Instituto que tem entre suas atividades, venda de arma e munição, aponta crescimento de Detinha em São Luís

A pré-candidata a prefeita de São Luís, deputada Detinha (PL), apareceu pela primeira vez, acima dos 6 pontos. O bom desempenho é fruto da pesquisa feita pelo novato Emet, instituto que tem como atividade econômica principal, o atacado de Artigos de Escritório e Papelaria, além de mais umas duas dúzias de atividades, entre elas, a venda de Armas e Munições.

No levantamento, que tem gerado muita polêmica pois contraria os números apontados pelo conceituado Ibope, Braide despenca para 33,75% das intenções de votos e Detinha decola para 6,95% das intenções de votos.

Outro dado que tem motivado muitos questionamentos é a queda das intenções de votos do pré-candidato Neto Evangelista (DEM), que aparece com apenas 5,69% segundo o instituto.

Vamos aos números pela ordem

Se a eleição fosse hoje, Eduardo Braide (Podemos) estaria em primeiro com 33,75%; iria para o segundo turno, o deputado estadual Welington do Curso (PSDB), com 13,54%.

Duarte Júnior, Detinha, Adriano Sarney, Neto Evangelista e  Bira do Pindaré aparecem tecnicamente empatados em terceiro, com 9,21%; 6,95%; 5,96%; 5,69% e 4,24% respectivamente.

No último pelotão aparecem Rubens Júnior com 2,53%; Carlos Madeira com 1,62%; Jeisael Marx com 1,53%; Dr. Yglésio com 0,63% e Frankln Douglas com 0,45%.

Nenhum representou 9,66% e não souberam responder 4,24%.

O Emet entrevistou 1.065 pessoas entre 10 e 14 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais para cima ou para baixo, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada sob o número MA-04866/2020.

Distribuição de aproximadamente R$ 400 mil reais em vale-compras não surtiu efeito na pré-campanha de Detinha

Parece que as participações da deputada estadual Detinha (PL), nas ações que distribuíram mais de 5 mil vale-compras de R$ 70 reais em pelo menos 30 bairros de São Luís, não tiveram muita relevância, pelo menos na corrida pré-eleitoral pela prefeitura da capital.

A conclusão é possível após a revelação dos números da pesquisa eleitoral divulgada neste sábado (04) pelo Instituto Prever, que aponta a pré-candidata com apenas 0,4% das intenções de votos, no cenário espontâneo.

No mesmo cenário, Braide lidera com; Bem distante e tecnicamente empatados, aparecem os demais candidatos: Duarte Júnior com 3,8%; Wellington do Curso com 3,7%; Neto Evangelista com 1,8%; Adriano Sarney com 1,8%; Bira do Pindaré com 1,5%; Flávio Dino com 0,8%; Madeira com 0,7%; Rubens Júnior com 0,6%; Jeisael Marx com 0,6%; Dr. Yglésio com 0,4%; Roseana Sarney com 0,4%; Honorato Fernandes com 0,1%; Franklin Douglas com 0,0%; Outros com 3,8%; Brancos e Nulos com 6,8% e Não sabem ou não quiseram responder 54%.

Na última edição da ação Tenha Coração, o presidente municipal do PL, vereador Aldir Júnior, confessa a Josimar de Maranhãozinho, que a ordem é buscar, em cada visita, pelo menos cinco lideranças.

A pesquisa do Instituto Prever foi realizada entre os dias 29 de junho e 2 de julho, ouviu 1006 entrevistados e tem margem de erro de 3% para cima ou para baixo, está registrada sob o número MA-04571/2020 e tem taxa de confiabilidade de 95%.

Vídeo: Presidente do PL de São Luís revela intenção eleitoreira durante ação que distribuiu vale-compras

Um vídeo postado pela própria deputada estadual Detinha, pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PL, poderia ter passado despercebido, se não fosse um comentário do vereador Aldir Júnior, presidente municipal da legenda, com o deputado Josimar de Maranhãozinho, presidente estadual do PL.

Durante edição neste final de semana na Vila Esperança, zona rural de São Luís, que distribuiu mais de R$ 40 mil reais em vale-compras do projeto Tenha Coração, Aldir, Josimar e Detinha estiveram presentes e prestigiaram o encerramento do projeto que contemplou mais de 5 mil famílias na capital, distribuindo ao todo, cerca de R$ 400 mil reais em vale-compras no valor de R$ 70, cada.

Durante o ato, Aldir garantiu a Josimar que a ordem é a equipe estar em campo captando lideranças e que em cada ida aos bairros, foram cerca de 30, pelo menos cinco ou seis são conquistadas.

“Toda vez que a gente vai num bairro, a gente arruma “cinco, seis” lideranças. A ordem que eu dei para eles, foi.. (inaudível), …daqui para o final da eleição, vamos vencer.” Disse o presidente em municipal do PL.

Se em cada ação de distribuição de vale-compras, o plano de Aldir tiver sido colocado em prática, as 30 ações  podem ter gerado a captação de pelo menos 180 apoiadores para o seu projeto.

MPE vai investigar se houve crime eleitoral em ação de distribuição de mais de R$ 400 mil reais, fruto de live

O Procurador Regional Eleitoral no Maranhão, Juraci Guimarães Júnior, apresentou pedido às Promotorias Eleitorais do município de São Luís, com atribuição perante a 2ª, 76ª e 89ª zonas eleitorais, para que sejam apuradas possíveis práticas de condutas abusivas do poder político e/ou econômico envolvendo a deputada estadual Detinha, que também figura como pré-candidata a prefeita de São Luís pelo PL.

O blog revelou no final de semana, que a ação do bloco Vem BB, que contou com as presenças de Detinha e Josimar, distribuiu milhares de vale compra no valor de R$ 70,00, fruto de uma live do cantor Tom Cleber que arrecadou mais de R$ 400 mil reais.

De acordo com o próprio Instituto, que não economizou nos elogios para a deputada estadual, serão distribuídos mais de 5 mil vales em aproximadamente 30 bairros de São Luís.

Eleições 2020: Ação apoiada por Detinha distribui milhares de vale-compras de R$ 70,00

Uma ação social promovida pelo bloco Vem BB, movimentou, na manhã deste sábado (13), os bastidores da política no bairro Cohatrac, em São Luís, onde fica a sede da ong presidida por Leandro Sávio Moreira Nunes e que mantém vínculo estreito com o casal Josimar e Detinha, que também estiveram no local.

De acordo com informações publicadas nas redes sociais do Bloco Vem BB, as ações de distribuição de “dinheiro” acontecerão em aproximadamente 30 bairros de São Luís e beneficiarão mais de 5 mil famílias.

A distribuição de vale-compras no valor de R$ 70,00, para milhares de famílias, é fruto de uma live que arrecadou R$ 400 mil reais e teve entre os principais doadores, o vereador Aldir Júnior, o deputado Josimar de Maranhãozinho e empresas com contratos milionários no município de Zé Doca, administrado pela prefeita Josinha, cunhada de Detinha.

Entre as empresas, estão a Hidraele e Projex, que já faturaram milhões na gestão de Josinha, e o escritório Contabiliza, com contratos de quase meio milhão por ano para assessoria contábil.

O elo entre o Instituto e empresas com contratos na gestão da irmã de Josimar não é novidade. Ano passado, a ong recebeu uma doação de R$ 60 mil reais feita pela Águia Farma Distribuidora de Medicamentos LTDA, que também mantém contrato em Zé Doca.

Nas redes sociais do instituto, não faltam elogios para a pré-candidata a prefeita de São Luís.

Batizada de “Tenha Coração”, a ação social, que resultou em grande aglomeração, faz lembrar Detinha com o coração azul e seu slogan, “A força do Coração”.

Josimar de Maranhãozinho quer distribuir máscaras do “22” em municípios que o PL lançará candidatura própria

Josimar viu na pandemia do novo coronavírus a oportunidade de uma “propagandinha” grátis

O presidente estadual do PL, deputado federal Josimar de Maranhãozinho mandou confeccionar máscaras com a sigla do PL e o número do partido, que também será usado pelos futuros candidatos a prefeitos. A iniciativa contraria a recomendação do Procurador Regional Eleitoral, Juraci Guimarães Júnior.

A intenção do deputado é publicitar o nome do partido e o número da legenda, que será idêntico ao usado em dezenas de municípios para escolha dos candidatos a prefeito, inclusive na capital, onde sua esposa, a deputada Detinha é pré-candidata a prefeita e deverá usar o número 22 na urna.

A ação pode complicar a vida não só do deputado federal mas também dos pré-candidatos que distribuírem as máscaras em seus municípios e ainda render multas que variam entre R$ 5 mil e R$ 106 mil reais.

Confira a recomendação da PRE para distribuição de bens e valores em tempo de pandemia.

Com Detinha, Josimar deve inflacionar campanha em São Luís

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), fenômeno de votos nas últimas duas eleições, anunciou nesta terça-feira (18), que colocará a esposa, deputada estadual Detinha (PL), na disputa eleitoral pela prefeitura da capital. A confirmação foi feita através de vídeo e o pretexto seria a necessidade de ter uma mulher na disputa.

Conhecido por seu jeito “rasgado”, Josimar deve repetir a mesma receita que o tornou o deputado estadual mais bem votado em 2014, com quase 100 mil votos e que repetiu em 2018, tornando-se o deputado federal mais bem votado do Maranhão com quase 200 mil votos, e ainda garantindo a esposa, o título de fenômeno de votos na Assembleia, com 88 mil votos.

No entanto, toda essa força passou longe de São Luís em 2018, já que na capital, Detinha obteve pouco mais de 7 mil votos, ficando muito abaixo de outros pré-candidatos como o deputado federal Eduardo Braide (131 mil votos), Duarte Júnior (46 mil votos), Bira do Bindaré (29 mil votos), Wellington do Curso (17 mil votos), Neto Evangelista (12 mil votos), Dr. Yglésio (12 mil votos), Rubens Junior (9 mil votos).

Nem o próprio Josimar obteve grande votação na capital, ficando apenas em sexto lugar no ranking de votos em São Luís, com 13 mil votos.

Agora, com a própria esposa como pré-candidata, Josimar, que está licenciado para cuidar apenas das eleições municipais do PL no Maranhão, precisará turbinar ainda mais seu jeito de fazer política, caso queira realmente vencer as eleições e ter, no ano que vem, um orçamento de aproximadamente R$ 3,4 bilhões para governar São Luís.

Confira o vídeo do anúncio

Após dia tenso na Assembleia, Duarte pavimenta sua ida para o PL

Repreendido por diversos deputados durante a sessão desta segunda-feira (19), e rechaçado por 28 parlamentares em nota da Comissão de Constituição e Justiça – CCJ, que reprovou o comportamento de Duarte, um fato quase passa despercebido, se não fosse outra grave denúncia revelada por Neto Evangelista.

Ao se pronunciar sobre a quantidade de parlamentares que assinaram a nota, e afirmar que o número só não foi maior devido a dificuldade de contato no final de semana, Neto fez uma grave acusação, que deve levar Duarte a Comissão de Ética.

Segundo o presidente da CCJ, misteriosamente, na Nota encaminhada do celular de Duarte para o celular da deputada Detinha (PL), esposa do deputado federal Josimar de Maranhãozinho, presidente do PL, continha, além dos nomes dos 28 deputados, o nome da parlamentar, que não havia autorizado a inclusão de seu nome, e que também não havia sido incluído pelo deputado Neto. O caso deve ser investigado.

Ao citar o mistério envolvendo o nome de Detinha, Neto chamou atenção para outro fato: nenhum parlamentar do PL assinou a nota.

Pode ser apenas coincidência, mas se realmente a ordem para que nenhum dos quatro deputados do partido assinassem a Nota existiu, é um sinal de que Duarte deve realmente sair do PCdoB e filiar-se ao PL de Josimar, que não esconde o desejo de ter Duarte na disputa pela prefeitura de São Luís.

Já no PCdoB, três dos quatro deputados assinaram o manifesto contrário ao comportamento de Duarte.

MPE pede impugnação do registro de candidatura da esposa do Moral da BR.

A esposa do fenômeno de votos de 2014 corre sérios riscos de ver seus votos escorrer pelo ralo. Isso porque o MPE – Ministério Público Eleitoral e o petista Zé Costa, pediram a impugnação do registro de candidatura de Detinha, esposa de Josimar de Maranhãozinho (PR) e que busca uma vaga na Assembleia Legislativa.

Nos dois pedidos, as alegações são as mesmas, Detinha estaria inelegível por ter condenação imputada pelo TJ – Tribunal de Justiça por dispensar ilegalmente licitação em 2009, durante o período que foi prefeita de Centro do Guilherme.

Josimar, que disputa uma vaga na Câmara Federal, também deve enfrentar situação parecida nos próximos dias.