Lula Fylho classifica como “míope”, olhar de Duarte sobre gestão

O secretário municipal de Saúde de São Luís, Lula Fylho (PCdoB), usou seu perfil no twitter para rechaçar as criticas do pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT)

Para Lula, o olhar do pré-candidato a prefeito de São Luís é míope. “A questão é bem mais ampla que essa colocação. Além de que se olhar só o percentual de cobertura a analise fica míope. Se olhar números/indicadores de equipes e ampliara visão para o contexto adequado começará a perceber o que de fato ocorre.” Disse Lular Fylho.

Durante a 17ª conferência municipal do PCdoB, Duarte teceu durantes críticas a Saúde de São Luís, comandada pelo companheiro de partido.

Duarte Júnior mira em Edivaldo e acerta o PCdoB ao criticar Saúde de São Luís

O deputado estadual Duarte Júnior, mostrou que quer distância do prefeito Edivaldo Holanda Jr. e não poupará nem mesmo políticos do quadro comunista para fazer suas críticas durante a corrida eleitoral pela prefeitura de São Luís.

Duarte não mediu palavras para criticar gestão do prefeito pedetista
Duarte não mediu palavras para criticar a gestão do prefeito Edivaldo

Durante a 17ª Conferência Municipal do PCdoB de São Luís, que aconteceu neste sábado (09), Duarte concordou com a afirmação de Rubens Júnior (PCdoB), ao defender unidade no partido em relação a eleição do ano que vem, e citar, assim como fez o deputado federal, que a prioridade dele também será ajudar o Governador Flávio Dino (PCdoB), se tornar presidente do Brasil.

Porém, diferente de Rubens Jr, que garantiu que defenderá Edivaldo, afinal, o PCdoB tem Júlio Pinheiro como vice-prefeito na atual gestão, Duarte fez exatamente o contrário, e partiu para cima do prefeito.

“Nós precisamos trazer para São Luís, uma gestão verdadeiramente humanizada, uma gestão para as pessoas, das pessoas, pelas pessoas, uma gestão que de fato conheça, viva, sinta, não só no passado, mas no presente, as dificuldades que as pessoas tem.” Disse Duarte Jr.

Ao citar exemplo de suas críticas, Duarte acabou acertando um companheiro de partido, o Secretário Municipal de Saúde, Lula Fylho (PCdoB). “Como por exemplo, dificuldade de acessar os serviços básicos da saúde, serviços básicos esses que em nossa cidade infelizmente não é para todos, é para poucos.” Criticou Duarte.

Segundo dados apresentados pelo deputado comunista, a dobradinha da gestão PDT/PCdoB só consegue atender 34% da população, no quesito saúde.

Duarte não poupou elogios a gestão Tucana do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), que para ele, é exemplo de boa gestão no setor da saúde.

O pré-candidato finalizou sua participação criticando o Sistema de Transporte na gestão de Edivaldo, e usou como referência o Viva Cidadão, para dizer como deve ser o acesso a saúde.

“Precisamos garantir em nossa cidade, serviços Básicos de saúde, como hoje o cidadão olha o Viva Cidadão.” Concluiu.

Rubens Júnior, que tinha acabado de defender Edivaldo, viu Duarte Júnior partir para cima do atual prefeito
Rubens Júnior, que tinha acabado de defender Edivaldo, viu Duarte Júnior partir para cima do atual prefeito

Essa foi a primeira vez que os dois pré-candidatos a prefeito de São Luís, mostraram publicamente, no mesmo local e para a mesma platéia, o perfil político e os sinais de como se comportarão para chegar a prefeitura da capital.

Famem critica pedido de suspensão de ação que trata da distribuição dos royalties do petróleo

O presidente interino da Famem, Eric Costa, criticou nesta sexta-feira (8) a posicionamento dos governadores que pretendem suspender o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade que tramita no Supremo Tribunal Federal que trata sobre a distribuição dos royalties do petróleo.

A ação diz respeito à divisão dos royalties do petróleo entre produtores e não produtores. Pelo menos quatro ações que tramitam na corte suprema tratam sobre os critérios de distribuição dos recursos oriundos desta operação. Além do governador do Rio de Janeiro, Wilson Wiltzer, subscrevem o pedido quatro governadores, dois deles do Nordeste.

No documento em questão, os governadores pedem à ministra relatora Carmem Lúcia, a substituição da ação por uma audiência de conciliação entre Estados e Distrito Federal. O julgamento da ação direta estava marcado para o dia 20 de novembro. Em decisão desta quinta-feira (7), o Supremo adiou o julgamento para abril de 2020.

O presidente interino da Famem, Eric Costa, tem acompanhado a mobilização nacional em defesa dos recursos dos royalties para compensar as seqüenciais quedas de arrecadação e transferências. Eric esteve na quarta-feira passada (7) com representantes de todas as entidades municipalistas do país para reforçar o movimento pelo estabelecimento justo dos critérios de distribuição dos recursos dos royalties.

Na reunião, prefeitos de todo país ressaltaram ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e ao ministro Alexandre de Moraes, ressaltaram a importância do julgamento da ação.

Royalty é uma compensação paga pela extração do petróleo à União, estados e municípios. A Lei 12.734/2013, que alterou os critérios de distribuição dos royalties, foi suspensa liminarmente pela ministra Cármen Lúcia. O pleito foi anunciado após a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios em abril deste ano quando a Confederação Nacional de Municípios.

Enquanto o julgamento não ocorre, estados e municípios estão deixando de receber mensalmente R$ 1,7 bilhão provenientes destes recursos. Segundo levantamento da CNM, 30 Municípios recebem 72% de tudo que se arrecada no Brasil pela manutenção dos critérios da lei anterior.

Ao lado de Duarte, Rubens Jr dispara “Em qualquer cenário, eu vou votar no 65 no ano que vem.”

O pré-candidato a prefeito de São Luís, deputado Rubens Júnior (PCdoB), voltou a defender a unidade do partido em relação a disputa eleitoral pela prefeitura de São Luís e disse que no ano que vem, vai votar no 65, sendo ou não candidato.

A declaração foi dada durante 17ª conferência municipal do PCdoB em São Luís, e curiosamente, Duarte Júnior, que também é pré-candidato, estava ao seu lado.

“Eu sou soldado do partido! Não serei candidato de qualquer jeito, não é um projeto pessoal, mas também, estou a disposição, para se for necessário, ser candidato.’ Disse Rubens Júnior, sob aplausos dos militantes presentes.

De acordo com Rubens Júnior, essa decisão será tomada apenas no ano que vem, e que nesse momento a prioridade é ajudar Flávio Dino a ser o melhor governador do Brasil, e cacifá-lo para ser o candidato a presidente em 2022.

Durante sua fala, disse que já foi testado nas maiores adversidades e citou as dificuldades que enfrentou na Assembleia Legislativa, quando foi líder da oposição enfrentando a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), o que ajudou a eleger Flávio Dino em 2014.

Também lembrou do período na Câmara Federal, quando foi oposição ao presidente Eduardo Cunha e o presidente Michel Temer.

Rubens Júnior disse que está pronto para batalhas fáceis ou difíceis e que defenderá Edivaldo Júnior, afinal, o PCdoB está lá, com o vice-prefeito Júlio Pinheiro.

Ao citar Flávio Dino, mostrou que é mais do que Secretário. “A minha referência na política são duas. A primeira é especial, é o Flavio Dino. Ele foi meu professor na faculdade, meu padrinho de casamento, meu orientador da graduação, abonou minha ficha no PCdoB. É o exemplo de político que trago em minha vida.” Disse Rubens Júnior, que acabou esquecendo de falar quem é sua segunda referência.

O pré-candidato a prefeito de São Luís finalizou sua participação na conferência comunista anunciando. “Em qualquer cenário no ano que vem, eu vou votar no 65, e o próximo prefeito de São Luís será um comunista.” Disse.

Juiz determina saída de Lula imediatamente

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva e o autorizou a deixar a prisão.

Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

Os advogados pediram a soltura do petista depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

Uma multidão aguarda a saída do ex-presidente Lula na porta da sede da Policia Federal em Curitiba.

Com edição do G1

Prefeitura de Itapecuru Mirim conclui construção da ponte que dá acesso ao povoado Curitiba

A Prefeitura de Itapecuru Mirim, através da Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo, Paisagismo, Transporte e Trânsito, conclui a obra de construção da ponte que dá acesso ao povoado Curitiba, zona rural do município.

A ponte tem 12 metros de comprimento e é uma reivindicação antiga dos moradores da população de várias comunidades que serão beneficiadas pela obra. Os últimos ajustes estão sendo feitos na ligação da ponte com a estrada, e deverá ser entregue pelo prefeito Dr. Miguel Lauand nos próximos dias.

Além de diversas frentes de trabalho na zona rural, melhorando o acesso e trafegabilidade dos produtores rurais, a prefeitura também intensificou os trabalhos de infraestrutura no centro da cidade.

Na rua Salomão Fiquene, as máquinas já começaram a realizar os serviços preparatórios para o recapeamento asfáltico dos trechos mais precários.

A prefeitura informou que outras ruas serão beneficiadas pelos serviços de recuperação de vias urbanas.

O título de Cidadão Ribamarense do ex-deputado Jota Pinto

A entrega do título de Cidadão Ribamarense ao ex-deputado Jota Pinto, concedido pela Câmara de São José de Ribamar em 2011, de autoria da ex-vereadora Elizabeth Malheiros e do vereador Negão, que seria entregue durante sessão solene nesta quinta-feira (07), foi adiada para data posterior, que ainda será marcada.

O motivo, segundo apurou o blog, é a ausência da ata com a aprovação da proposição, requisito para entrega do Título.

O caso começou a gerar polêmica na semana passada, quando o vereador Osvaldo Brandão (MDB) questionou o título de cidadão ribamarense, para ele, pasmem, só deveria receber o título que realmente nasceu na cidade.

Uma ala de vereadores ligados ao prefeito Eudes Sampaio também se posicionou contra a entrega do título.

O motivo, político, seria a posição de Pinto na corrida pré-eleitoral, que segundo as últimas pesquisas, aparece na frente do atual prefeito.

Em conversa com o editor do blog, Jota Pinto voltou a agradecer o reconhecimento e o título de cidadão ribamarense. “Quero agradecer o vereador Negão e a ex-vereadora Elizabeth Malheiros que propuseram o título. A entrega é o último ato formal daquilo que foi aprovado em 2011, e estava marcada pela mesa diretora para acontecer hoje. Infelizmente, misteriosamente, fiquei sabendo do sumiço da ata, motivo pelo qual foi suspensa a sessão.” Disse o ex-deputado que também agradeceu o esforço do presidente Beto das Vilas (PV), em resolver o imbróglio.

A novela toda em torno da entrega do título, promovida por adversários políticos do ex-deputado não desabona o mérito da honraria.

Jota Pinto além de atual politicamente até hoje, já foi um dos deputados mais votados do município e durante seu mandato, contribuiu com emendas parlamentares que ajudaram São José de Ribamar em vários setores, dentre eles, a saúde.

O presidente da Câmara emitiu nota sobre o cancelamento da Sessão Solene marcada para acontecer hoje.

Em respeito à sociedade e ao Sr. Jota Pinto, homenageado com o título de cidadão ribamarense proposto pelos vereadores Negão e Elizabete Malheiros, através do projeto de decreto de nº 06/2011 e aprovado pelos vereadores da Câmara Municipal de São José de Ribamar no dia 21 de dezembro de 2011 em reconhecimento aos relevantes serviços prestados a esta cidade enquanto Deputado Estadual, venho comunicar que:

– O título concedido ao então deputado Jota Pinto em 2011 e que deveria ser entregue nesta quinta-feira, dia 07 de novembro, em sessão solene por iniciativa da mesa diretora da Câmara, ficará adiado para uma nova data e em breve faremos um comunicado;

– A Câmara Municipal de São José de Ribamar humildemente pede desculpas ao homenageado, aos convidados e à sociedade ribamarense pelo adiamento da solenidade ao tempo em que lamenta as razões do ocorrido.

Respeitosamente,
Manoel Albertin Dias dos Santos – Presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar

Quatro super shows agitam festa de 25 anos de Matões do Norte no domingo

O prefeito Padre Domingos Costa (PSB) preparou uma grande festa para comemorar, no próximo domingo (10), os 25 anos de emancipação política de Matões do Norte.

Os cantores Michael Wesley, Bruno Shinoda, Jhonny Boy e Lapada de Vaqueiro vão agitar a festa que promete atrair milhares de pessoas de Matões do Norte e dos municípios vizinhos.

A programação oficial, com ações institucionais durante o dia deve ser anunciada oficialmente até amanhã, mas as atrações selecionadas pelo prefeito já estão na boca do povo.

A luta do vereador Paulo Alencar pela reforma da Escola do São Benedito

O vereador Paulo Alencar (SD), morador do bairro São Benedito, localizado na sede do município, protagonizou durante a última sessão da Câmara, uma verdadeira luta em favor dos estudantes e funcionários da Escola São Benedito.

Foi aprovada pelo terceiro ano seguido, por unanimidade dos parlamentares, indicação do vereador solicitando ao Poder Executivo a reforma da pequena Escola.

Em seu pronunciamento na tribuna, Paulo defendeu a importância de ter atendida aquela indicação e que não se cansará de lutar pela melhoria da Educação no município, em especial daquela Escola que ele conhece muito bem e que está localizada próximo de sua casa.

“Durante a eleição recebi muitos pais de alunos de diversos bairro e assumi o compromisso de lutar por todo nosso município, mas diariamente, recebo reclamação de pais de alunos que moram aqui perto da minha casa sobre as condições da Escola onde seus filhos estão. Em 2017, fiz a primeira indicação com fé de que seria atendida, pois a Escola, que atende cerca de 100 alunos da pré-escola é muito pequena e não demandaria muito recurso para deixa-la digna para os ribamarenses. Em 2018, voltei a repetir a mesma indicação, na esperança de ser atendido e mais uma vez nada foi feito. Hoje, suplico ao prefeito que realize a obra de melhoria dessa escola, não porque é indicação minha, mas porque são pais e alunos ribamarenses que suplicam por essa obra prefeito.” Disse  Paulo Alencar.

Recursos para a educação não é o problema para uma obra tão pequena, já que o município recebeu só nos últimos três anos, através do Fundeb, quase R$ 300 milhões de reais para serem investidos exclusivamente na Educação.

Agora é esperar a sensibilidade do novo prefeito.

Câmara de São Luís realiza segunda audiência para discutir novo Plano Diretor

Seguindo o cronograma divulgado pela Câmara Municipal de São Luís, foi realizada na noite desta terça-feira (5), no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na área Itaqui-Bacanga, a segunda audiência pública para discutir a proposta do novo Plano Diretor da capital maranhense, elaborado pela Prefeitura.

Durante o encontro, o projeto foi mais uma vez apresentado à população. As audiências, oito no total, têm como finalidade debater a reordenação de políticas voltadas para áreas urbana e rural da cidade.

Estiveram presentes vereadores, secretários municipais, estudantes, lideranças comunitárias e demais representantes da sociedade civil organizada. O Plano Diretor da cidade é uma lei de diretriz de desenvolvimento para o município. A proposta foi resultado de discussões promovidas em mais de 40 reuniões realizadas no Conselho da Cidade (Concid).
De acordo com o presidente do Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (INCID), Marcelo do Espírito Santo, a lei vigente possui 168 artigos, dos quais, após revisão, 19 artigos foram excluídos; 86 permaneceram sem alterações; 63 artigos foram alterados e/ou atualizados; 59 artigos incluídos e atualização de tabelas e mapas. A nova proposta contém 208 artigos e precisa ser aprovada pelo Legislativo.

O diagnóstico urbanístico apresentado aos participantes analisou a ocupação e uso do solo no território do município de São Luís, desde a sua última revisão e, apesar de técnico, atraiu a atenção de todos que ali estavam.

Os principais pontos discutidos foram sobre a diminuição das áreas rurais, das áreas protegidas por dunas, na área de recarga de aquíferos, da área ambiental do Sítio da Santa Eulália e, por fim, a diminuição da área da APA do Maracanã.

Ao fim, da apresentação técnica, o microfone foi aberto para perguntas e contribuições dos demais presentes.

O presidente da Câmara, Osmar Filho (PDT), que presidiu a audiência, declarou que a propositura ainda tem que cumprir um rito de tramitação na Casa e aguardar o parecer das Comissões Técnicas responsáveis. “A troca de ideias nestas duas audiências públicas foi muito importante e produtiva. Acredito que, após o término das audiências, em breve, o projeto de revisão do Plano Diretor possa ser colocado na pauta para a última discussão em plenário e votação”, projetou Osmar Filho.

Também estiveram presentes os vereadores Pavão Filho (PDT), Umbelino Júnior (Cidadania), Raimundo Penha (PDT), Genival Alves (PRTB), César Bombeiro (PSD), Dr. Gutemberg (PSC) e Marcial Lima (PRTB); o deputado estadual Wellington do curso (PSDB); o promotor de Justiça e titular da Promotoria Especializada de Proteção do Meio Ambiente, Fernando Barreto, o presidente do Conselho da Cidade e o secretário municipal de Projetos Especiais, Gustavo Marques.

A próxima audiência ocorrerá às 09 horas, no dia 09 de novembro (sábado), na Escola Estadual Professor Mário Martins Meireles, situada na Avenida Engenheiro Emiliano Nogueira, km 15, Rua 06, s/n, Mangue Seco, bairro Pedrinhas.