Duarte e Marcelo Tavares mostram entrosamento

O deputado estadual licenciado e atual Chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão, Marcelo Tavares (PSB), fez questão de publicitar o encontro que teve nesta quarta-feira (09), com o pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB). “Conversamos sobre a São Luís de hoje e a do futuro.” Disse o ex-presidente da Assembleia.

 

O gesto de Tavares mostra que Duarte tem conquistado força e amparo de políticos da ala do vice-governador Carlos Brandão (PRB), com quem Duarte conversou recentemente e teria recebido o convite para filiar-se ao Partido Republicano Brasileiro.

 

O encontro acontece dias após o blog Maramais publicar com exclusividade o levantamento feito pelo Instituto Prever, que apontou Duarte Júnior como segundo colocado na pesquisa espontânea, e Bira do Pindaré, pré-candidato a prefeito pelo partido de Tavares, como o nome de maior rejeição na capital.

 

Para Duarte, que não é tratado como prioridade, mesmo com maior capital eleitoral entre os pré-candidatos comunistas que poderão disputar a prefeitura de São Luís, o aceno de Tavares é um claro sinal de que as coisas estão se encaixando para o ex-presidente do Procon.

Pesquisa aponta Neto Evangelista como melhor opção entre os governistas

Faltando pouco mais de um ano para as eleições municipais de 2020, um dado importante do último levantamento feito pela Econométrica chama atenção. O deputado Neto Evangelista aparece como melhor candidato dentre os governistas, em um eventual segundo turno.

De acordo com informações publicadas pelo jornalista Gilberto Leda, Eduardo Braide é o favorito.

Já entre os quatro candidatos com a chancela do Palácio dos Leões, Neto Evangelista é o que obtém melhor resultado em uma eventual disputa de segundo turno, com 13,9% da intenção de votos.

Duarte Jr, que constantemente tem trocado farpas com Neto na Assembleia Legislativa, aparece com 13,5%.

O deputado federal Bira do Pindaré, que também está no pacote do governo, teria 12% das intenções de votos.

O governista com pior posição é exatamente a aposta do PCdoB. Rubens Júnior bate a marca dos 4,2%, somente!

Vale lembrar que o levantamento foi feito para consumo interno, e que mais da metade dos entrevistados ainda não decidiram em quem votarão no ano que vem.

Vereador de Ribamar vai à casa de Sarney, tieta Roseana e após pressão de Bira, diz que foi enganado.

Vereador Salis com sorriso amarelo ao lado de Flávio Dino e do seu padrinho Bira do Pindaré, e ao lado de Roseana com largo sorrio igual ao de quem ganhou R$ 1 milhão na mega-sena.

Parece piada de quinta categoria, mas o vereador Cássio Salis (PSB), do município de São José de Ribamar, através de sua assessoria, divulgou uma nota daquelas que podemos considerar a mais mequetrefe possível, tentando justificar o injustificável.

Após matéria do blog Maramais, publicada nesta quinta-feira, 19, e que pautou a maioria dos blogs da capital, onde revelamos com exclusividade a ida do pupilo do deputado Bira do Pindaré à casa do ex-presidente José Sarney (MDB), declarar apoio ao grupo da ex-governadora Roseana Sarney, sua assessoria e o próprio vereador Professor Cássio Salis, como gosta de ser chamado o ACE – Agente Comunitário de Endemias, depois de uma pressão e no melhor estilo “chantagem”, teria voltado atrás e anunciado que a foto onde é flagrado tietano Roseana e o irmão Zequinha Sarney não condizia com os fatos, e pasmem, o afobado vereador alega ter sido enganado pelo presidente da Câmara.

“Na verdade o que aconteceu foi que Beto das Vilas, que pertence ao mesmo partido de Sarney Filho e é aliado do clã, enganou a maioria dos vereadores que foram à reunião. Em momento algum ele comunicou que o encontro teria a presença dos filhos de José Sarney.” Diz a nota, sugerindo que Cássio Salis, que foi à mansão dos Sarneys, acertou apoio ao grupo e ouviu o que foi buscar, inclusive pousando para foto ao lado de Roseana e Sarney Filho, feliz da vida como se tivesse ganhado R$ 1 milhão na mega-sena, tenha sido enganado por Beto das Vilas.

O vereador, com toda sua expertise, após receber ligação do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) ameaçando cortar suas regalias, tratou de espalhar nota em blogs da capital, e afirmar que seus candidatos na verdade são o próprio Bira do Pindaré (PSB), que tentará uma vaga na Câmara Federal, Rafael Leitoa (PDT), que tentará se reeleger deputado estadual e o governador Flávio Dino (PCdoB).

Sabido como Salis sempre foi, só omitiu seu candidato a senador, acertados com todos os pontos e vírgulas na mansão do Sarney.

Com a nota, o novato vereador pretende garantir, dentre outras coisas, a manutenção da indicação no IEMA de São José de Ribamar do qual já foi Diretor e na Fundação Sousândrade, que estão na mira do Ministério Público. Mas isso é assunto para outra matéria.

Bira do Pindaré e as eleições de 2020 em São José de Ribamar

A foto pode ser um prenúncio do rumo político que pode levar Bira a ser o maior adversário de Luís Fernando em São José de Ribamar.

O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), aliado do governador Flávio Dino (PCdoB) há mais de uma década, deverá ser peça fundamental nas eleições de 2020, no município de São José de Ribamar.

Aliados próximos dão como certo o nome de Bira para disputar a prefeitura da cidade balneária. Caso isso aconteça, será um motivo a mais para o prefeito Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), buscar abrigo no grupo de Eduardo Braide (PMN) e José Reinaldo (sem partido), ou em último caso, voltar para o grupo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), a quem foi fiel durante décadas.

Os movimentos feitos pelo deputado Bira relembram exatamente a história política do prefeito Luís Fernando, quando chegou ao município por imposição do Palácio dos Leões.

Por enquanto, a única coisa certa que se sabe é a queda de popularidade do prefeito ribamarense e o crescimento da oposição, que além de lideranças políticas, conta com ex-candidatos dissidentes do grupo do atual prefeito, e de figuras carimbadas da nova oposição, como o advogado Edson Júnior, a empresária Manu Ignácio e o presidente do PRP, Guilherme Mulato, que estão dando trabalho para o desgastado prefeito.

Leia também: Eduardo Braide flerta com Luís Fernando em busca de apoio rumo ao Governo do Estado

“Ou muda o nome do município, ou Sarney morre.” Decreta Bira do Pindaré.

A declaração é do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), e foi dada hoje pela manhã, 24, ao comentar a aprovação na última terça-feira, 17, do plebiscito para a mudança do nome do município que faz homenagem ao ex-presidente José Sarney (PMDB).

De acordo com o parlamentar, o plebiscito é apenas para que a população aprove o novo nome, que passaria a se chamar Pimenta do Maranhão, e não mais Presidente Sarney.

Bira, que é autor do Decreto Legislativo que determina a consulta popular, explicou que de acordo com a Constituição Federal, é vedada a homenagem a pessoas vivas.

Durante a explicação do deputado, ele foi taxativo. “Só tem duas opções, ou muda o nome do município, ou o ex-presidente morre.” Ironizou o deputado.