Vídeo: Perdidos, Ana do Gás e Eunélio botam mudos para discursarem durante convenção

A convenção do casal Ana do Gás e Eunélio em Santo Antonio dos Lopes ainda rende piadas pelas rodas de conversas do município. Desarticulados e com grupo dilacerado, além de público reduzido, o ato partidário foi marcado por incerteza, avacalhação e baixaria.

Considerado ficha-suja pelo TCU – Tribunal de Contas da União, o ex-prefeito Eunélio (PcdoB), não foi confirmado como candidato e o grupo ainda segue sem saber quem de fato será o candidato.

Estressada, a deputada Ana do Gás criou um clima tenso no palanque ao atacar a atual vice-prefeita, Priscyla Freitas, recém chegada no grupo.

“É uma mentira, tudo que a vice-prefeita falou aqui é uma mentira. É uma mentira. É uma mentira.” Disse.

Sem discurso, completamente perdido, Eunélio transformou o palanque em uma peça teatral  e colocou um grupo de mudos para discursarem, uma verdadeira avacalhação e desrespeitos com aqueles que por deficiência, não conseguem falar, segundo os comentários dos moradores.

Secretária da Mulher destaca campanha estadual de combate ao câncer de mama e de colo de útero

A secretária de Estado da Mulher, deputada licenciada Ana Mendonça, concedeu entrevista, nesta sexta-feira (18), ao programa Portal da Assembleia, no quadro “Sala de Entrevista”, da TV Assembleia. Entre outros assuntos, ela falou sobre a campanha “Prevenir é a Melhor Forma de se Amar”, desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), de combate ao câncer de mama e de útero.

Segundo a secretária, duas unidades móveis (Carreta da Mulher) estão disponibilizadas para o atendimento às mulheres no interior do estado: uma equipada com aparelho que faz exame de mama e a outra, para exames de câncer de colo de útero e orientação sobre combate à violência doméstica contra as mulheres,

“Hoje, a carreta está no município de Cururupu. Ela passa cinco dias em cada município. No atendimento, priorizamos as mulheres incluídas nos fatores de risco, que são as que têm acima de 40 anos. As carretas são uma estrutura que abrange a prestação de serviços focados em ações preventivas da saúde para as mulheres. Já realizamos mais de 30 mil atendimentos este ano nas ações de prevenção contra o câncer de colo de útero”, revelou.

Carreta da Mulher na Assembleia

Ana Mendonça confirmou a presença da Carreta da Mulher nos dias 29 e 30 deste mês, na Assembleia Legislativa, dentro da programação conjunta dos poderes Legislativo e Executivo alusiva ao Outubro Rosa. “Nós temos um planejamento para a Carreta da Mulher que busca atender às demandas dos movimentos sociais, prefeitos e deputados. Entre 21 e 25 de outubro, estaremos em Caxias. É nossa intenção estar presente em todo o Maranhão”, complementou.

Combate à violência contra a mulher

De acordo com Ana Mendonça, as mulheres estão denunciando mais e, por isso, os casos de feminicídio têm se evidenciado cada vez mais. “Mulheres, busquem ajuda. Disquem o 180. Temos a Casa da Mulher Brasileira, que funciona com toda a rede de proteção. Temos, por exemplo, alojamento para as mulheres vítimas de violência. Inclusive, agora, estamos acolhendo uma mulher com quatro filhos”.

Rede de proteção à mulher

“Parabenizo a Patrulha Maria da Penha, que tem feito um grande trabalho, sob o comando da coronel Augusta. Temos o único departamento de feminicídio do Brasil instalado aqui. A rede de proteção à mulher que temos estruturada, no Maranhão, tem salvo a vida de muitas mulheres”, enfatizou a secretária.

Campanha Maria da Penha nas escolas

A secretária destacou a sanção, pelo governador Flávio Dino (PCdoB), da lei de sua autoria, que estabelece a “Campanha Estadual Maria da Penha”, a ser comemorada, anualmente, no mês de março, nas escolas públicas estaduais e particulares, em cumprimento à Lei Federal 11.340, de 7 de agosto de 2006.

“O objetivo é orientar a comunidade escolar, professores, alunos e os profissionais da rede de ensino sobre o funcionamento da Lei Maria da Penha, além de ajudar a combater e a prevenir a violência doméstica contra a mulher. Não há ambiente melhor para que isso aconteça do que a escola. É dentro das escolas que estão nossos filhos e onde eles passam a maior parte do tempo. E precisamos focar as ações preventivas de combate à violência contra as mulheres nesses espaços. Os maiores índices de estupro estão entre os adolescentes”, defendeu.

Semana de combate ao feminicídio

Ao término da entrevista, Ana Mendonça anunciou que, entre 9 a 13 de novembro, será realizada a III Semana de Combate ao Feminicídio. “Ao longo da campanha, vamos desenvolver diversas ações que ressaltem a importância do combate a esse crime, que tem vitimado milhares de mulheres pelo simples fato de serem mulheres. Contamos com a participação de todas as mulheres maranhenses em mais essa ação”, concluiu.

Wendell Lages viabiliza programas de capacitação para empreendedoras

Durante reunião com a secretária de Estado da Mulher, Ana do Gás, o deputado estadual Wendell Lages (PMN) alinhou ações voltadas para a mulher, dentre elas, a implantação de programas de capacitação para mulheres empreendedoras, bem como a visita da Carreta da Mulher ao município de Itapecuru-Mirim.

A Carreta da Mulher desenvolve ações que alertam a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, assim como do câncer de colo do útero, além de realizar exames preventivos (Papanicolau) e mamografia, teste rápido para HIV/Aids e hepatite B, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e rodas de conversa sobre prevenção da violência doméstica.

Duarte Jr. apresenta projetos de lei pela valorização e defesa da mulher maranhense

No Dia Internacional da Mulher, ainda falta muito para comemorar. Segundo o Atlas da Violência 2018, o Maranhão é o estado do Nordeste com maior aumento percentual de feminicídios. Dados da Delegacia da Mulher em São Luís registram, somente em 2018, 1870 denúncias de mulheres ameaçadas por companheiros ou conhecidos, 1625 inquéritos instaurados, 3789 pedidos de medidas de proteção, 433 prisões e 1120 casos de agressão física em toda a capital maranhense.

É por causa deste triste contexto que o deputado estadual Duarte Jr. propõe a criação de um cadastro público estadual com informações de pessoas condenadas por crimes de gênero de qualquer tipo. Sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública, o cadastro trará informações como local e circunstâncias do crime, nome completo, foto e idade da pessoa que cometer violência de gênero ou contra a dignidade sexual de qualquer pessoa. O cadastro ficará disponível para a polícia civil e militar, Ministério Público, Poder Judiciário, demais autoridades e também para a população. Para Duarte Jr., isso significa um passo adiante que já deveria ter sido dado por toda a sociedade.

“Todos nós temos mães, irmãs, amigas, namoradas, esposas, companheiras e ninguém gostaria de vê-las em situações de barbárie”, analisa Duarte. O deputado cita o artigo 5º da Constituição, que aborda a igualdade entre homens e mulheres, como a base do projeto. “O sentido de humanidade que todos nós temos nos mostra que não somente homens e mulheres são iguais, mas também que ninguém jamais deveria sofrer tratamento desumano ou degradante por essas questões. Isso tem que acabar e vai acabar”, afirma o deputado.

Prioridade para mulheres no transporte público

Também visando a proteção da dignidade da mulher e o combate ao assédio, Duarte Jr, protocolou projeto que garante prioridade nos assentos de transporte coletivo para mulheres, ao lado de idosos, gestantes, lactantes, pessoas com deficiência e pessoas acompanhadas por crianças de colo. “As empresas deverão fixar no interior dos veículos cartazes contra o assédio e abuso sexual, indicação da prioridade também para mulheres e indicação do disque-denúncia 180, bem como a íntegra desta lei”, acrescenta o deputado.

Valorização e capacitação profissional

Em outro projeto, Duarte Jr. propõe a criação da Política Estadual de Formação e Capacitação Continuada de Mulheres para o Mercado de Trabalho. Voltado prioritariamente para mulheres vítimas de violência doméstica e mulheres chefes de família, o projeto prevê a oferta de cursos profissionalizantes em várias áreas. “O objetivo é garantir inclusão social, autonomia e independência econômica”, esclarece Duarte Jr. “Apesar dos avanços, as mulheres ainda vivem grandes desafios, como a construção de espaços de emancipação social, econômica, cultural, política e familiar, e este projeto visa garantir uma importante base para estas conquistas”, completa.

Requerimento de urgência para projeto de deputada

Duarte Jr. também protocolou pedido para que seja votado, em regime de urgência, projeto da deputada estadual Ana do Gás, que visa incluir no ensino médio, de forma interdisciplinar, o tema “Combate à Violência Contra a Mulher” nas escolas públicas e privadas de todo o Maranhão. “A deputada Ana do Gás está de parabéns pela iniciativa porque este projeto tem uma importância estratégica para a mudança de mentalidade e de comportamento sobre as mulheres. As gerações que formarão o futuro devem aprender hoje e sempre a respeitar e cuidar das mulheres em qualquer situação”, conclui Duarte Jr.

Vídeo: Em decadência, Ana do Gás é vaiada durante comício em Santo Antonio dos Lopes

A deputada estadual Ana do Gás (PC do B), que não conta mais com a força dos royalties do Gás que lhe garantiu a alcunha política e o terceiro lugar na eleição de 2014, passou momentos de vergonha diante do seu grupo político estadual.

Ao participar de comício promovido pelo governador Flávio Dino (PCdoB) e do seu candidato a deputado federal Marcio Jerry (PCdoB), a parlamentar foi duramente vaiada durante o seu discurso. Enfraquecida  politicamente no município, após seu grupo político sofrer derrota na eleição de 2016, Ana ainda tentou importar alguns eleitores de municípios próximos, mas não deu outra, foi vaiada do começo ao final.

Enquanto o público vaiava a deputada, seu marido, o ex-prefeito Eunélio Mendonça ainda tentou engrossar com o deputado federal Juscelino Filho (DEM), que é apoiado pelo prefeito Bigu (PSDB) e usou o microfone para retribuir a grosseria do ex-prefeito.

“Bigu tem feito uma excelente administração e é um grande guerreiro, pois recebeu o município cheio de obras abandonadas pela gestão passada.” Alfinetou Juscelino Filho.

Ana do Gás, ao ver seu castelo se desmanchar em sua própria cidade, ainda tentou intervir para seu marido discursar, mas foi vedada pela organização do evento.

A situação ficou ainda mais vexatória quando o mestre de cerimônia anunciou o discurso do prefeito Bigu de Oliveira (PSDB).

O tucano foi ovacionado pelo público e mostrando maturidade política, acalmou os ânimos provocados pelos diferentes grupos municipais e elencou as qualidades do governador Flávio Dino e dos candidatos ao senado.

Com popularidade em alta, Bigu deve dar a maior votação para seus candidatos no município, entre eles, o deputado estadual Glalbert Cutrim, o deputado federal Juscelino Filho, o senador Weverton e o governador Flávio Dino.

E com isso, mostrar que o “gás” da Ana acabou mesmo no município.