Aliás, foi naquele ano, também na primeira quinzena de abril que Astro foi eleito presidente da Câmara.

Agora, pelo visto, Astro pretende rasgar de uma só vez, o documento assinado por ele e a sentença do desembargador.

Nos bastidores político, a atitude de Astro é vista por uns, como ato de coragem, já por outros, desespero puro.

Ontem, o vereador Nato Júnior impetrou MS para que a eleição seja realizada em 48 horas. (Reveja aqui) O pedido ainda não foi apreciado.