Presidente da Cooperativa de Carrinhos Lotação de Ribamar ameaça fazer grande arruaça no Ministério Público

Prefeito Eudes Sampaio e o líder dos Carrinhos Lotação, Arrupiado, que promete realizar manifestação na porta do MP

Com palavras de baixo calão, o representante dos Carrinhos de Lotação, Creoniz Vaz Freire, vulgarmente conhecido como Arrupiado, reagiu de forma ofensiva a recomendação do Ministério Público feita aos vereadores, para que votem pela reprovação do projeto de regulamentação do serviço, por claro vício de iniciativa e inconstitucionalidade do projeto.

No áudio, ao se referir ao Ministério Público, Arrupiado compara o orgão ministerial com o “cão”, e diz que vai prá cima dos Promotores de Justiça. “O cão tá lá no inferno quetinho, não tá mexendo com ninguém, aí derepente o cara chega lá e cutuca o cú do cão,” comparou Arrupiado, que completou. “Que diabo que eles querem cutucar o cú do Ministério Público? Mas já que cutucou, nós aprova o projeto e vamos pra cima do Ministério Público. Nós reúne quatrocentos pais de familias com a sociedade, trazendo menino, avó, mãe, e joga na frente do Ministério Público.” ameaçou o representante dos Carrinhos Lotação, que acredita que o vereador Professor Cristiano, autor do projeto, também irá desafiar o orgão e votar contrário a recomendação, na sessão que deve apreciar a matéria nesta terça-feira (17).

O projeto é uma cópia de uma sugestão aprovada no ano passado, e engavetada pelo ex-prefeito Luís Fernando.

Cristiano, que é líder do governo Eudes Sampaio na Câmara, inclusive, já foi investigado pelo Ministério Público acusado de ter recebido salários indevidos durante os meses de janeiro à julho de 2017. Na investigação feita pelo Ministério Público, ficou confirmado que o vereador recebeu pela Câmara de Vereadores, cerca de R$ 87,5 mil reais. No mesmo período, Cristiano também recebeu R$ 21 mil reais como professor da rede municipal de ensino, e mais R$ 38,8 mil reais como professor do Estado.

Para evitar uma ação judicial e a cassação do mandato de vereador, Professor Cristiano teve que devolver todo o dinheiro recebido indevidademente.

Agora, mais uma vez, Cristiano poderá enfrentar o Ministério Público, caso vote contra a recomendação dos Promotores de Justiça.

Ouça o áudio completo abaixo:

Aliado de Eudes Sampaio faz arruaça na Câmara e diz que Luis Fernando “engavetou” projeto dos Carrinhos de lotação

O representante dos Carrinhos de Lotação de São José de Ribamar, Creoniz Vaz Freire, conhecido popularmente como Arrupiado, após fechar acordo político com o prefeito Eudes Sampaio (PTB) e com o líder do governo na Câmara, vereador Professor Cristiano, deu um verdadeiro show de arruaça durante reunião, que deveria discutir a regularização do serviço no município, e deixou claro que a regularização do serviço ainda não aconteceu por inoperância do ex-prefeito Luís Fernando.

Após muita gritaria, Arrupiado, que tratou o atual prefeito como uma espécie de divindade, ao defende-lo, confirmou que a indicação, com projeto sugestivo para iniciativa do Executivo, de autoria dos vereadores Paulo Alencar e Nonato Lima já havia sido aprovada, mas foi engavetada pelo ex-prefeito Luis Fernando. “Você blasfema contra o prefeito, quando você diz que ele não quer ajudar…  …se você falar de Luís Fernando, eu fico calado, porque o que Luis Fernando fez com sua indicação com o projeto sugestivo, sabe o que foi? ele pegou e engavetou.” Confirmou Arrupiado.

Cabo eleitoral assumido do vereador Cristiano e do prefeito Eudes, Arrupiado ganhou a indignação dos motoristas da categoria, que foram na reunião em busca de solução, mas viram o representante usar a pauta para barganhar benefícios próprios e fazer política a favor do prefeito.

No ano passado, a Câmara já havia aprovado indicação com projeto sugestivo para regularizar o serviço, já que a iniciativa deve ser do Poder Executivo.

Tentando faturar politicamente, o vereador Professor Cristiano ainda chegou a protocolar um projeto, cópia daquele sugerido e aprovado através de indicação dos vereadores  Nonato e Paulo Alencar no ano passado, mas que deverá ser rejeitado na CCJ por ser inconstitucional.

Acatando instruções governistas, Arrupiado segue tumultuando e prejudicando a categoria que busca a regularização do serviço.

Em Paço do Lumiar, município que fica ao lado de São José de Ribamar, o Poder Executivo e o Ministério Público, após audiências, como a que os vereadores querem fazer em Ribamar, criaram o Carrinho Compartilhado, e regularizaram o serviço.

Já em Ribamar, “Arrupiado” e seu pré-candidato a prefeito, “sem cabelo”, continuam usando a categoria como meio de manobra.

Veja o vídeo abaixo