Luís Fernando promove o pior São João da história de São José de Ribamar.

O público batizou o como “Arraial da Destruição”, a programação junina de São José de Ribamar.

O slogan que o prefeito Luis Fernando (PSDB) escolheu para emplacar o São João 2018, pode parecer deboche com a população. Com o titulo “A Melhor Festa é Aqui”, o que se vê pela cidade são Arraiais sem público, com muita desorganização e improviso da própria população para não deixar o São João sem apresentações.

No Parque Vitória, o que se registrou nas noites da programação oficial da Prefeitura foi um Arraial sem público, já que varias brincadeiras deixaram de se apresentar. Barraqueiros e comerciantes afirmam que pela primeira vez na história, o prejuízo esta sendo contabilizado em todas as noites de festas.

“O Arraial aqui no Parque Vitória sempre foi bem animado, mas este ano, o pouco publico que apareceu foi embora porque as brincadeiras não vinham, ou quando apareciam, era com duas horas de atraso.” Afirmou o radialista Manoel Michel, que recentemente teve sua Rádio lacrada por ordem do Prefeito Luís Fernando.

Sem nenhuma organização, o Arraial do Parque Vitória amargou prejuízos para os comerciantes do bairro.

No Arraial da Sede, tradicionalmente o maior de São José de Ribamar, a reclamação foi geral, e o publico elegeu 2018 como o pior São João de todos os tempos.

“Uma pena, um lugar bom pra apresentações, sendo destruídos por governantes. Até em uma rua qualquer você vê mais danças do que esse Arraial da Sede.” Lamentou Warbson Protazio.

O presidente do Grupo Afro Aruanda, Anistelmo Damião, postou em suas redes sociais um recado para o prefeito. “Tu tem que aprender fazer programação para Arraial, porque tu não sabe colega.” Debochou Anistelmo.

Os atrasos nas apresentações e até mesmo a falta, que deixou muito Arraial sem nenhuma apresentação, pode ter sido boicote cultural das agremiações ao Prefeito Luís Fernando e ao Secretário Edson Calixto, que são acusados de chantagear e ameaçar agremiações que não rezarem na cartilha política do prefeito.

Sem brincadeiras para se apresentar, população improvisou uma quadrilha.

O Programa Ponto e Vírgula, da TV Difusora chegou a denunciar o esquema. “Como se não bastasse a falta de estrutura e de atrações pra animar os arraiais de São José de Ribamar, o prefeito Luis Fernando Silva (PSDB) deu agora pra perseguir e chantagear as brincadeiras juninas que não rezam em sua cartilha. O último exemplo foi, entre outros, o Bumba Boi Tremor da Campina. Programado pra ser batizado às 23h30 do último domingo (24) pelo ex-prefeito Gil Cutrim, padrinho da brincadeira, a agremiação teve que ser batizada antes, às 20h, por exigência do prefeito, que ameaçou tirar o Tremor da Campina da grade de programação de todo o São João 2018, caso não alterasse o horário, impedindo Gil Cutrim de participar. Foi o primeiro batizado de Boi sem padrinho da história.” Denunciou o apresentador Minard.

Numa enquete realizada pelo editor do Blog Maramais, 75% dos entrevistados afirmaram que Luís Fernando está realizando o Arraial da Destruição. Já em uma segunda enquete, quando se procura o culpado pelo pior São João da história do município, 70% acreditam que a culpa é do prefeito Luís Fernando, e apenas 30% atribuem a culpa ao Secretário de Cultura, Edson Calixto, no cargo desde 2005.