Wellington do Curso “namora” partido de Bolsonaro

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB), que corre o risco de ser “navalhado” pelo presidente do PSDB, senador Roberto Rocha, caso continue no partido, participou nesta sexta-feira, 31, do primeiro encontro de apoiadores do Aliança Brasil no Maranhão, que aconteceu em São Luís.

O “namoro” com o partido do presidente Jair Bolsonaro pode resultar em filiação e disputa pela prefeitura de São Luís.

Wellington disse que para ele, será uma honra se o Aliança pelo Brasil for sua base para a disputa em outubro.

“Me filiar a um partido que faz oposição ao comunismo seria natural. Como também é natural manter minha pré-candidatura em qualquer lugar que esteja. Não vou desistir desse meu objetivo e ficaria muito honrado se o Aliança fosse o alicerce”, disse o parlamentar.

Para bom entendedor…