Vídeo: População se revolta em ato político de Eudes Sampaio e evento termina com muita confusão no Araçagy

Um evento promovido pelo prefeito Eudes Sampaio (PTB) e que reuniu vereadores e pré-candidatos a vereadores terminou com muita confusão e por pouco não resultou em pancadaria generalizada.

Segundo informações de quem estava no local, tudo teria começado após moradores contestarem o abandono da região do Araçagy, onde o valor do  IPTU é um dos maiores no município e a população sofre com ruas intrafegáveis, coleta de lixo irregular e muita insegurança.

Insatisfeitos com o posicionamento dos moradores, assessores e correligionários do prefeito iniciaram uma grande confusão generalizada.

É possível ver no vídeo, uma mulher gritando, “Me larga, me larga, não toca em mim” enquanto seguranças e assessores garantem a saída do prefeito..

Além de Eudes Sampaio, estavam presentes o vereador Lázaro, a vereadora Marlene Monroe, o ex-secretário de Comunicação e pré-candidato a vereador Matias Marinho entre outros pré-candidatos.

Clima tenso

Registro feito por um morador da Cidade Alta assustado com tanta segurança para a visita do prefeito

A confusão no Araçagy acontece dois dias depois do prefeito e sua comitiva terem sido recebidos de forma hostil no bairro Cidade Alta. Insatisfeitos com a recepção dada ao prefeito, supostos seguranças não identificados teriam dado “baculejo” em alguns moradores.

O clima no bairro foi considerado um dos mais tensos de sua história, repleto de viaturas que faziam a segurança do prefeito e alguns funcionários da prefeitura acompanhando a visita, entre eles o presidente da Associação, que também é funcionário da prefeitura, pelo menos duas diretoras de escolas municipais e outros funcionários, além dos mesmos pré-candidatos ao cargo de vereador que também estavam presentes na confusão do Araçagy.

São José de Ribamar: Aos ricos, privilégios; aos humildes, perseguição.

Prefeitura governa conforme a classe social.

Os dois flagrantes acima, reflete exatamente como a atual gestão do prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Moura da Silva (PSDB), trata a população ribamarense, dando privilégios aos ricos e perseguição aos mais humildes.

A primeira foto foi tirada no inicio da semana, poucos minutos depois da ação dos fiscais da prefeitura, que destruiu o único abrigo que protegia os alunos e moradores do Residencial Turiúba, conjunto do programa Minha Casa, Minha Vida. A ação impetuosa, autorizada pelo prefeito do município, deixou a população revoltada que foi obrigada a ver seus filhos no sol escaldante.

No caso do Abrigo do Turiúba, os fiscais da prefeitura alegaram que a construção era irregular e obstruía espaço publico.

A segunda foto foi tirada nesta sexta-feira, (11), e dois pontos chamaram a atenção.  A Guarita foi construída no meio da rua, demonstrando claramente a irregularidade e obstrução de via pública. E o outro ponto, é que a via está sendo pavimentada, o que mostra que há conivência dos fiscais do poder público, já que pelo que se pode ver, o asfalto será concluído, e a Guarita continuará no local.

No caso da Guarita do Araçagy, certamente os fiscais viram e devem ter pedido para  a empresa que está pavimentando a via para desviar da construção, que deve ter sido paga com recurso dos moradores de classe alta, que tem entre eles, uma ilustre moradora, a deputada federal Eliziane Gama.

Esse é o caso mais emblemático que mostra como a prefeitura de São José de Ribamar trata a população. Aos ricos, privilégios; aos humildes, perseguição.